Fronteiras Invisíveis do Futebol #42 – Catalunha

Todo 11 de setembro é celebrado o Dia Nacional da Catalunha, comunidade autônoma que busca a independência da Espanha, em maior ou menor grau, desde o século XVIII, principalmente após o Cerco de Barcelona em 1714 (guarde essa data).

Das tribos ibéricas da Antiguidade, passamos pela ocupação romana, os reinos visigóticos, a chegada dos muçulmanos e a subsequente reconquista por parte dos carolíngios ainda Alta Idade Média, formando o Principado da Catalunha – com as fronteiras muito similares às atuais – que posteriormente foi sucedido ao Reino de Aragão.

Com a união do rei aragonês Fernando II com a rainha castelhana Isabel, na segunda metade do século XV, observamos o surgimento do maior Império da época, cuja capital era Madri. O centralismo de Castela será responsável por diversos conflitos até a proclamação da I República, em 1873, segundo derrubada pela restauração bourbônica no ano seguinte.

a virada do século XX, o futebol chega à Península Ibérica, sobretudo nas regiões mais industrializadas como Bilbao e Barcelona. E o clube que leva o nome da capital catalã se tornará um símbolo de resistência ante as ditaduras de Primo de Rivera (1923-30) e Francisco Franco (1939-75), enquanto os rivais regional e madrilenho são fortemente ligados à Coroa.

Referências no programa

Livro Nacionalismos espanhóis

Livro Fútbol: Una religión en busca de un dios

Texto As Fronteiras Invisíveis da Europa: A Catalunha

Texto Catalunha: O separatismo catalão pode estar à beira do radicalismo

Música Catalunya Lliure, de Desperdicis Clínics

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa.

Assine um dos feeds do Fronteiras Invisíveis do Futebol e não perca nenhum programa: feed RSS, feed do iTunes e feed Player.FM, feed Deezer e feed Pocketcast

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, confira o restante da programação aqui.


assinaturaFilipe Figueiredo, é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

botãocursos

Anúncios

13 Comentários

  • Curti muito. Principalmente sobre a seleção Catalã. Seria interessante fazer sobre a Groenlândia. Valeu e parabéns

  • Sei lá, na pratica não mudaria nada a tal autonomia catalã, na manha seguinte eles teriam que arranjar outra picuinha ou voltar a cuidar da própria vida

  • País Basco e agora Catalunha, sonhos realizados. Obrigado Filipe!
    Pergunta: Existe mais alguma região que deseja independência do Estado unitário espanhol?

    • A Galícia teve um movimento independentista, que entre 1978 e 1983, houve um grupo armado pela independência, o Loita Armada Revolucionaria (LAR).

  • Hugo Santiago de Mendonça

    Poderiam fazer um programa sobre as fronteiras invisíveis do futebol aqui no Brasil, uma vez que no Brasil existe um movimento chamado “O sul é o meu país” aqui no sul do Brasil, obviamente.

  • Dois dos Melhores podcasts que existem: xadrez e fronteiras. Parabéns pelo conteúdo.

    Dica cultural (musical) e bem pertinente para o momento é uma banda chamada KOP. Se trata de uma banda de hardcore, com uma visão independentista, bem à esquerda. O vocalista, Juanra, se não está preso, já esteve, por ligação ao ETA…

    Duas musicas para sugerir:
    – sols el poble salva al poble
    – BCN

    Abraços.

  • Faltou citar o Català Futbol Club, clube fundado no mesmo ano do FC Barcelona (1899) e foi até o final dos anos 1920 o maior rival do Barça. Foi extinto no período de profissionalização do futebol espanhol, nos anos 1920. Outro dado curioso, o Català era um clube que buscava promover o esporte local na região da Catalunha, e assim como o Athletic Club de Bilbao, que só aceitava bascos, o Català só aceitava jogadores catalães.

    Outra coisa, a ex-mulher do Daniel Alves, Dinorah Santa Ana da Silva, foi uma das donas do Sant Andreu, mas vendeu recentemente as ações do clube para Manuel Camino, atual presidente do clube.

    É bom lembrar que mesmo os Boixos Nois tendo uma ala que defende a independência da Catalunha, existe um grupo dentro da torcida que defende um nacionalismo de extrema direita, fascista.

  • Esse episódio foi sensacional, um dos melhores junto com o da Suíça e o de Pernambuco, aliás este último foi responsável por minha namorada, que não vê graça no “esporte bretão”, começar a curtir o Cast. 🙂

    Ps. Como pedir não custa:
    Bora Vê esse Fronteiras sobre a Bahia Filipe.

  • Nilton C. Carlini Jr.

    Queria deixar claro que há controvérsias sobre o Pau Gasol ser o irmão bom, Ele jogou com o Kobe, e por isso teve muito mais projeção, mas prefiro o Marc Gasol pela constância de atuações do Memphis.

    #teammarc

    To atrasado no comentário mas é mais um ótimo programa como esperado.

    • Pau Gasol tem média de 9.4 rebotes, 17.9 pontos, 3.2 assistencias e 1.7 tocos em mais de mil jogos na NBA.

      Marc Gasol, mais novo e maior, tem, respectivamente, 7.6, 14.9, 3.2 e 1.5

      Pau Gasol foi 6x All Star, Calouro do Ano, 2x Melhor Jogador da Europa, 4x Euroscar, 2x MVP do EuroBasket e MVP do Mundial

      Marc Gasol foi 3x All Star, 1x Defensor do Ano e 1x Euroscar

      Não tem controvérsia nenhuma

  • Uma coisa intressante sobre o nome do RCD Espanyol: quando eles muderam a lingua do nome para catalá eles inventeram uma nova palavra; ‘desportiu’. A palavra correta em catalá sería esportiu, como no nome do CE Europa, mas o Espanyol não queria mudar as inicais RCD para RCE (talvez eles não queriam reimprimir todos os artigos de papelaria oficial do clube, sei lá).

    Desculpe pelo comentario bem atrasado, e por meus erros gramaticais (ainda estou a aprender Português) mas obrigado pelos podcasts, ajudam muito!

    Kieran (um irlandês em Lisboa)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s