Fronteiras Invisíveis do Futebol #12 – Cuba

Fronteiras Invisíveis do Futebol é a nova iniciativa do Xadrez Verbal, um podcast sobre História, política atual, geopolítica, tudo isso com o fio condutor do futebol. Apresentado pelo meu amigo Matias Pinto, que também apresenta o podcast que vocês tanto apoiam, o programa será quinzenal, com um belo trabalho de edição. Em cada programa teremos A História, O Campo e O Mapa, contando sobre alguma região do planeta, sua identidade cultural e sua História. A série é motivada pela série de textos especiais Fronteiras Invisíveis da Europa, que discute nacionalismos, regionalismos e a União Europeia.

Enquanto o terceiro programa sobre a Turquia é preparado, voltamos ao continente americano. Agora, com a companhia do convidado especial Ubiratan Leal, para falarmos da ilha de Cuba, com importante localização no Mar do Caribe. A população indígena e sue legado no nosso vocabulário, o início da colonização espanhola e o período da pirataria abrem o programa. Seguimos para falar de questões raciais e o regime da escravidão, influentes nas lutas por independência do domínio espanhol.

Com a intervenção dos EUA e a guerra Hispano-Americana, Cuba torna-se mais ou menos independente, com sua soberania ligada aos EUA pela Emenda Platt. As primeiras eleições, a presença econômica dos EUA na ilha e a ascênsão de Fulgêncio Batista culminam na conhecida Revolução Cubana, liderada por Fidel Castro. Apenas em 2014, com seu irmão, Raúl Castro, as relações entre Cuba e EUA começarão a ser normalizadas.

Todo esse histórico pode ser visto em como a ilha lida com o esporte. Afinal, a prática mais popular de Cuba é um jogo importado dos EUA, o beisebol. O futebol tem seu espaço, com Cuba disputando uma Copa do Mundo em 1938, e influência soviética na Guerra Fria. O beisebol é um exemplo de como parte da população cubana lidou com o embargo dos EUA e a proibição da atividade esportiva profissional na ilha. Quer entender melhor? Ouça o programa e VEM PRA CUBA!

Referências no programa

Filme Poderoso Chefão II, trailer aqui

Texto sobre a “Geração Y” e a influência soviética

Livro The pride of Havana, de Roberto Gonzalez Echevarria

Livro A History of Cuban baseball, de Peter C. Bjarkman

Documentário Brothers in Exile, trailer aqui

Documentário The Lost Son of Havana, trailer aqui

Música Miñoso al Bate, de Enrique Jorrin

O dossiê visual do programa sobre Cuba ainda não foi publicado, peço desculpas pelo atraso

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. 

Assine um dos feeds do Fronteiras Invisíveis do Futebol e não perca nenhum programa: feed RSS, feed do iTunes e feed Player.FM, feed Deezer e feed Pocketcast

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, confira o restante da programação aqui.


assinaturaFilipe Figueiredo, 29 anos, é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

botãocursos

 

Anúncios

3 comentários

  • Caros Amigos,

    Excelente programa como sempre. Conheci vocês por meio das participações do Filipe no Nerdcast e já ouvi praticamente todos os casts. Tenho recomendado o programa no Twitter e em breve farei o mesmo no instagram, pois o conteúdo é de excelente qualidade.

    Inclusive agradeço pela menção feita neste programa, valeu!

    Sobre a aventura de Hemingway se juntando ao esforço de Guerra na caçada por submarinos alemães durante a Segunda Guerra mundial, entendo, com a devida vênia, que vocês não deram o crédito merecido ao escritor. Claro que há versões românticas e romanceadas dessa empreitada excêntrica do escritor, porém não podemos deixar de considerar que ele equipou o próprio barco de pesca, transformando-o, na medida do possível, em algo parecido com uma belonave e recrutou pescadores e partiu para a empreitada que era realmente muito difícil, a uma pelo material improvisado de que dispunham e, a duas, pela imensidão do oceano, que, por si só, redudiziam as possibilidades de eles terem um encontro com o inimigo, furtivo por definição.

    Apesar de tudo, no livro “Papa: uma biografia pessoal”, escrito por Gregory Hemingway, filho do escritor e um dos tripulantes do iate, o Pilar, o autor dedica um capítulo inteiro à essa aventura quixotesca e narra como eles, depois de uma longa, exaustiva e desesperançada espera, tiveram, de fato, um encontro com um submarino alemão que, não obstante o esforço, não lograram alcançar.

    Fica o registro e meus votos de sucesso.

    Continuem com o brilhante trabalho!

    Abraço
    EDFL

    P.S. ao contrário do que o Filipe disse num dos casts, o instagram não serve apenas para postar e ver fotos de gatinho, tenho uma página dedicada ao futebol com muitos adeptos por lá que em breve serão ouvintes do XV e FIDF (sim, vocês precisam adotar siglas).

    P.S.S. ainda estou aguardando o Matias dizer, depois de um “com crepúsculo” e antes do “efemérides da semana”, que o Xadrez Verbal é “o seu hebdomadário de política internacional.”

    • Fiz ele falar Hebdomadário. Bom complemento sobre o Hemingway, embora, como voce disse, foi algo excêntrico.

      Tenho a impressão que ESSEDIAFOILOUCO fez ou faz Direito.

      Um abraço e obrigado pelo apoio

  • Pingback: Morte de Fidel Castro, preâmbulo: materiais e links de referência | Xadrez Verbal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s