Fronteiras Invisíveis do Futebol #70 – México Parte II

Concluímos este díptico, da era de Santa Ana (1832-54) até a eleição de López Obrador, em julho deste ano, passando pelos diversos conflitos com os EUA, o Porfiriato (1876-1910), as diversas etapas da Revolução Mexicana e a hegemonia do PRI durante a segunda metade do século passado.

No meio de campo, entenda as especificidades do campeonato local para os demais países do sub-continente e saiba quais brasileiros se destacaram nos clubes – ou seriam franquias? – mexicanos!

Referências no programa

Em breve

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa.

Assine um dos feeds do Fronteiras Invisíveis do Futebol e não perca nenhum programa: feed RSS, feed do iTunes e feed Player.FM, feed Deezer e feed Pocketcast

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, confira o restante da programação aqui.


assinatura

Filipe Figueiredo, é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

botãocursos

Anúncios

6 Comentários

  • Mário Henrique Gebran Schirmer

    Caros Filipe e Matias,

    Mais um programa excelente! Parabéns! Sou muito fã.
    Aprendi muita coisa interessante mais uma vez.

    Obrigado por terem lido meu comentário no programa passado.

    A respeito das repercussões políticas da guerra EUA x México, é interessante notar a perspectiva do Thoreau. Ele alega que a guerra – juntamente com a escravidão – é um dos motivos que fomentam sua apologia à desobediência civil. Segundo ele, aqueles que apoiam a guerra “estão mais interessados no comércio e na agricultura do que na humanidade e não estão preparados para fazer justiça aos escravos e ao México, custe o que custar”. O escrito do Thoreau, posteriormente, vai ter influenciar as ações do Ghandi e do Luther King, assim como pensamento de Tolstoy, Rawls, etc…

    Abraços,

    MHGS

  • Dois programas primorosos…

    No anterior lembrei das aulas da Janice, até por falarem do Natalino… nesse lembrei das aulas do Júlio.

    Senti falta do momento mais marcante do futebol de clubes mexicano… quando o São Caetano venceu algum time de lá, creio que o América, e a torcida atirou de tudo no campo, até um fuckin CARRINHO DE PEDREIRO!!!

    Abraços

  • WEEENA WEEENA Mati y Filipe!!
    Estou muito feliz de terem falado de mim nos comentários sobre o Chile no programa sobre a França Ultramarina…

    Vuelvo acá para una relamacion!

    Chile fue el país que aplicou a maior goleada numa competição oficial no México (antes disso a Inglaterra fez 8×0, mas num amistoso), en 2016 na Copa America Centenário.
    Tal goleada foi tipo o 7×1 da Alemanha no Brasil, eles ficaram arrasados, segundo amigo meu que trabalha comigo aqui em SP.

    E outra “reclamacion”…
    Sobre os clubes mexicanos “roubarem” nosso melhores jogadores jovens de um tempo para cá.
    Pelas minhas contas, dos jogadores estrangeiros atuando nel futbol mexicano, jogadores do Chile são a maioria.
    Pelos menos todo time da primeira divisão tem 2 chilenos no elenco.

    JEJEJE

    • RETIFICANDO!

      No mencionando el Chivas que juega com solos mexicanos no time, à la Athletic de Bilbao, os mais importantes times tienen pelo menos 1 chileno no elenco…

  • Excelente programa!

    Só tem me causado um problema: Toda vez que eu ouço o podcast eu começo um save novo no Football Manager no país tema do programa, ou seja meus saves não tem durado muito.

    Parabéns Filipe e Matias, continuem o ótimo trabalho.

  • Uma notícia que saiu esse ano é que a Liga MX passaria por algumas mudanças. Primeiro que não teria rebaixamento a partir de 2018-2019, segundo que times que pertencessem ao mesmo grupo empresarial não poderiam disputar a liga.
    https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/federacao-mexicana-anuncia-fim-do-rebaixamento-no-campeonato-nacional-do-pais.ghtml

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.