Xadrez Verbal Podcast #273 – Etiópia, giro pelo G20 e Atila #43

Acabou o G20! Tudo o que você precisa saber para entender o que aconteceu na cúpula, inclusive com o Brasil, e em alguns dos países parte do grupo. No noticiário da pandemia com Atila Iamarino falamos sobre remédios para covid e sobre gripe aviária. Damos uma volta pela África, com guerra na Etiópia, tensão na Argélia e eleições na África do Sul. Além disso tudo, giramos pelo mundo, a semana na História, economia com a professora Vivian Almeida, peões da semana e dicas culturais fechando mais uma edição da sua revista de política internacional em formato podcastal!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Série Succession

Festa do Livro da USP

Livro Master of the game: Henri Kissinger and the art of Middle East diplomacy, de Martin Indyk

Filme Samba

Lançamento do Projeto Macunaíma II: Arapucas do Coletivo Lúdico no Games for Change Latin America – 12/11/2021, 14h30min

Pré-venda do livro Capitalismo Carcerário, de Jackie Wang

Fronteiras Invisíveis do Futebol #29 – Bósnia

Xadrez Verbal Podcast #149 – OTAN, Ásia e paz entre Etiópia e Eritreia

Xadrez Verbal #260 – Match: Continente Mãe

Xadrez Verbal #126 – Rio Nilo, Oriente Médio e América Latina

Fronteiras Invisíveis do Futebol #20 – África do Sul

Fronteiras Invisíveis do Futebol #92 – História de Veneza

Vídeo Como se orgulhar do Brasil – Canal do Atila Iamarino

Repertório #07 – Atila Iamarino

Declaração dos Líderes do G20 – Nota à imprensa

Bate papo com Matias Pinto no canal Ilha das Profes

Matéria Número de imigrantes brasileiros na Itália quase dobra durante governo Bolsonaro, por Rafael Barifouse

Matéria Por que ‘desafio da banana’ no TikTok pode levar a deportações de sírios, por Dima Babilie

Coluna na Gazeta do Povo Implosão pelo orçamento e nova eleição em Portugal

Matéria Acabou a globalização “low cost”, diz professor da Escola de Administração de Lausanne, por Assis Moreira

Música de encerramento Infiel, com Marília Mendonça

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Minutagem dos blocos, cortesia dos financiadores do Xadrez Verbal

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

22 Comentários

  • Galera, não temos mais estudos de caso? Acho que o Átila poderia fazer um para “fechar” a epidemia, em relação à Austrália ocidental. Tivemos 1190 casos e 9 mortes. Ainda estamos fechados para o resto do mundo, vida segue absolutamente normal e economia bombando. O governador se reelegeu com uma vitória esmagadora sobre a oposição. Recentemente foi abusados que quando tivermos 90% de vacinados acima de 16 anos começaremos a abrir as bordas. Seus um caso de sucesso, alguma lição a extrair para as próximas epidemias? Ou é apenas o resultado das condições geográficas e econômicas do estado?

  • Diogo Maia de Carvalho

    Saudações, pessoal do melhor podcast do Brasil.

    Parabéns por mais uma edição e sobre a crise em Cabo Delgado eu recomendo uma reportagem publicada pela BBC no Youtube chamada Filhos de Mocímboa, que trata do terrorismo no norte de Moçambique. Tenho interesse especial sobre o tema pois um familiar meu mora e trabalha em Maputo.

    Abraços de BH.

  • Salve Filipe e Matias!
    Sou fã do trabalho de vocês!
    O Ortega colocando a esposa como co-presidente tem a mesma energia do Jim Halpert e do Michael Scott como Có-gerentes em The Office. Mais uma prova de que a América Latina é uma grande sitcom.
    Abraços e parabéns pelo trabalho sensacional!

  • Filipe e Matias, boa noite!
    Primeiramente, é meu primeiro comentário nesta comunidade, e gostaria de agradecer imensamente pela qualidade do conteúdo publicado por vocês.
    Em segundo lugar, gostaria de uma recomendação de leitura sobre “a geografia da guerra”. Um comentário de vocês sobre a importância estratégia da aquisição de submarinos pela Austrália, relacionando a profundidade de um dos mares que banham a China com a estratégia naval adotada, despertou minha curiosidades sobre o tema.

    Por fim, um abraço especial para o Átila, e parabéns pela paternidade!

    Cumprimentos a todos, diretamente de Montes Claros!

  • Valeu, Filipe e Matias!

    Sou estudante do segundo ano de História na USP e vocês são exemplos de ética, sucesso e dignidade da nossa área.

    Abraços (e melhorem nas piadas)

  • Saudações Filipe e Matias!

    Obrigado por mais um programa de excelente qualidade e com o brilhantismo de sempre!

    Apenas para ajudar com uma questão, quando o Filipe comenta sobre as declarações do Macri antes do julgamento dele na Argentina, quando o ex-presidente menciona que o juiz é “incompetente” creio que essa alegação pode ser vista a partir de uma perspectiva jurídica, onde o termo “incompetente” seria de uma questão de organização e divisão das atribuições o Judiciário. Então, a título de exemplo, no Brasil temos que o STF é responsável por julgar determinados crimes praticados por membros do Congresso Nacional. Outro exemplo: casos que envolvam a União e suas autarquias são, em quase sua totalidade, de competência da Justiça Federal.

    Creio que foi em tal sentido a declaração, pois logo após falar de tal fato, há a alegação de parcialidade do magistrado, deixando mais evidente que ao questionamento decorre mais de uma questão jurídica, em que pese permitir um duplo significado nas entrelinhas, rs!

    Um grande abraço!

    • Ahn sim, apenas complementando para não deixar dúvidas: se temos então esta definição na lei de quem é o competente para cada tipo de processo, consequentemente todos os demais são considerados incompetentes (não reúnem competência do ponto de vista da legislação).

  • Bom dia. Ótimo programa novamente. Acho que a gravidade é especialmente forte em território russo. Já faz um tempo que eles sofrem com essa epidemia de queda de janelas…
    Grande abraço a todos.

  • Pessoal, a queda pode matar também. A partir de uma certa altura o “susto” do cérebro pode te matar. Já ouvi que pode ser parada cardíaca e outros que o cérebro perde a mão na dosagem de adrenalina, talvez esteja relacionado. Lembro que falaram muito disso no 11 de setembro, que as pessoas que pularam lá de cima morreram antes de tocar o chão.

    • Pessoal, a queda pode matar também. A partir de uma certa altura o “susto” do cérebro pode te matar. Já ouvi que pode ser parada cardíaca e outros que o cérebro perde a mão na dosagem de adrenalina, talvez esteja relacionado. Lembro que falaram muito disso no 11 de setembro, que as pessoas que pularam lá de cima morreram antes de tocar o chão.

  • Olá Filipe, obrigado por mais um programa. Eu queria complementar sobre o assunto das empresas de energia quebrando no Reino Unido devido ao aumento do custo do gás. A energia no Reino Unido é um mercado de competição aberta, com várias empresas, mas a rede é distribuição é única, as pessoas que recebem energia das empresas que quebraram não ficam diretamente sem energia, outra empresa assume a responsabilidade. O risco maior é que hoje em dia o custo da energia no atacado está muito acima do que pode ser cobrado para clientes (pela regulamentação do serviço). O medo da quebra da Bulb ou de outra empresa grande é que a empresa que tiver que absorver esses clientes terá uma demanda maior do que os seus contratos atuais, sendo forçada a comprar energia no atacado pelo preço atual. Gostaria de recomendar esse infográfico sobre o crise na Europa e a ligação com a pressão da Russia para ligar o Nord Stream 2: https://ig.ft.com/europes-gas-crisis-pipelines-explainer/

  • Oi Filipe e Matias!

    Queria só comentar com vocês que conheci um casal turco esse final de semana e numa conversa sobre política turca (a qual só consegui acompanhar e fazer comentários graças a vocês, diga se de passagem), falei pra eles que no podcast que eu ouvia, chamavam o presidente/ditador/sultão deles de Erdogolum, eles amaram o apelido! Falaram que era muito apropriado e que usarão daqui pra frente! Novamente, muito obrigada pelo trabalho de vocês! A conversa seria boa, mas com o background desse último ano ouvindo vocês, foi muito mais proveitosa. Não canso de agradecer e recomendar vocês.

    Abraços gelados de uma pessoa recém chegada no Canadá para um doutorado!

  • Eu adoro as divagadas do Felipe, são a parte mais divertida do programa!
    Partindo da uma discussão da situação geopolítica da Etiópia chegou-se em conselhos de como evitar unhadas de guaxinim. Maravilhoso!

  • Pingback: Xadrez Verbal Podcast #273 – Etiópia, Giro pelo G20 e Atila #43 – Conteúdo GP

  • Passando para agradecer pelo trabalho maravilhoso de vocês semana após semana.
    Neste último fim de semana fiz minha primeira cicloviagem longa, e vocês foram minha companhia por boa parte do trajeto.
    Abraços!

  • José Henrique Melman

    Depois do comentário do penúltimo programa, assistindo a esse me vi fazendo “air guitar” na vinheta…

    Sobre o Especial Coronavirus, agora “fagocitado”, se fosse fagocitose, agora ele seria só amônia, sei lá… Prefiro pensar que ele agora é uma mitocôndria do Xadrez Verbal! 🙂

    Agora um “pitaco”, sobre azeite de dendê e óleo de palma: acho que a diferença entre os dois é que o óleo de palma passa por mais processos de refino e clarificação do que o dendê embora tenham a mesma origem; mas tô longe de ser entendido o suficiente no assunto pra “bater o martelo”. Curiosidade, existe também o óleo palmiste que vem de alguma outra parte do dendê é é diferente dos dois anteriores.

    Parabéns pelo ótimo trabalho! A contextualização e a análise além do que está na superfície da notícia fazem valer cada um dos 300+ minutos dos episódios!

    Abraços

  • Ótimo programa como sempre!!

    Obrigado pela menção, gosto muito e sou muito grato ao Xadrez Verbal por abrir minha visão quanto ao mundo, que é realmente grande, com suas complexidades e histórias.

    Muito obrigado pelo conteúdo de qualidade!!

  • YGOR RAFAEL LEITE PEREIRA

    Olá, boa tarde!

    Primeiramente, queria agradecer a companhia que vocês fazem para mim. Há alguns anos me mudei para o Tocantins e passei a ser ouvinte de vocês. São longas horas que vocês fazem companhia para mim e alegram meu sábado. Vocês ajudam muitas pessoas que estão passando por momentos ruins.

    Partindo para a pergunta, Filipe em um programa de meados do mês de agosto você comentou sobre a política externa do governo Biden. No comentário, você argumentou que ele seguia uma linha muito parecida com o governo Trump. Nessa análise, você citou um livro em inglês, mas não consegui entender o nome do autor e da obra. Por favor, você pode comenta-la aqui.

    Abs.

  • Olá pessoal,

    Uma rápida correção, a entrevista que o Rodgers fala que foi imunizado aconteceu em agosto. Ele enviou um ofício às NFL solicitando que a liga considerasse um tratamento homeopático que ele estava fazendo como imunizante. A liga negou e disse que ele seria tratado como não imunizado. Ou seja, o jogador mentiu, a franquia não soube lidar, mas a liga também comeu mosca pois tinha ele como não vacinado e só foi punir agora que deu ruim.

    O jogador já tinha dito que era adepto de algumas teorias da conspiração (provável que seja QAnon) e recentemente O Alquimista do Paulo Coelho disparou em vendas depois dele recomendar num podcast.

    Abraço pra todo mundo do grupo RI e Esportes e pro pessoal das RI da PUC Minas

  • Essa história da mulher do presidente da Nicarágua virar co-presidente me lembrou no The Office quando o Michael e o Jim viram co-regional managers kkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.