Xadrez Dominical – 185 anos de Bélgica

Caros leitores, foi no dia 25 de agosto de 1830 que iniciou-se a revolução que, um ano depois, estabeleceria a Bélgica independente, separada do Reino Unido dos Países Baixos. O país, hoje, está dividido entre as regiões flamenga e a Valônia, além de Bruxelas, capital europeia. A Bélgica já foi discutida em dois posts da série especial As Fronteiras Invisíveis da Europa, um inicial e outro por ocasião da Copa do Mundo. Celebrando o cinema belga nessa data, vamos ao Xadrez Dominical de 185 anos da Bélgica.

Ilustrando o post, o quadro Cena dos dias de setembro de 1830, de Gustaf Wappers

Ilustrando o post, o quadro Cena dos dias de setembro de 1830, de Gustaf Wappers

A primeira dica é um filme. A maioria das dicas será de filmes, na verdade. Todos indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Apenas indicados, já que o país não ganhou uma estatueta ainda. Alabama Monroe, dirigido por Felix van Groeningen. O título pode confundir o espectador, mas parte do romance retratado no filme é centrado no gosto em comum pela cultura dos EUA

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: Elise (Veerle Baetens) e Didier (Johan Heldenbergh) se apaixonam à primeira vista. Ele é um músico romântico e ela a realista dona de um estúdio de tatuagem. Apesar das diferenças, o relacionamento dá certo e eles têm uma filha, Maybelle (Nell Cattrysse). Aos seis anos a menina fica gravemente doente e a família se desestabiliza.

A segunda dica é Bullhead, de 2011. Dirigido e roteirizado por Michaël R. Roskam, o filme é um drama centrado em atividades criminosas entre um veterinário e um fazendeiro. Embora tenha sido filmado em sua maior parte na Valônia, região mais rural, o principal idioma do filme é o flamengo.

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: Jacky faz parte de uma importante família de agricultores do sul de Limbourg. Com a ajuda de um veterinário corrupto, ele conquista um ótimo lugar na máfia dos hormônios, ficando cada vez mais próximo de concluir um negócio com os principais traficantes da região. Após o assassinato de um agente federal, Jacky vai fazer de tudo para manter seus negócios em segredo…

A terceira dica é Farinelli, um filme de 1994 sobre Carlo Broschi, um tenor castrato. O procedimento, normalmente associado ao teatro medieval, consistia na castração de garotos antes da puberdade, mantendo grande alcance vocal, já que suas cordas vocais não seriam afetadas pelos hormônios da puberdade. O filme foi indicado ao Oscar como belga, embora seja uma produção também italiana e francesa, os dois idiomas do filme.

Trailer

Sinopse do CineMenu: Farinelli é o nome artístico de Carlo Broschi (Stephano Dionisi), um jovem cantor do Século 18. Para preservar sua voz, ele foi castrado em sua infância (um método usual na época, para que os homens pudessem tem o mesmo alcance vocal feminino). Durante toda sua vida ele se tornou um grande e famoso cantor de ópera, sendo levado à glória máxima, coberto de ouro por príncipes e venerado pelo público. Enquanto isso, seu irmão Riccardo (Enrico Lo Verso) tinha uma carreira medíocre como compositor e seu sucesso e fortuna dependiam da glória de seu irmão.

A quarta dica é Daens – um grito de justiça, de 1992. Dirigido por Stijn Coninx e baseado em livro de Louis Paul Boon. O filme conta a história real de um padre católico que, em fins de século XIX, lutava por melhores condições de trabalho para os pobres, pelo fim do trabalho infantil nas fábricas e pelo direito ao voto.

Trailer

Sinopse do Filmow: Na cidade de Aalst, norte da Bélgica, um grupo de trabalhadores vive em condições miseráveis, vítimas da exploração da indústria de tecidos onde estão empregados. A situação começa a mudar quando um padre revolucionário é transferido para a cidade e assume a igreja local.

A quinta e última dica é a personalidade mais famosa do cinema belga. Jean-Claude Van Damme, The Muscles from Brussels (Os músculos de Bruxelas, um de seus apelidos no auge da carreira hollywoodiana). Van Damme foi fisiculturista, carateca e coreógrafo de artes marciais, além de, obviamente, estrela de diversos filmes de ação. Vários de qualidade questionável. Após crises pessoais e profissionais, incluindo o uso de drogas, Van Damme ficou em recuperação na Bélgica, onde fez o filme JCVD, acrônimo para seu nome inteiro. No filme, sucesso de crítica, Van Damme interpreta uma versão semi-fictícia de si mesmo, com uma cena que se tornou famosa: quando ele quebra a quarta parede e fala diretamente ao público sobre seus problemas pessoais. A cena está abaixo.

Cena

SCMP 01JUL97 NS HANDS2

A menção do post vai para Hong Kong. O dia 30 de agosto era habitualmente celebrado como um feriado, marcando o fim do domínio japonês e a retomada britânica das ilhas, exatos setenta anos atrás. Em 1997, após noventa e nove anos de cessão, Hong Kong foi devolvida para a China, em cerimônia em que o Reino Unido foi representado pelo príncipe Charles. A cerimônia é considerada o fim do Império Britânico e é tema do filme O último entardecer, estrelado por Jeremy Irons e com trechos filmados durante a época da transição.

Trailer

Gostaram, não gostaram, mais dicas? Comentem a vontade!


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página. botãocursos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s