Xadrez Verbal Podcast #162 – Sauditas e América Latina

Chegou no seu feed mais uma edição da sua revista semanal de política internacional em formato podcastal! Matias Pinto e Filipe Figueiredo recebem novamente Marco Gomes, que comenta os tentáculos sauditas em investimentos de tecnologia e bancos por aí. Será que você pegou emprestado uma grana saudita e não sabia?

Passamos aqui na América Latina, do México ao Chile, do Rio Grande à Terra do Fogo, com notícias sobre imigração, economia e direitos humanos. Vamos de novo ao Oriente Médio, falar das últimas notícias do caso Khashoggi e outras informações da região. Giramos pelo mundo, economia com a professora Vivian Almeida, a semana na História, peões da semana e dicas culturais fecham mais um podcast do Xadrez Verbal!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Site da Editora Contexto

Em breve

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Minutagem dos blocos, cortesia dos financiadores do Xadrez Verbal

00:11:28 Giro de Noticias #1 00:28:30 Coluna Aberta – Marco Gomes 00:45:30 Efemérides 00:50:50 Match – America Latina 01:17:20 Cheque – Caso Khashoggi  01:39:20 Gambito da Dama – Economistas na grande mídia 01:51:40 Giro de Noticias #2 02:10:30 Peões da Semana 02:15:10 Sétimo Selo

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

Anúncios

33 Comentários

  • Alexandre Malinoski

    Qual a música do 7°selo?

  • Filipe eu gosto muito do seu programa, sempre interagi com você no Twitter e por algum motivo, recentemente aparentemente você me silenciou, o que admito ter me deixado triste.
    Mas falando sobre a questão da Patricia Campos Mello, ela é uma jornalista que eu sempre admirei, mas de fato a matéria dela foi vaga e muito impactante no nosso processo eleitoral, em meio a um período onde notícias vagas e falsas estão cada vez mais frequentes. Junte a isso o fato de vários indícios similares contra o opositor do denunciado terem passado ilesos, não é de se estranhar que ela fosse confrontada. Além do mais, os grandes influenciadores pró Bolsonaro não foram violentos contra a figura da jornalista, em sua maioria pediram prova do que estava sendo publicado.
    Eu sou totalmente a favor da liberdade de imprensa, inclusive acho que certas mídias alternativas que servem de auto falante para certos partidos/ideologias devem seguir existindo, mas é complicado a imprensa poder falar o que bem entende e não poder sequer ser questionada.

  • Francisco Das Chagas Sousa Lima

    Teresina também é uma cidade planejada. Inclusive é a primeira cidade planejada do Brasil…

  • Sobre a legalização da maconha aqui no Canadá, na lei federal não tem restrição a estrangeiros, mas a princípio alguma província ou mesmo municipalidade pode ter restrições mais rígidas. Em qualquer caso, já faz tempo que jovens americanos vêm pro Canadá para aproveitar que a idade para consumo de álcool é mais baixa do lado de cá da fronteira, provavelmente vai só diversificar o turismo.

    Parabéns pelo trabalho!

    • Aliás, olhando a lei, tem um parágrafo no Cannabis Act dizendo que vale também para a rainha. Se ela estiver entediada e quiser dar uma “viajada”, pode vir para os domínios americanos. Achei um detalhe curioso.

  • Escutei os últimos episódios em sequência, e peço desculpas se o tema da pergunta que faço foi abordado não nesse mais recente. Sobre o Brexit, provavelmente trivial para todos, mas eu não entendo : Por que a chamada “ hard border “, em um cenário de saída do Reino Unido da UE sem acordo ou com acordo conservador, entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, necessariamente causaria o aumento da violência local ?
    Sou um grande fã do programa, parabéns pelo ótimo trabalho que não encontra pares da mesma qualidade no Brasil. Grande abraço

    • Boa noite, venho seguir seu convite para deixarmos dúvidas e sugestões sobre questões pertinentes ao site. Novamente sobre o Brexit, gostaria de sugerir a produção de algum conteúdo breve ( até mesmo 1 minuto comentado no Podcast seria de inenarrável valor ) sobre o impacto dos cenários ( Hard Brexit e Soft Brexit ) no Brasil. Gostaria, agora, de pedir uma relação ou gama de fontes e referências para o assunto. Já assisti os vídeos do Xadrez Verbal e o do Nerdologia de História, já fui em cada uma das fontes presentes nos vídeos e também tenho como referência o ” The Guardian’s Brexit Means Podcast “, porém estou me dedicando para me aprofundar no tema e estou aceitando avidamente indicações de qualquer sorte. Muito obrigado e novamente parabéns pelo trabalho, nunca parem. Abraços

  • Esse episódio vai ser suficiente pra eu jogar umas 4 partidas de lol ouvindo!

  • Bruno Leonardo Amorim

    Olá Filipe e Matias.
    Programa sensacional! Acho irônica a lógica de “Ah! Ele nos atacou, então vamos esquarteja-lo em legítima defesa”.
    Além disso, sobre o comentário do Filipe sobre veículos aéreos serem mais suscetíveis à gravidade ao transportar uma autoridade brasileira, lembro que aqui em Alagoas, três ciclos eleitorais atrás, um helicóptero transportando o então candidato ao governo de Alagoas e o Senador Alagoano, então Presidente do Senado, caiu durante o procedimento de pouso em Arapiraca. E, para felicidade de poucos e tristeza de muitos, não ocorreu nada grave com os mesmos.
    E como o Filipe teve um pouco de dificuldade na pronúncia de um nome japonês, e o problema fica mais grave com outras línguas “estranhas”, eu recomendaria jogar o nome no tradutor daquela inteligência artificial disfarçada de site de busca pois, apesar da tradução ali ainda sair bem bugada, em questão de pronúncia, até hoje não encontrei falhas quanto a pronúncia de outros idiomas.
    Por fim, agradeço por continuarem a elucidar a minha mente nas mais variadas tretas da política internacional que até pouco tempo eu não dava importância (se bem que devo dizer que fiquei com a sensação que um Xadrez Verbal em que Mike Pompeo não seja chamado de Sesc Pompeia, é um Xadrez Verbal incompleto).

  • Bom crepúsculo, Filipe e Matias! Primeiramente, excelente programa, como sempre!

    Acrescentando um pouco sobre a questão mencionada sobre o WWE nos bloco dos peões, a Linda McMahon não é presidente do WWE feminino (ela trabalhou no WWE de 1980 até 2009, quando saiu para se candidatar ao Senado, concorrendo pelo partido republicano em 2010 e em 2012), e ocupa no momento o cargo de administradora da Small Business Administration (SBA), agência governamental que auxilia empreendedores e pequenos negócios. Ela é esposa do Vince McMahon, bilionário e CEO do WWE desde 1980, e um amigo de Donald Trump (os McMahon doaram milhões para a instituição de caridade do Trump e para a campanha dele, além do Trump ter participado de alguns eventos do WWE, mais notavelmente o Wrestlemania 23, a fonte daquele gif onde o Trump espancava a CNN).

    O primeiro show na Arábia Saudita, que ocorreu no final de abril, foi criticado principalmente pela questão da falta da presença das lutadoras do WWE. Durante o show, apareceu um comercial onde uma lutadora apareceu e causou bastante reclamação de alguns sauditas, que consideraram como “material indecente”. Além disso, um lutador de ascendência síria, o Sami Zayn, não participou do evento, embora não se saiba se foi por decisão dele ou se foi uma decisão por parte dos diretores/acionistas do WWE ou até dos sauditas.

    Recentemente, o WWE anunciou o segundo evento na Arábia Saudita (chamado Crown Jewel), que irá acontecer dia 02 de novembro, 4 dias depois do Evolution, o primeiro evento somente com lutas femininas, o que causou algumas ponderações sobre estarem fazendo um evento totalmente feminino somente para evitar críticas da falta de presença das mulheres no Crown Jewel.

    Nos últimos dias, saíram algumas notícias de que os lutadores não estão muito a fim de trabalhar no evento, mas os acionistas e diretores querem mantê-lo, a menos que o Departamento de Estado diga que o evento não deve acontecer. No momento, o WWE removeu todas as referências à Arábia Saudita, embora continue promovendo o evento.

    Considerando a quantidade de dinheiro envolvida e toda a história da hipocrisia do WWE, a chance do evento não acontecer é 0, a menos que o Departamento de Estado diga o contrário, o que eu duvidaria, dada a amizade dos McMahon com o Trump.

    Abraço!

  • Boa noite, Matias e Filipe. Parabéns pelo trabalho neste podcast. Acompanho vocês semanalmente aqui de Guadalajara, México, onde moro.

    Gostaria de fazer uma correção (humildemente) sobre uma informação referente ao assassinato da Marbella Ibarra. O termo “Xolas” se refere ao mascote da equipe de Tijuana, o cão mexicano da raça Xoloitzcuintle (leia-se choloscuíntle). Os “Xolos” de Tijuana (aquele time que quase eliminou o Atlético Mineiro da Libertadores de 2013 nos pênaltis) são a equipe masculina e as “Xolas” são a equipe feminina.

    Equipe essa que pertence a um grupo econômico bastante “controverso”, cujo dono é um político (do PRI…que surpresa….), proprietário da maior empresa de apostas do país. Seria muito interessante se vocês pudessem falar sobre o futebol mexicano.

    Forte abraço

  • No proximo programa voces poderiam comentar sobre o Dana Rohrabacher que mandou um oficio pro Mike Pompeo dizendo que a Venezuela, Hezbolllah e o Irã estao querendo matar um certo candidato srsr
    Parabens pelo programa

  • Boa tarde. Gosto muito do programa de vocês e gostaria de sugerir que sempre fossem indicada bibliografia sobre algum dos temas abordados no Podcast. Valeu! O podcast Xadrez Verbal é excelente.

  • Grandes Matias e Filipe! Um salve partindo de Lisboa e parabéns pelo podcast, é fabuloso.

    Matias, grande escolha o 7° selo desse programa, que com a apresentação (mesmo sendo interrompida pelo Filipe hahahaha) ficou ainda melhor. Inclusive descreveu com o que sinto em relação ao Dylan =P

    Quando falou que All Along the Watchtower é uma música tema de várias produções que retratam a época da música, lembrei da série The Yong Pope que não retrata, mas que usa a música na sua abertura e, pra mim, foi um dos seus melhores usos. Aliás, a trilha sonora da série é uma maravilha. A série é do Paolo Sorrentino e com um elenco muito bom. Recomendo.

    Grande abraço

  • Fala Matias e Filipe.

    Moro no Canadá/Montreal e sou ouvinte assíduo de vocês. Adora política internacional e ouço todos os Podcasts enquanto faço a faxina e lavo a louça… sim sou um homem prendado.

    Grande abraço e continue com o excelente trabalho!!!!

  • Olá Filipe e Mathias,
    Meu nome é Antonioni, sou um assíduo ouvinte de Paudalho/PE, onde sempre apresento o programa às pessoas. Tenho um problema de adição em podcasts e já acompanhei mais de 20. Hoje, por questões de tempo, só acompanho religiosamente esse hebdomadário. Mesmo discordando das opiniões às vezes(38% das vezes), considero um trabalho de excelência. Gostaria que vocês mandassem um salve para minha esposa Amanda Karolina(a Samurai de Paudalho) e para meu filho Bernardo(o Macho Velho). Grande abraço!

  • Oh Filipe, obrigado por ler meu comentário do podcast passado rsrsrsrsrs. Eu avisei que a Arábia Saudita é o pragmatismo ao inverso mesmo rsrsrsr.

    É difícil, mas não creio que vão isolar a Arábia Saudita por causa desse assassinato do jornalista.

    Aproveitando a vitória de Gibraltar sobre a Armênia na Liga das Nações, e como esse território é reivindicado pela Espanha, você sabe se a Argentina e Espanha votam conjuntamente na ONU sobre questões de reivindicações de Gibraltar e das Ilhas Malvinas?

    Como a Argentina reivindica sua soberania e posse sobre as Malvinas, eu fiz essa relação porque a Espanha também reivindica posse sobre Gibraltar e se os 2 países apoiam a reivindicação de cada um.

  • Olá, bom podcast, parabéns! Com relação ao desaparecimento do jornalista e suposto assassinato a mando do MBS, acho um bocado estranho todos estarem depositando toda a confiança no que vem sendo dito pelos investigadores e governo turcos. O projeto de ditador tão criticado no Xadrez Verbal, Erdogolum, “virou do bem” e de confiança, frente ao MBS e Trump. Não podemos esquecer que ele desapareceu em solo Turco e que a suposta existência de gravações em audio em posse do governo turco são agora um grande trunfo que podem ser melhor utilizados que a prisão do pastor agora liberto. Não seria muito conveniente que o próprio governo turco tenha feito esse serviço sujo, cheio de provas em vídeo e audio, para incriminar os EUA e Arábia Saudita? Abraços!

  • Fala Filipe e Matias.
    Queria deixar os parabéns pelo programa, e aproveito para deixar um salve para os meus amigos Xandy Negão e Eddy Snake pelo fato de quando vamos compartilhar vídeos, memes e imagens bizarras entre a gente, nós nomeados como “dica cultural”!

    btw, FICO feliz de poder superar o medo de vcs embarcarem muito em assunto de futebol (que não acompanho) e estou curtindo muito o fronteiras ♥

    Abraços
    Zabuzeta (vulgo André Luis Pinto)

  • Oi, queridos Filipe e Matias. Como eu sou a ouvinte goiana mais enxerida desse podcast, gostaria de agradecer aqui, em nome da goianada toda, pela lembrança e o abraço no último programa por ocasião da efeméride do aniversário da fundação de Goiânia, essa cidade maluca, planejada para 50 mil pessoas mas que hoje abriga mais de 2 milhões. Ou seja, planejamento não era o forte dos interventores varguistas da década de 30. Um abraço para vocês.

  • Acho que isso devia ser comentado no proximo episódio, deve ter sido muito humilhante pro filho do jornalista assassinado ter que ir receber as condolencias (por livre e espontanea pressão)do homem que mandou matar o seu pai!

    https://external-preview.redd.it/LRbv3sGhJsW7gyRJbt_r2OaMRPdvll6ND9cSvpiQbmU.jpg?width=1024&auto=webp&s=df64d40536ed5c5137559df9815d671c0947bd4f

  • thiago conhasca bittencourt brasil de barros

    Olá Filipe e Matias, eu sou um voraz apreciador de seus podcasts Xadrez e Fronteiras. É a primeira vez que entro em contato com voces, e gostaria de tirar uma dúvida. Quem sabe pode ser respondido em um programa do Xadrez?
    Posso estar enganado, mas acredito que toda a América foi colonizada pelos europeus, e até onde sei, praticamente toda Europa tem como forma de governo algum tipo de Parlamentarismo. A minha dúvida é, quando surgiu o Presidencialismo e como/porque praticamente toda a América tem como forma de governo o Presidencialismo?
    Um beijo no hioide de voces.

  • Olá queridos vou dessa cidade icônica/irônica para o Brasil, Juiz de fora!
    Acompanho vcs a muito tempo, ainda forço o boy a escutar já que foi ele que me fez interessar por política internacional!
    Vcs são minha companhia quando estou ilustrando e nas tarefas domésticas! Continuem o ótimo trabalho!
    Queria recomendar muito a série Turismo macabro da netflix!
    Aliás fui em SP no último feriadão, adoraria entregar um pote de doce de leite de minas para vcs, mais vcs preferem o uruguaio… Snif

  • Bom dia, Felipe e Matias!
    1º – Admiro o trabalho de vocês, é fantástico que temos algo como o podcast de vcs.
    2º – Vejo que vcs tem um cuidado todo especial quando fala da política brasileira (consigo compreender os motivos), porém nos últimos programas vejo um tendência em repercutir as partes negativas de apenas 1 candidato. Fico pensando, será que o outro candidato não comete erro iguais ou até piores dignos de ser repercutido por vocês?

    Independente da posição política de vocês, continuo admirando esse trabalho. E me senti à vontade para levantar a questão por saber que vocês consideram os comentários e tentam sempre esclarecer os fatos. Muito Obrigado!

  • Sandro Ricardo De Souza

    Oi. Parabéns pelo ótimo programa. No final do podcast vocês falaram do Paul Allen, um dos criadores da Microsoft, indicando o excelente filme “Piratas de Silicon Valley.

    Gostaria de complementar a sugestão com o livro autobiográfico, do Paul Allen, lançado no Brasil pela editora Campus com o título “Paul Allen: o homem por trás do mito” (título original: Idea Man). No livro, Paul fala sobre a história da Microsoft sob seu ponto de vista, a fase em que descobre que tem o linfoma de Hodgkin, além de suas últimas aventuras.

    Mais uma vez, parabéns.

    Abraços,

    Sandro.

  • Aproveitando a deixa do Marco Gomes sobre o MBS, mais uma notícia que relaciona política e futebol: a mídia inglesa, incluindo o The Mirror, vem veiculando a notícia de que o monarca saudita estaria interessado em comprar o Manchester United (o Manchester de verdade) por 4 BILHÕES DE LIBRAS, de longe o valor mais alto já pago por um clube de futebol.

  • Mandem um abraço para seus ouvintes da engenharia química da UNICAMP, recentemente descobri mais um colega que ouve o podcast! Grande abraço !

  • Caros Matias e Filipe, bom crepúsculo.
    Meu nome é Frank Toogood, e é assim mesmo que se escreve, com quatro ós. Apesar do nome, sou Itatibense, tenho 60 anos, e trabalho atualmente como funcionário público. Sou ouvinte do Xadrez Verbal desde os primeiros programas, nem lembro mais de qual, e que é, como dizem por aqui, um podcast muito, mas muito bão. Minha admiração por vocês me levou, somando com mais 17 motivos, a voltar aos bancos escolares, e atualmente estou cursando Bacharelado em História, não por profissão mas por curtição.
    Faço com um certo atraso um comentário sobre a noticia, veiculada no New York Times, de que alguns oficiais anônimos das Forças Armadas Venezuelanas estariam se reunindo com agentes americanos, para conspirar a derrubada do governo Maduro. O Filipe previu que isso faria um forrobodó geral na Venezuela, e em especial nas cúpulas militares, com um apontando o dedo para o outro, com possíveis expurgos.
    Ora, lembremos que os EUA são especialistas em desinformação, talvez menos que a Rússia e Israel, mas mesmo assim fazem um bom trabalho ( suponho eu … a sacada da desinformação bem feita é a de que a gente nunca ficará sabendo…). Acredito ser relativamente simples ( e barato) plantar esse tipo de notícia na mídia e depois ficar “se rindo” das consequências e desdobramentos na Venezuela.
    Um abraço aos dois e permaneçam assim, informando com qualidade.
    Frank Toogood

  • Filipe e Matias venho até vocês com uma duvida (lek), historicamente o impeachment da Dilma em 2016 poderia ser considerado um golpe?, já que foi interno ao aparelho estatal e não houve uma grande ruptura.

  • Caros, tempos atrás escrevi um comentário megalomaníaco e – por provável incompetência minha – ele não foi publicado. Mesmo tendo o assunto das Coréias dado uma esfriada, vou tentar de novo por querer participar..!

    Claro que é muito difícil (para não dizer impossível) saber o que de fato de ocorre na Coreia do Norte mas, tendo em vista que grande parte da legitimidade do regime advém de um discurso de oposição e proteção contra as ameaças vindas dos EUA e da Coreia do Sul, qual é a provável narrativa da ditadura aos cidadãos para a aproximação com seus inimigos? No médio prazo, esta “harmonia” não coloca em risco a sustentação do regime? Pessoalmente, não acredito nesta aproximação e, muito menos, na desnuclearização da península… Mas esse sou eu… Como Kim vai conciliar internamente, discurso e prática? A população Norte coreana sabe desta aproximação?

    Jovens, desde que vos descobri troquei meus amigos pelos fones de ouvido. Não me arrependo. Beijo

    Allan

  • Muito boa a participação do Filipe no último Anticast… Só queria saber que cigarrinho era aquele que a moça tava fumando, pq ela tava numa vibe só dela kkkkk Grande abraço

  • AQUILA BARROS NOGUEIRA

    Estou chocado!
    No meio de uma época tão complicada, com tanta censura e tanta fake news, você que eu acreditava serem um veículo sério ignoraram solenemente uma notícia seríssima e de tamanho impacto para a história do país, provavelmente apenas para evitar ter de se posicionarem abertamente em relação a essas eleições. Vergonha.

    Estou falando, naturalmente, da notícia de que o menino Ney e sua namorada Bruna Marquezine terminaram sua relação, notícia amplamente divulgada na mídia internacional respeitável.

    Vocês que adora dizer que não tivemos nada do menino Ney, quando temos um furo de reportagem desses, preferiram ignorar os fatos. E tudo isso porque eles brigaram por política, o que poderia ser um tema espinhoso em meio a um programa tão verborrágico!!!

    Voltando ao normal, estou adorando o podcast. Começo a me sentir um ouvinte de verdade agora que vocês trazem temas que já foram repercutidos em outras edições e eu consigo identificar antes que vocês comentem que já falaram disso.

    Fiquei feliz de terem mandado um abraço. Estou sim morando no Rio, e quem me avisou que leram meu comentário foi meu amigo Dênis Melo, que acompanha o podcast há mais tempo que eu. Mandem um abraço pra ele também, e divulguem sua mais nova HQ Teocrasília, que trata de uma distopia em que o Brasil passa a ser governado por religiosos implacáveis. Não faço ideia de onde ele tirou essa ideia.

    Acho que é isso. abraços e até a próxima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.