Xadrez Verbal Podcast #Especial – Acordo MERCOSUL – UE – Parte 2

Chegou o podcast especial do Xadrez Verbal sobre o acordo comercial entre MERCOSUL e União Europeia! Agora com a parte final do especial! Como contamos com convidados muito solícitos e participativos, produzimos horas de material sobre o acordo. Então, para não ficar muito pesado, especialmente para o ouvinte novo, foi dividido em duas partes. A segunda parte é mais aprofundada e detalhada. Começamos com nossa economista de todas as semanas da casa, Vivian Almeida, professora do Ibmec, para falar de questões culturais e sociais. Depois batemos um papo com Rafael Mafra, para falar sobre designações geográficas e tarifas. Ele é mestre em relações internacionais, servidor público e estuda comércio internacional há 21 anos, mas o que mais gosta de fazer é contar histórias e fazer análises musicais no Gugacast. Para uma análise geral do acordo MERCOSUL – UE em uma perspectiva de nossos vizinhos argentinos, vamos bater um papo com Andrés Malamud, que é pesquisador no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Depois recebemos outro conhecido da casa, nosso Gustavo Rebelo, agrônomo e empresário na Flórida hoje dedicado a apicultura, para discutir questões ambientais e de agricultura. Para entendermos como foi a conclusão desse acordo e como o governo vê seus efeitos e quais os próximos passos, vamos ouvir uma conversa com Marcos Troyjo, que é, além de dono de um vasto currículo acadêmico, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia. Por outro lado, quais os potenciais problemas do acordo? Pra falarmos disso, agora vamos bater um papo com o João Romero, que é doutor pela Universidade de Cambridge e Professor do Departamento de Economia da UFMG, sobre uma análise crítica do acordo MERCOSUL – UE. Pra fechar esse especial, vamos voltar à Argentina, afinal, mais tarde este ano teremos eleições presidenciais nos nossos vizinhos. Como o acordo pode influenciar as eleições? Pra responder isso, vamos ouvir o Santiago Rodriguez Rey, politólogo e um dos integrantes do podcast La Banda Presidencial.

Modéstia de lado, está imperdível. Divulguem o especial e ouçam também a primeira parte!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas e links

Site da Editora Contexto

Texto do Acordo Mercosul – União Europeia

Dissertação O acordo sobre aplicação de medidas sanitárias e fitossanitárias e acordo sobre barreiras técnicas ao comércio sob a ótica dos regimes internacionais, de Rafael Mafra

Podcast Guga Cast

Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da UFMG (Cedeplar)

Podcast La Banda Presidencial

Podcast Petit Journal

Valor Econômico

Música de transição entre as entrevistas: La rubia en el avión, de Christian Puga

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Minutagem dos blocos, cortesia dos financiadores do Xadrez Verbal

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

12 Comentários

  • Giovanni Nogueira

    Queria fazer apenas um comentário irrelevante: Acho tão divertido como o Filipe, quando grava um roteiro pronto, fica com voz de Nerdologia.

    • Giovanni Nogueira

      E também: muito obrigado pelo conteúdo, foi extremamente útil e didático. Vocês são incríveis! Obrigado pela companhia de sempre.

  • Um excelente especial, como sempre. Só lamento a ausência do Matias que, se estivesse presente, não permitiria a normalização feita pelo vice-ministro da Economia quando comentou que a retirada de poder dos sindicatos interessava ao crescimento do país. Infelizmente, ao contrário da posição com que estamos habituados, bastante crítica em relação às injustiças sociais, ali o silêncio do Filipe nos incomodou.

    • Carlos, só pra deixar claro: se você ouvir qualquer programa com convidado ou entrevista, eu sempre deixo o convidado falar. Eu faço intervenções para questões de didatismo, não de confronto. Isso não quer dizer que eu concorde com o que foi dito; como é esse caso, inclusive.

      • Entendi, e faz todo o sentido prezar por extrair o máximo de informações do entrevistado. De qualquer forma, me perdoe se o tom do comentário anterior pareceu muito ofensivo, e parabenizo novamente a qualidade dos especiais =]

  • O vice ministro tece meias verdades sem contextualização para culminar no enaltecimento da figura do presente. Muito triste. Coreia do sul recebeu muitos investimentos por ter posição estratégica geopolítica, e o investimento foi feito nas chamadas Chaebols, basicamente clans específicos do pais que foram escolhidos para prosperarem em nome do pais. O efeito de tal política se vê até hoje. Além disso, comparar a produção de commodities de uma economia como a dos EUA com o Brasil é ridículo, e a Australia ainda é primariamente uma exportadora de commodities. Não sou especialista mas para mim o vice-ministro veio puramente para fazer propaganda, o que seria totalmente dispensável visto que a maior parte dos especialistas do podcast tiveram um viés positivo do acordo.

    • Com um detalhe na Austrália que 72% dessas commodities são minérios ou metais. Agricultura mesmo é só 12%. Já o Brasil se divide ali nos 26% pra cada.

  • Vocês são realmente muito foda! Decidi aqui durante o meu café pós almoço que vou virar apoiador. Xadrez verbal é o trabalho mais completo da podosfera brasileira e ri na cara do somelier de Podcasts.

    A única ressalva sobre esse programa é que a impressão que eu tive é que o vice ministro achou que veio ao xadrez falar pra um público leigo…. Foi um excesso de propaganda barata do governo e poucas informações novas e/ou relevantes.
    Enfim, as melhores partes da entrevista dele foi quando a conexão falhava.

  • Pingback: Xadrez Verbal Podcast #196 – Oriente Médio, Ásia e MERCOSUL | Xadrez Verbal

  • O especial foi muio bom e muito esclarecedor, gostaria de parabenizar principalmente os argentinos que gastaram o portunhol para participar

  • Muito obrigada pessoal, o trabalho que vcs fazem se tornou indispensável a quem quer e precisa se informar sobre nossa política internacional. A entrevista do vice ministro bem que poderia ter falhado um pouco mais, meu ouvido fisicamente doeu.

  • Pingback: Xadrez Verbal Podcast #208 – Síria, Europa e América Latina | Xadrez Verbal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.