Xadrez Verbal Podcast #226 – Ronaldinho, Oriente Médio e coronavírus

Mais um episódio do podcast do Xadrez Verbal no ar! Primeiro vamos com as últimas atualizações do caso Ronaldinho, que está preso no Paraguai, com seu passe disputado; dessa vez contamos com o auxílio do advogado Carter. Vamos até o Oriente Médio, falar da queda do preço do petróleo e do acordo de paz no Afeganistão, que continua um barco furado. E, claro, abordaremos um pouco da declaração de pandemia global de coronavírus pela OMS. Além disso tudo, nós giramos pelo mundo, a semana na História, economia com a professora Vivian Almeida, peões da semana e dicas culturais fecham mais uma edição da sua revista semanal de política internacional em formato podcastal!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Site da Editora Contexto

Filme O Sétimo Selo

Filme A Fonte da Donzela

Filme O Exorcista

Filme Conan, o Bárbaro

Filme Fuga para Vitória

Repertório #08 – Alon Lavi

Nerdologia História Origem do Papai Noel

Coluna na Gazeta do Povo A breve vida do acordo de paz de Trump com o Talibã

Fronteiras Invisíveis do Futebol #84 – Afeganistão

Nerdologia História O cemitério de impérios no Afeganistão

Coluna na Gazeta do Povo Um príncipe tomou o mundo como refém e você está pagando sem saber

Música de Encerramento Хрустальный Город, com Машина Времени (Crustalny Gorod)

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Minutagem dos blocos, cortesia dos financiadores do Xadrez Verbal

  • 00:06:45 – Giro de Notícias #01
  • 00:19:10 – Coluna Aberta: América Latina
  • 00:39:10 – Efemérides: A Semana na História
  • 00:47:00 – Match: Oriente Médio
  • 01:17:00 – Xeque: Coronavírus
  • 01:55:40 – Gambito da Dama: Coronavírus
  • 02:08:25 – Giro de Notícias #02
  • 02:18:44 – Peões da Semana
  • 02:20:30 – Sétimo Selo
  • 02:35:20 – Música de Encerramento

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

28 Comentários

  • O que vocês acham do livro História da Riqueza do Homem de Leo Huberman? Seria uma boa leitura complementar para o CACD?

  • Sobre os times da prisão do Ronaldinho o Matias mencionou o Pira Guaçu e disse que não sabia o que significava “pira”. Nos meus dois semestres de tupi que fiz na FFLCH aprendi que “pira” significa peixe. Então o nome do time deve ser peixe grande.
    Beijos de uma Ecana que se aventurou por uns semestres na FFLCH!

  • Caros, excelente Podcast! Só uma correção de um estudante de biologia:

    CONTAMINADO serve para ambientes/objetos onde se encontra uma substância/agente contaminante – no caso do COVID-19, um vírus; mas poderia ser um elemento radioativo ou pulgas.

    No entanto, quando se trata de doenças INFECIOSAS ou INFECTO-CONTAGIOSAS, como são os casos de vírus, bactérias ou parasitas, a pessoa fica INFECTADA. É errado dizer que a pessoa está CONTAMINADA.

    Por último, a criança que tem piolho não está nem contaminada, nem infectada – ela está INFESTADA.

    Obs: não sou estudioso da área específica. Se alguém identificar alguma incoerência, por favor corrija!
    Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71671977000300314

  • Diogo Maia de Carvalho

    Aqui em Minas, a nona rodada do Campeonato Estadual já será sem torcida por conta do coronavírus.

    Dessa vez eu não mando um abraço, mas um olá de longe, para não correr risco.

  • Caros!
    Sou ouvinte desde 2016.

    Gostaria de adicionar com um breve esclarecimento sobre a nomenclatura do vírus e da doença que ele causa, de acordo com a organização mundial da saúde:

    O nome da doença é COVID-19 (coronavirus disease).

    O nome do vírus é SARS-CoV-2 (severe acute respiratory syndrome coronavirus 2).

    Na mídia temos visto várias citações de ‘a doença causada pelo covid’, mas isso está incorreto, já que covid é o nome da doença, e não do vírus. O correto seria ‘a doença causada pelo sars-cov-2’.

    Continuem com o excelente trabalho!

    Abraço

    Fonte: https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/technical-guidance/naming-the-coronavirus-disease-(covid-2019)-and-the-virus-that-causes-it

  • Eu tô encucada com esse interesse repentino do Sérgio Moro no caso do Ronaldinho Gaúcho, aliás que juiz mais cheio dos esquemas o.O
    Já to anotando aos filmes pra assistir: Rambo 3, Predador e Falcon. 😀
    O podcast fez uma cobertura maravilhosa sobre essa semana louca, também fico feliz em saber q o Átila estará no próximo programa. Ele está com um trabalho excelente na divulgação da pandemia.
    Eu rio sempre com as imitações do Matias hehehe
    Abraços e se cuidem aí em SP que tá tenso!

    • Olá caros Filipe e Matias.
      Toda vez que o Filipe falava na OPEP eu lembrava do Chapolim Colorado. “Pepe já tirei a vela”
      Parabéns pelo excelente trabalho.

  • Oiee… Sou ouvinte há dois anos mas nunca comentei! Adoro esse programa! Vcs me fazem companhia enquanto faço o almoço de sábado, as vezes o jantar e as vezes ainda o almoço de domingo, dependendo da extensão do programa. Vcs são incríveis. Sou da área de exatas, mas aprendi com vcs que história e política internacional pode ser muito interessante e divertido.
    Mas hoje passei para comentar algo que o FIlipe mencionou no programa de ontem:
    Oi Filipe! Você mencionou no programa de ontem que gostaria de conhecer as Cataratas do Niágara vestindo um barril em homenagem ao Pica-Pau. O Meteoro Brasil fez um vídeo incrível sobre a bizarrice por traz daquele episódio. Da uma olhada, está imperdível! https://t.co/eBnSLtq68x

    Bjos nas bochechas!

  • Curioso mesmo é a interpretação dada ao que se quer ouvir. Vocês são objetivos e não deixam margem a dúvida, porém, mesmo assim, há quem “ouça” o que quer.
    Continuem com o bom e honesto jornalismo, informar sem distorcer os fatos.

  • porque o coronavírus foi considerado uma pandemia “global” se a terra não é um globo, é um plano? (estou zuando, eu sei que a terra tem formato de dinossauro)

  • Excelente, só uma pequena correção o Jesse “The Body” Ventura foi governador de Minnesota, Um ótimo e bonito estado apesar do inverno se extender quase até à primavera.

  • Filipe, se for levar um barril para as cataratas do Niágara você precisa de permissão por escrito da Comissão que administra o parque de Niagara Falls, segundo o Niagara Falls Act, regulação 829/1990, itens 4 e 6.e. Essa última eu copio:

    “No person shall, within the Parks,

    (…)

    (e) perform or attempt to perform any stunt or feat,

    without the written permission of the Commission.”

    Sobre como conseguir a permissão, ouvi dizer que o Ronaldinho Gaúcho manja dessas coisas.

    Fonte: https://www.ontario.ca/laws/regulation/900829

  • Igor Coura de Mendonça

    Sério, 2h da manhã, acordado sozinho pronto pra dormir, o Filipe vai e me lembrar do TRAUMA que eu tenho com o filme exorcista.

    Ficou pior do que a vó da Sra Jovem Nerd que falava “não pensa no diabo que ele aparece” pras netas logo antes de dormir.

    E agora acabou o podcast… Vai ter troco isso daí! Hehehe

  • No momento em que vocês citaram sobre os uigures, lembrei daquela música ao final de um dos episódios do podcast em que o Ubiratã Leal trouxe a pérola da versão da música carrapicho em russo. O cantor, Murat Nasyrov, é da etnia uigur, que também são presentes na Rússia. O Murat era Cazaque, mas se mudou para Moscou antes da sua morte que possui muitas dúvidas se foi suicídio pois ele caiu da sacada de seu apartamento ou tentativa de assassinato pois a autopsia registrou intoxicação por LSD em seu corpo, o que a família e amigos negavam que ele estivesse deprimido.

  • Passando só para lembrar que o Max Van Sydow foi o Three Eyed Raven na série Game of Thrones, acho que o último trabalho que ele fez antes da morte.

    E também agradecer a existência do Xadrez Verbal que nesse momento de quarentena e distância social está sendo uma companhia essencial nos meus finais de semana.

    Aliás aqui em DC os supermercados estão vazios de artigos de limpeza, alimentos congelados, grãos, enlatados e pasta. Papel higiênico, álcool em gel e toalhas desinfetantes desapareceram das prateleiras e estão valendo mais que ouro. Não me pergunte o porque do papel higiênico…

    Obrigada Filipe e Matias, sem beijos mas com abraços virtuais no coração dos dois.

  • Comentário rápido sobre minha companhia sagrada do fim de semana, o podcast Xadrez Verbal.

    O Jesse Ventura foi na verdade governador de Minnestoa, e não do Tenessee….

    Saudações

  • Voltando pra comentar que o bom do Xadrez Verbal é que quando acontece uma M… no mundo, eu nem vou atrás de tentar entender. Penso “sabado de manhã o filipe e o matias me explicam!”.

    Dito e feito.

    Segunda passada o mundo acabando pq “nao sei o que da arabia e da rússia nao sei o q mais…”

    Tava cheio de trabalho, desencanei…

    E agora já estou por dentro de tudo..

    Obrigado, amigos!!

  • Luis Eduardo Reis da Silva

    Olá Filipe e Matias, ótimo programa como sempre. Muito Obrigado pelo conteúdo!!

    Sobre o Carl Weathers, ele está vivo e mais recentemente interpretou o personagem Greef Karga, o líder da guilda de caçadores de recompensa na série The Mandalorian; que é o do universo de Star wars, sendo canônica, passando-se entre os episódios 6 e 7. Mas vocês devem conhece-la pelo seu personagem mais popular Baby Yoda, sim o meme, apesar de não ser o nome dele, na série o chamam de A Criança (o apelido é porque a espécie do Yoda e da Yaddle, mestra jedi que aparece no episódio 1, não é conhecida e não sabem o nome do bebê e quem são seus pais). A série é do serviço de streaming da Disney, que estreou em alguns países somente (no Brasil só estreia no segundo semestre, se não me engano, mas todo mundo já assistiu e tem review a rodo no youtube, cuidado com spoilers) e a série é muito boa; sendo como uma série de cowboy no espaço e não precisa conhecer a história Star Wars para assistir. O cineasta alemão Werner Herzog, Giancarlo Esposito (Breaking Bad), Pedro Pascal (Narcos e Game of Thrones) e Gina Carano (Deadpool) são parte do elenco, entre outros.
    Foi legal ver o Carl na série, pena que ele não voltou para Creed. Talvez façam um crossover de Star wars com Creed. hahahahahaha

    Vou deixar o trailer oficial de The Mandalorian em que aparecem os atores que citei, caso se interessem.

  • Ola, pessoal.
    Escuto o Xadrez Verbal desde o ano passado (lá pela época da world tour do Bolsonaro), por recomendação de uma amiga que atualmente não converso tanto, mas que é muito querida, no caso a Gabi que queria aproveitar e mandar um abraço.
    Não costumo comentar muito por aqui, por mais que as vezes tenha vontade, mas a vergonha acaba sendo maior, mas hoje fiquei com uma dúvida… Sou uma pessoa branca, e com isso quero afirmar que não estou no centro deste debate, mas seria certo o uso do nome “peste negra” como ocorreu nesta edição? Já vi alguns debates/textos sobre o uso deste e outros termos e acredito que deveria deixar de ser usado, assim como “mercado negro” e tudo mais. De qualquer forma, esta não é uma crítica, mas um sincero questionamento e desejo de melhorar mesmo, porque pode não influenciar tanto na minha vida, mas imagino que seja uma pauta importante para muitos grupos.
    E obrigado pelo podcast incrível, só tenho a agradecer à Gabi que me indicou e à vocês pelo ótimo trabalho!
    Ah, sobre meu nome, só Miranda mesmo, sem a/o antes 😛
    Um abraço para os ouvintes não-bináries também 🙂

  • Caros Matias e Filipe,

    Pq vcs falaram do vídeo do Cauê Moura em que vcs participam?? Caraca, agora vi como vocês são. Acabou a magia, acabou a fantasia. Imaginava vocês totalmente diferentes. Agora tenho que lidar com a realidade. Quero meu dinheiro de volta. Assim não dá.

    Brincadeiras à parte, realmente fiquei surpreso, especialmente com o Matias, que sempre imaginei sem barba.

    Como sempre, parabéns pelo excelente trabalho. Não perco um podcast de vocês desde 2016.

    Grande abraço.

  • Olá meus caros Matias e Filipe! Sou o Renan, moro no RS. Ouço o programa de vocês desde o ano passado por indicação do meu professor de filosofia e sociologia no curso pré vestibular – aliás mandem um abraço pra ele se possível agradecendo a indicação, chama-se Mateus Salvadori – e agradeço à vocês pois me ajudaram muito durante a realização do vestibular.

  • Bernardo, de Berlim

    Oi Filipe com i e Matias sem h,

    Ainda não acabei de ouvir o programa da semana passada, mas acabo de ouvir a parte sobre o oriente médio, sobretudo sobre a interferência da Arábia Saudita nos preços do petróleo e acho que talvez esse artigo sobre a guerra de preços possa acrescentar pontos interessantes à discussão:

    https://oilprice.com/Energy/Energy-General/Saudi-Arabias-Oil-War-Could-Bankrupt-The-Kingdom.amp.html

    Espero que seja relevante.
    Abraços.

  • RAMON VINICIUS DE VARGAS

    Olá caríssimos Filipe e Matias. Sou ouvinte do XV desde setembro/2016 e, desde então, não perco um programa. Sou fã do trabalho de vocês.
    No entanto, gostaria de fazer uma pequena correção.
    Aproximadamente aos 13’50”, quando falavam dos protestos no Dia Internacional da Mulher, o Filipe explicou (corretamente) que o feminicidio seria o homicídio de uma mulher motivado/cometido em um contexto de violência de gênero, quando o crime somente acontece PORQUE a vítima é uma mulher. Isso é correto.
    Entretanto, quando o Matias foi exemplificar esse fato, citou a hipótese de estupro seguido de morte. Nesse caso, juridicamente falando (sou advogado criminalista), esse delito não seria tipificado como feminicídio.
    Embora ontologicamente falando esse exemplo até poderia ser considerado adequado, no ordenamento jurídico brasileiro, o estupro seguido de morte é considerado uma forma qualificada de ESTUPRO, e é considerado um crime contra a dignidade sexual (artigo 213,§ 3°, do Código Penal).

    Já o feminicídio (sem o estupro) é considerado uma forma qualificada de HOMICÍDIO, e é considerado crime contra a vida (artigo 121, § 2°, inciso VI, do Código Penal).

    Embora ambos tenham a previsão de penas idênticas (12 a 30 anos de reclusão), essa diferença traz uma consequência prática muito palpável, que é o fato de que o feminicídio é julgado pelo Tribunal do Júri (que é competente para julgar crimes dolosos contra a vida), enquanto o estupro seguido de morte é julgado por um juiz togado.

    Era isso. Grande abraço !

  • Pingback: Coronavírus: Compilação de Programas Externos – Rádio Comunitária Aconchego

  • Me apaixonei pela música de encerramento deste episódio. Certamente a minha melhor descoberta musical em 2020. Abs!

  • Eduardo Gonçalves Silva

    Olá, caros Filipe e Matias! Sou professor de História das redes pública e privada, na cidade de Curvelo/MG, ouvinte do Xadrez Verbal há mais ou menos 2 anos e é a primeira vez que comento. Eu, Eduardo, cruzeirense, e minha esposa Carla, atleticana, desde então assistimos a todos os episódios via YouTube, o que nos mantém atualizados para nos interarmos com nossos alunos. Desejamos vida longa ao Xadrez Verbal! Mandem um abraço para a minha esposa Carla e para os pedreiros Ladinho e Newton que, por estarem realizando uma pequena obra em minha casa são obrigados a ouvir partes do XV. Um abraço desde Curvelo/MG.

  • Igor Coura de Mendonça

    Caríssimos!

    Espero que esteja tudo bem com vocês.

    Acabei de achar isso no meio das disciplinas gratuitas da FGV:

    https://educacao-executiva.fgv.br/cursos/online/curta-media-duracao-online/fundamentos-das-relacoes-internacionais?oferta=63416

    Será que é um curso interessante para leigos em RI? Não tem o nome dos professores ou a bibliografia…

    Até!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.