Xadrez Verbal Podcast #208 – Síria, Europa e América Latina

Lenín Moreno voltou atrás do aumento dos combustíveis no Equador. Vamos ver como foi a semana no país e na região; crise constitucional no Peru, eleições na Bolívia e na Argentina, Brasil no Conselho de Direitos Humanos, violência no México. Na Europa a notícia é a de que temos um acordo para o Brexit. Esse acordo será aprovado? Também passamos por eleições na Polônia, na Hungria, protestos na Espanha, dentre outras notícias. Finalmente, vamos até a Síria, onde turcos, russos e o governo Assad saíram fortalecidos, ao custo dos curdos e dos EUA. Além disso tudo, nós giramos pelo mundo, a semana na História, Economia com a professora Vivian Almeida, peões da semana e dicas culturais fecham mais um podcast do Xadrez Verbal!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Site da Editora Contexto

Livro Crimeia: a história da guerra que redesenhou o mapa da Europa no século XIX, de Orlando Figes

Graphic novel Avenida Dropsie, de Will Eisner

Banda Laika não morreu

Repertório #02 – Comandante Márcia Braga

Gibi Mickey Mouse Presents: Christopher Columbus #3

Matéria Eleições em Moçambique: Níveis de participação com números contraditórios, por Romeu da Silva

Matéria Por 4º mandato, indígena Evo Morales precisa vencer resistência indígena, por Sylvia Colombo

Matéria Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro a embaixada em Washington

Nerdcash #16 – A Crise de 1929

Matéria Reino Unido e UE chegam a acordo para o Brexit; o que acontece agora?

Rafael Mafra no Xadrez Verbal Especial Acordo Mercosul-UE – Parte 2

Matéria Stop, you can’t pop: prosecco Pringles seized in Italy

Xadrez Verbal #207 – Resistência Curda com Florencia Guarche

Observatório Sírio de Direitos Humanos

Vídeo Presidente russo presenteia príncipe saudita com falcão-gerifalte

Coluna O que você precisa saber para entender a crise dos curdos na Síria

Editorial Turkey’s Victory Over Donald Trump

Matéria Em carta, Trump pede a presidente da Turquia que não seja “tolo”

Matéria Alta de homicídios leva à maior onda de atos da minoria árabe de Israel em décadas, por Daniela Kresch

Matéria Arqueólogos encontram 20 sarcófagos bem conservados no Egito

Canal Arqueologia Egípcia

Matéria Pyongyang publica fotos de Kim Jong-un cavalgando pela neve

Música de Encerramento In the Court of the Crimson King, com King Crimson

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Minutagem dos blocos, cortesia dos financiadores do Xadrez Verbal

  • 00:05:20 – Giro de Notícias #01
  • 00:16:20 – Coluna Aberta: América Latina
  • 00:50:20 – Efemérides: A Semana na História
  • 00:53:45 – Match: Brexit
  • 01:33:45 – Xeque: Síria e Curdos
  • 02:04:05 – Gambito da Dama: Prêmio Nobel de Economia 2019
  • 02:18:50 – Giro de Notícias #02
  • 02:36:50 – Os Peões da Semana
  • 02:38:25 – Sétimo Selo
  • 02:51:45 – Música de Encerramento

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

60 Comentários

  • Não dá pra chegar ao ponto de achar que essas decisões do Trump não são por burrice mas extrapolaram pra má-fé?
    Não sou adepto de teorias da conspiração, nem acho que o império estadunidense esteja imune a fazer asneira, mas se a coisa é no grau que foi falado, não me admira que tenha esquema por trás.

    • Mesmo sendo um ouvinte antigo não costumo comentar muito (esta deve ser a 3ª vez?) mas esta análise também me deixou pensativo.

      Os ataques às refinarias sauditas são recentes, Trump e Erdogan também estão ambos enfrentando um clima doméstico mais intenso e além disso em algum programa passado foi dito que provavelmente a Turquia possuía uma prova que associava o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi com a Arábia Saudita. Estou conjecturando que a Turquia usou alguma chantagem relacionada à Arábia para fazer este avanço recente, mas não sou de RI, supor isso é realmente um exagero?

  • Ainda não me deu tempo de escutar o podcast, mas Barcelona está dividida. De manhã uma demonstração de civismo, de noite a cidade queima. É uma mistura de sentimentos, é incrível o destroço que pode fazer a falta de uma política competente. A minha cidade adotiva arde e sofre. Pedro Sanchez está na corda bamba, a eleição está em risco. Proteger Catalunya o perder as eleições, agir como Rajoy para manter o poder ou realmente fazer alguma coisa e dar algum tipo de resposta a estas pessoas que estão nas ruas. 13 anos de prisão é muito… mas fazer o teatro e a manipulação que alguns políticos catalãs estão fazendo também não é justo. No final das contas quem paga a conta dessa sede de.poder somos nós moradores dessa cidade maravilhosa.

  • Caros Matias e Filipe.

    Sou ouvinte há tempos do Xadrez Verbal.
    Venho por meio deste comentário para pedir uma ajuda.
    Sou aluno do curso Técnico em Museologia da Etec Parque da Juventude na cidade de São Paulo. Nosso curso está correndo sério risco de ser extinguido pelo Sr. Governador João Dória.
    São Paulo e Grande São Paulo é a região do país com mais instituições museologicas do Brasil e além deste curso técnico há somente o mestrado da USP.
    Não há nenhum motivo plausível para o cancelamento do curso, minha turma pode ser a última de Técnicos em Museologia da Etec, não existe nenhuma alternativa para compensar o fim deste curso.
    Não falo por mim, mas falo em nome de futuros alunos deste curso.
    Os museus no país como um todo, estão necessitando de profissionais para preservar a História, o fechamento deste curso será mais um ataque a cultura e aos patrimônios materiais e imateriais no Estado.
    O que peço é que divulguem este ataque do governador do estado de São Paulo.
    Se quiserem entender um pouco do funcionamento deste curso, há entrevistas no YouTube com as professoras Cecília Machado, Juliana Monteiro e Marília Bonas.
    Obrigado.

  • O Ulisses Tribunal do Peru vai promover um entebate, com poesia Vogon, organizado pelo People’s Front of Judea (out Judean People’s Front).

  • O Supremo Tribunal do Peru vai promover um entebate, com poesia Vogon, organizado pelo People’s Front of Judea (out Judean People’s Front).

  • Convém mencionar que a Mauritânia não só pune homossexuais com pena capital como também é um dos países com maior número de escravos no mundo (não, não em situação análoga; são literalmente escravos, são considerados pertences e muitos nunca souberam o conceito de ser dono de si mesmo), dos quais às vezes são levados em ruínas nos desertos e muitos têm de sobreviver comendo areia. É um horror.

    https://www.theguardian.com/global-development/2018/jun/08/the-unspeakable-truth-about-slavery-in-mauritania

  • Salsicha é vina mais pro seu aqui no norte do paraná é salsicha mesmo!

  • Excelente programa como sempre, Filipe e Matias.

    Como fluente em juridiquês, me interessei pelo parecer da Comissão de Veneza e procurei para entender melhor do que se tratava. Acabei descobrindo algumas coisas interessantes.

    O parecer foi emitido por um grupo de especialistas que visitou o Peru e dialogou com vários atores. Esse grupo inclui um chileno e um mexicano (fiquei me perguntando porque os europeus foram metidos nisso, mas na verdade a Comissão é especializada em direito constitucional comparado).

    Apenas uma correção. O Filipe disse, no programa anterior, que o impeachment do PPK teria sido um dos votos de não confiança. Pelo que consta do parecer, em 2018 o parlamento peruano rejeitou um voto de confiança relacionado a uma proposta de reforma educacional. Depois disso, o Vizcarra passou a utilizar o voto de confiança muitas vezes para pressionar o congresso.

    A questão posta para análise da comissão seria a possibilidade de atribuir o voto de confiança a uma emenda constitucional. A Constituição Peruana é bastante vaga em relação a isso e o parecer cita um voto da Corte Constitucional Peruana de 2018 que considerou possível o voto de confiança em projetos de lei (seguindo o modelo francês e italiano, ao contrário do espanhol que não aceita em leis).

    O parecer cita argumentos favoráveis e contrários a essa possibilidade, concluindo que essa possibilidade deve ser resolvida pelo “STP”. Mas, com base na experiência constitucional comparada, sugere que as emendas constitucionais sejam feitas com ampla participação do parlamento e da sociedade (já que no Peru as emendas podem ir a referendo).

    Pra encerrar, ainda falando de temas constitucionais, no comentário sobre o novo presidente da Tunísia ser um professor de Direito constitucional, nem sempre é bom o presidente conhecer as leis tão bem. Um abraço pro ouvinte Michel.

    Abraço Filipe, Matias. Obrigado pelo excelente trabalho toda semana.

  • Victor Domingues Ventura Pires

    Olá Matias e Filipe.
    Sou o Victor, aluno de RI da UniRitter de Porto Alegre
    Sou ouvinte a muito tempo do Xadrez Verbal e já comentei no Fronteiras. Mais um excelente programa, todavia, esse foi mais que especial. Por causa de um evento da faculdade conheci uma menina incrível, a Laura. Descobrimos a algumas semanas o nosso gosto (ou mau gosto) pelo Xadrez e desde então o programa tem sido pauta de muitas de nossas conversas.
    Então, gostaria, com a permissão de vocês, de usar esse espaço para dizer para a Laura umas poucas palavras: obrigado pelo tempo incrível que temos passado juntos, você é uma menina maravilhosa e, assim como a Alemanha no pós-Guerra Fria, acho que já tá na hora da gente se unificar.
    Agradeço muito rapazes pelo espaço e, mais uma vez, parabéns pelo programa.

  • Henrique Molletta Juliatto

    Bom dia,
    Hoje eu gostaria de fazer uma reclamação, todo episódio é feito menção a esportes de todos os tipos, comentários sobre as mais diversas competições esportivas espalhadas pelo mundo, porém até o momento não ouvi uma menção a maior competição em andamento no Brasil no momento, a Rinha de Universidades Públicas do Brasil!
    Aguardo comentários dos senhores!
    #UFPR

  • Pequena cãibra mental, a crise de 29 não foi a quebra da bolsa, a bolsa de valores é apenas o reflexo da economia.
    Seria a mesma coisa que dizer que a ação da Petrobrás caiu e por causa disso uma plataforma pega fogo.

  • Olá, Filipe e Matias!

    Curiosamente, logo depois de ouvir o Matias falar da banda Laika Não Morreu, eu ouvi no episódio Orbitar, do podcast Panoramas, sobre a morte da Laika! Aproveito para recomendar o podcast e esse episódio. Acho que os ouvintes do Xadrez irão gostar, pois é sobre a corrida espacial. No final falam de uma notícia que vou divulgar aqui: no dia 21 de outubro deve ocorrer a primeira caminhada espacial exclusivamente feminina. Vejam mais no podcast e no canal do YouTube Física e Afins.

    Sobre a banda, gostei tanto do videoclipe como da música, apesar da história ser triste.

    Outro fato curioso é que no dia 27 de outubro, além de ocorrerem as eleições Buquebus, é o meu aniversário!

    Abraços!

    • Estava ouvindo na velocidade 2x e tive que colocar no modo normal pra verificar se ouvi o Mathias falando falcoaria.

      Obs.: o Filipe parece q tá bêbado no modo normal, qdo vc ouve logo após o acelerado.

  • Vcs apóiam a independência do Curdistão e da Catalunha?

    • Elizabeth, se não me engano o Filipe já falou em alguns programas que a melhor solução para a Espanha seria se tornar uma federação.

  • Olá Filipe e Matias, já vocês comentaram sobre a descoberta dos sarcófagos no Egito e como vocês geralmente comentam sobre rolês culturais, deixo a recomendação da exposição “Egito Antigo – Do cotidiano à eternidade” que está no CCBB RJ até o dia 27 de janeiro e que também vai passar por São Paulo, Brasília e BH em 2020.

    Aqui a descrição do site do CCBB:

    “Em comemoração aos 30 anos do Centro Cultural, apresentamos uma exposição inédita sobre o Egito Antigo, considerada uma das maiores civilizações da história da humanidade. Por meio de um amplo panorama sobre o cotidiano, a religiosidade e os costumes ligados à crença na eternidade, o recorte reúne esculturas, pinturas, objetos, sarcófagos e até uma múmia, vindos do Museu Egípcio de Turim, segundo maior acervo egípcio do mundo, além de instalações cenográficas e interativas que permitem uma viagem ao tempo dos faraós”

    Parabéns pelo ótimo programa e um abraço!

  • Olá vocês!

    O Matias disse que no Paraná a salsicha é conhecida como vina, mas isso é mais para o sul do estado. Aqui na região norte (sou de Rolândia) é salsicha mesmo.

  • Olá Filipe e Matias sou ouvinte assíduo do Xadrez Verbal e sempre recomendo muito o podcast a amigos. Queria fazer apenas um comentário sobre o motivo de Trump retirar as tropas. Não vejo muito fundamento na conclusão do Filipe de que Trump foi enganado por Erdogan. Como o próprio Filipe já comentou, Trump age de acordo com sua política isolacionista, essa é a lógica da retirada das tropas, a perda da influência direta na região já estava na conta. Por outro lado, me parece também que Trump preferiu rifar os curdos e a influência direta na Síria para tentar avançar nas relações com a Turquia.

  • Só lembrando ao Filipe que Michel Temer é um constitucionalista bastante festejado no meio acadêmico, com vários livros publicados, o que não quer dizer muita coisa no que tange a ser um presidente lá essas coisas todas.

  • Nuu essa música de encerramento é muito boa! Obg por fazer eu conhecer ela. Malou demais

  • Filipe, fiquei pensando se todas essas movimentações de Trump não são no sentido “cortina de fumaça” pra os problemas internos (impeachment). Ou esta é uma conclusão simplória?

  • Belo programa, Filipe e Matias, mas fica a correção: quando estavam comentando sobre a eleição na Argentina, foi falado que a Cristina Kirchner foi a primeira mulher presidente da Argentina, posto que é ocupado pela Isabelita Perón, que durante a década de 70 se tornou a primeira mulher presidente no mundo, pelo que reza a lenda… Outro adendo a ser feito, é que em algum programa, creio que o passado, foi comentado que alguém perguntou qual era o nome de um filme, supostamente sugerido como dica cultural, sobre um soldado norueguês (se não me engano, no programa foi falado dinamarquês) e sua jornada ao fugir do exército alemão, bem, o nome do filme é “O 12º homem” ou “Den 12. mann”, em norueguês e ele é de 2017. Se não for esse o filme que a pessoa estava querendo saber, recomendo pois é muito bom. Abraços.

  • Olá Filipe e Matias, conheci o programa de vocês pelos episódios que o Filipe participa no Nerdcast. Eu não sei se já comentaram isso mas a Novela Brexit ganhou um spin off, já a algum tempo. Em junho deste ano, após a E3, a Game Freak, empresa que produz os jogos da franquia Pokémon, anunciou que os jogos Pokémon Sword e Pokémon Shield não teriam todos os Pokémon criados até hoje, como era comum na franquia. Os dois jogos se passam na região de Galar que é inspirada na Inglaterra, o que fez os fãs revoltados apelidassem o corte dos pokémon do jogo de Dexit (Corte da pokédex + Brexit). A Game Freak já disse que não tem como fazer o jogo com todos os pokémon pois já são mais de 800 e essa quantidade compromete o balanceamento do jogo. Os fãs dizem que isso é bullshit. Não manjo tanto de politica mas queria compartilhar essa curiosidades com vocês :p
    Amo me manter informado através do podcast de vocês, agradeço muito por isso! Abraços!

  • Não lhes perdoarei por semana passada, quando a capital do Equador foi alterada, na música de encerramento não terem colocado a música de Zenilton – Mudança das Capitais.

  • Olá Filipe e Matias, primeiro parabéns e obrigado pelo trabalho de vocês. Ouço vários podcasts e o Xadrez Verbal é de longe o que mais gosto.
    Gostaria de especular sobre a retirada dos americanos pelo Trump da Siria: uma explicação mais provável seria que o Putin tem algum dossiê que deixe o Trump na mão dele, não?
    Curiosidade minha: por que vocês gravam de madrugada?

  • Meus amados e idolatrados Matias e Filipe, eu caio na gargalhada quando vocês reforçam a dificuldade da língua húngara. Gostaria de saber falar húngaro, mas eu tenho uma vida só e já tá na metade (um pouco pra mais ou pra menos, depende do seu referencial), mas queria deixar aqui uma dica de algumas bandas húngaras para que vocês possam conhecer e também ouvir mais dessa língua que é algo singular no mundo. Sem mais delongas, seguem as duas dicas:

    Dalriada

    Obsidian Shell

    Abraços!

    P.S.: Não há melhor doce de leite no mundo, nem no Uruguai (e eu fui in loco provar), do que o doce de leite de Minas Gerais!!!

  • Adoro o trabalhodo Xadrez Verbal, mas gostaria de pedir a inauguração do quadro fixo do BREXIT no programa, com a análise, critica e escolha do melhor meme/gif da semana sobre Brexit. Para dar o pontapé inicial recorri ao inesgotável subreedit do brexit (https://www.reddit.com/r/HighQualityGifs/comments/dkyrtx/boris_outlines_the_uks_plan_for_leaving_the_eu/?utm_source=share&utm_medium=web2x) e mandar este link: https://www.reddit.com/r/HighQualityGifs/comments/dkyrtx/boris_outlines_the_uks_plan_for_leaving_the_eu/?utm_source=share&utm_medium=web2x

  • Bom dia. Filipe e Matias. Apenas para contextualizar existe no brasil uma marca que detem o direito de usar o nome champanhe no rótulo. https://veja.abril.com.br/economia/a-unica-vinicola-brasileira-que-pode-colocar-champanhe-no-rotulo/

  • LUCAS TIMO RODRIGUES

    Os comentários sobre a letargia do Supremo Tribunal Peruano em se manifestar sobre a dissolução do congresso me lembrou do próprio STF brasileiro.
    Em 2016, no auge da Lava-Jato, com denúncias com o Presidente da Câmara e do Senado além de dezenas de outros parlamentares, Presidente afastada do cargo, processo de Impeachment e tudo mais.. O nosso STF resolveu tirar algumas sessões para definir se os brasileiros poderiam entrar no cinema com alimentos comprados em outros estabelecimentos ou não.

    https://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/04/com-o-brasil-em-polvorosa-stf-decide-sobre-pipoca-no-cinema.html

    http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2016/06/stj-proibe-cinemas-de-impedir-entrada-de-alimentos-comprados-fora.html

  • Emanuel Fernando Fernandes

    Sou Emanuel, faço licenciatura de matemática na UPE (que por algum motivo ainda rola o esteriotipo que quem faz matemática só liga pra números entre os discentes, vai entender a cabeça do jovem) , e quero dizer que estou viciado e não consigo passar um final de semana sem escutar os podcasts, sempre tive a curiosidade de saber mais sobre o que ocorre na política internacional e das perspectivas reflexivas sobre as notícias e assuntos , e nesses tempos que vim acompanhando tanto estou me tornando um ser mais crítico comparado ao que era, quanto estou por dentro dos principais acontecimentos, também venho agradecer muito ao Prof. Roger de Filosofia da USP que eu via fazendo posts e comentando sobre o podcast e despertou a minha curiosidade, então graças a ele virei um dependente auditivo do podcast de vocêsHahaha. E digo ainda que estou maravilhado nesse trabalho incrível de vocês! E uma hora conseguirei converter para esse lado da força os meus amigos. Grande abraço e agradecimentos por sustentarem meu vício auditivo semanalmente.

  • O melhor do programa foi a escolha final da música.
    Estive no Rock in Rio e pude acompanhar ao vivo o melhor show dessa edição do RiR.
    Por favor, mandar um beijo para a Gigi que graças a ela comecei a ouvir a banda e que prontamente aceitou o convite em me acompanhar na homérica saga até o show do King Crimson.
    Abraços e parabéns pela qualidade sempre impecável do programa.
    Viva o prog e as três baterias do King Crimson.

  • Alguém tem o link para o curso do EDX mencionado no programa?

  • Olá Filipe e Matias. Tenho uma prima que morou bastante tempo na Hungria e se casou com um húngaro. Eles atualmente moram no Brasil e tem uma empresa de traduções e consultoria, a Lamarca Business Services (http://www.lamarcaservices.com/ e https://pt-br.facebook.com/lamarcaservices). Inclusive, eles trabalham como tradutores sempre que alguma autoridade húgara vem ao Brasil, como na vinda do Orban em 2 de Janeiro. Se tem alguém que saiba como traduzir geringonça para o húngaro, provavelmente devem ser eles (fica o contato e o jabá da empresa deles).

    Aproveitando, uma pequena correção sobre o programa 207, onde você citou as férias coletivas da Embraer. Você disse que as férias ocorreriam para a transferência da produção para os Estados Unidos. Na verdade a Boeing Brasil – Commercial (ou BBC para os íntimos), que é o nome da JV resultante do negócio, terá produção aqui no Brasil, em São José dos Campos. Se não me engano foi um dos pontos acertados no acordo, que a produção e os empregos devem ser mantidos aqui no Brasil.

    No mais, obrigado pelo conteúdo de qualidade apresentado nos programas, visto que está cada vez mais difícil encontrar fontes confiáveis de informações e notícias no nosso país.

  • Prezados Filipe e Matias,

    Sou um assíduo ouvinte e colaboro por aqui com vocês quando posso. Mais uma vez agradeço o excelente programa, parabéns! Aproveitando as eleições suíças ocorridas neste domingo, peço Vênia, para complementar as informações sobre o curioso sistema político suíço, que não foi mencionado no fronteiras invisíveis do Futebol sobre o País. Além do já famoso sistema de democracia direta com inúmeras consultas populares e da sua Confederação que da ampla autonomia aos Cantões (entes federativos), inclusive serviu de modelo utilizado em parte para a governança da União europeia. Cabe mais uma peculiaridade desse sistema.

    O sistema político do país estabelece um governo colegiado, com membros de todos os partidos majoritários. A Suíça é governada desde os anos 50 por um colegiado de sete “notáveis” refletindo as relações de força entre os principais partidos políticos e o Parlamento, denominado Conselho Federal, cada membro assume uma área do governo, sete “pastas” ou “ministérios”.Os membros são escolhidos pela Assembleia federal, composta por 200 deputados eleitos em pleito proporcional e 46 conselheiros dos Estados (senadores) representando os 26 cantões, eleitos pelo sistema maioritário em dois turnos.

    A cada ano, sistema rotativo, um membro do conselho federal torna-se Presidente da Confederação. O cargo não confere nenhum poder ou privilégio especial e o presidente continua a administrar o seu próprio “ministério”. Geralmente os quatro maiores partidos estão representados no governo, esse consenso político é conhecido como “formula mágica”, o que cria uma situação SUI GENERIS, praticamente não há oposição, apenas talvez dos partidos minoritários, já que os maiores partidos independentemente da posição política (situação e oposição) estão representados no governo e com funções executivas. Imaginem só, PSL, MDB, PSDB E PT, compondo um governo? Haja maturidade política para isso. Kkkkk

    abs

    Fonte: swissinfo.ch com adaptações.

  • Oi, Matias e Filipe, muuuuuuito obrigado pelo salve aqui pra Manaus, vocês são meus companheiros pelas tardes de trabalho. Manda uma salve pro Gavião do Norte, rumo ao 4 título do barézão [:

  • Torcendo aqui pro sucesso do correio elegante… mto legal vcs terem divulgado hehehe contem o desfecho da história por favor! forte abraço e parabéns pelo baita trabalho.

    PS: qual o nome da banda do matias?… (sou luthier especializado em manutenção e conserto e sempre escuto vocês enqto limo uns trastes. Se tu n entendeu pede pro matias que ele te explica oq é traste heahrehr)

  • Paulo Cesar Amorin Lopes

    Um grande abraço Filipe e Matias.

    Sobre Coreia do Norte x Coreia do Sul pelas eliminatórias da Copa, essa não foi a primeira vez que a seleções se enfrentaram pelo torneio. Nas eliminatórias para Copa de 2010 as seleções se enfrentaram 4 vezes. No entanto os dois jogos em que a Coreia do Norte era a mandante foram disputados em Xangai na China pois os norte-coreanos se recusaram a tocar o hino e hastear a bandeira dos vizinhos.

  • Olá Filipe e Matias, tenho duas dúvidas rápidas. Se os curdos e o governo sírio revidassem a Turquia, o Erdogollum poderia pedir ajuda da Otan? Se isso acontecesse o resto da Otan seria obrigada a ajudar contra a sua própria vontade ou antes disso tem reuniões pra decidir se foi um pedido valido ou não(como houve recentemente com aquele tratado envolvendo a Venezuela )?

    A segunda dúvida é uma que eu tenho há anos, se a Catalunha se separar como fica o campeonato espanhol!?

  • Quero deixar aqui registrado que ouvi um xadrez verbal inteiro de três horas na fila dos correios.
    Eles atrasaram minha encomenda e tive que buscar de manhã no galpão no fim da minha cidade por todo esse tempo, pra depois mudarmos o endereço pra só receber de tarde. Pelo menos eu realmente ganhei meu novo processador. Mandem um abraço pra Região dos Lagos

  • Estive ontem no congresso da OAB Londrina, com a palestra do Filipe e gostaria de ter ido, também, à UEL. Agradeço ao Filipe pela atenção e carinho com o público e parabenizo pela paciência com o cerimonial que antecedeu a sua fala. Um beijo no osso capitato.

  • Olá meus caros Filipe e Matias, ótimo este episódio, bastante esclarecedor. Queria, no entanto, deixar aqui uma pequena correção: o Eduardo Bolsonaro, diferente do que dito a partir dos 45:17, foi indicado para ser o líder do PSL na Câmara dos Deputados, e não líder do governo. O líder do governo na Câmara atualmente é o dep. Vitor Hugo.
    Abraços

  • Senhor Filipe, há algo que tenho que lhe esclarecer quanto ao perfil no Twitter que o senhor parece gostar que é o “Proposições que vão mudar sua vida”, cuidado ao lê-lo pois ele não é muito preciso quanto ao que diz, frequentemente as “ementas” das leis que eles citam e materias, quase nunca estão iguais às ementas originais dos projetos apresentados. Exemplo: PL 036/2019 de Manaus, a ementa do projeto no perfil diz “Proíbe a utilização de papelão em embalagens de pizzas.” Já no projeto original disponível no sote da Câmara de Manaus o projeto aparece com a seguinte ementa “Proíbe a utilização de papelão sem
    isolamento anti contaminação nas
    embalagens de pizzas e alimentos
    afins.” Ou seja não é totalmente acurada a informação da postagem. Essa discrepancia ou é intencional ou é fruto de uma falta de verificação das fontes sende necessario um fact checking e infelizmente ao endossar e propagar as informações erradas aqui no podcast incorre-se em Fake News.

  • Helver Bonilla García

    O que ganhou USA com a sua retirada as pressa? Uma outra vergonha na sua história deles.

    Matias e Filipe, vocês esqueceram-se de mim? Lembrem-se dos ouvintes no estrangeiro, que não somos brasileiros.

    Neste momento, Xadrez Verbal e os outros podcast de Central 3 também são ouvidos em Santiago de Cali, cidade onde agora eu estou morando.

    Em Bogotá tem gente que escuta o Xadrez Verbal. Eu estou a espalhar o magnífico trabalho de vocês.

    Vocês não somente faz um podcast sobre geopolítica. O Xadrez Verbal também ensina sobre economia, cultura e geografia. Alem disso, quero salientar que o sentido de humor de vocês é de primera classe.

    Felizmente, a língua não tem sido uma barreira.

    Obrigado a todos: Vivian Almeida (mulher linde e inteligente), Filipe, Matias e Central 3, em geral.

  • Rafael Marzall Zanotto

    Oi Matias… tu cometeste um erro ao falar do sistema D’Houndt… no 1h22m… este sistema é praticamente o mesmo que o Brasil usa… pena que não tenho como anexar imagens aqui…

    mas segue o link https://docs.google.com/presentation/d/1YiqfM9EuTs7YCvU83y95GloZpw2ihr_MaozTAIGYeGE/edit?usp=sharing

    no slide 171… tem um comparativo entre os modelos de distribuição de cadeiras para RJ – 2014 – Dep. Federais… fazendo comparação… e usando os mínimos quadráticos para ver quais deles é o melhor…

    se ficares com alguma dúvida… me chama no whatsapp… tem no meu instagram… rafael_m_zanotto…

    E quando aparecerem por Porto Alegre… faço uma pizza artesanal e um pudim… para os dois…

    um abraço

    Rafael Zanotto

  • Matias,
    Salsicha só é Vina em Ctba e região metropolitana, sou paranaense (do oeste), e só fui descobrir que salsicha podia ser chamada de vina quando fui morar em ctba (com 17 anos).
    Abraço

  • Caros Matias e Filipe.

    Ao falar sobre o recém eleito presidente da Tunísia, vocês disseram que este era professor de Direito Constitucional e, portanto, funcionaria como presidente por entender das leis.

    Só queria deixar aqui o recado que Michel Temer também é um constitucionalista com diversas obras publicadas (inclusive tive a infeliz missão de ler uma obra do excelentíssimo por indicação de um professor do 2° período).

  • Jônatas Oliveira Lemos

    Olá Filipe e Matias,
    Mal consigo descrever qual foi minha surpresa ao perceber que a música de encerramento seria do King Crimson. Nunca fui de fazer comentários, mas a referência a minha banda preferida no meu podcast preferido foi demais para mim.O Xadrez Verbal é parte integral das minhas semanas desde o início de 2017. Continuem fazendo este excelente trabalho!
    Abraços!

  • Olá Filipe e Matias,
    Primeiramente, excelente programa como sempre (e também excelente escolha de música para o encerramento). Só queria mesmo pedir um salve para os meus colegas de trabalho Hygo e Marcos, que descobri recentemente que também escutam o Xadrez Verbal e o Fronteiras Invisíveis do Futebol. Inclusive, se houver mais capixabas que ouçam o Xadrez e o Fronteiras, manifestem-se! xD

    Abraço!

  • Sobre o comentário feito pelo Felipe, que o Matias é um consumidor de camisas de time, eu compartilho do mesmo mal (ou bem). Em uma visita a Buenos Aires rodei para achar uma loja que vendesse camisas de times menores. Sai com exemplares do Platense e do San Martin de Tucumán, que no ano passado jogou a serie A do Argentinão. Gostaria de dar os parabéns pelo belo trabalho realizado tanto no Xadrez Verbal quanto no Fronteiras Invisíveis companhias diárias no trajeto de trem para o trabalho aqui no Rio de Janeiro.

  • Meu caro Filipe,
    Você disse que húngaro não tem ligaçao com nenhuma outra lingua, porém esta tem ligaçao com finlandês e estoniano (as chamadas linguas fino-úgricas). Era uma mesma tribo na epoca da migraçao, mas uns resolveram ir pro sul e outros pro norte.
    Inclusive rola uns falsos cognatos engraçados entre as linguas. Enquanto PERSE em Hungaro significa “é claro”,em estoniano e finlandês o mesmo sigifica “traseiro”, hehehe

    https://dailymagyar.wordpress.com/2014/05/29/perse-persze/

    saudações brasileiras aqui na Estonia!

  • Olá, Filipe.
    Uso a técnica de escutar o programa aos poucos ao longo da semana e acabei perdendo o aviso de que você estaria na UEL na segunda (ouvi o último bloco apenas hoje, quinta-feira)…uma pena.
    Acabei te encontrando no corredor e te abordando sem mais nem menos no meio de todo mundo. Tive que te tietar qdo ouvi a voz conhecida num lugar improvável
    Desculpa aí, vc pareceu meio assustado (rsrsrs). É que a gente passa a semana toda ouvindo a sua voz e acaba esquecendo que vcs não conhecem a gente.

    Só pra constar, Matias, em Londrina se fala salsicha mesmo (a gente tá mais pra interior de SP do que Paraná) hahaha

    Por favor, mandem um abraço pro meu pai, que escuta o programa comigo pela manhã. O nome dele é Antonio.

    Obrigada, Abraços!

  • Adorei o correio elegante!

    Queria fazer um pedido sobre um assunto para voces: Boaventura de Sousa Santos estava no Brasil (ou ainda esta) para participar de um evento da Anped e fez uma fala sobre o Brasil ser o proximo pais da America Latina a ter uma “convulsao social”. Essa fala chamou atencao e alem disso ele veio falar sobre o novo livro dele sobre educacao. No livro, ela fala de uma educacao eurocentrica imposta a nos, e alem disso, uma educacao neoliberal. Acho que esse contexto de uma educacao para criar empreendedores em ambientes onde falta estrutura e um bom assunto para ser explorado no Gambito da dama, uma vez que ele trata das relacaoes entre educacao e economia da contemporaneidade.

    Fica ai o pedido/sugestao, mas sei que ha muito assunto e pouco tempo de programa! De qualquer forma, obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.