Fronteiras Invisíveis do Futebol #61 – Especial Copa IV

Último programa especial de Copa do Mundo! Matias Pinto e Filipe Figueiredo partem do fim da Guerra Fria e da União Soviética. O fim da História? Uma era de otimismo nos anos 1990, com preocupações ambientais, o início da chamada Globalização, a expansão da internet, roupas coloridas, Saddam Hussein, a democratização no leste europeu, a União Europeia, a consolidação chinesa e, principalmente, Street Fighter II.

Vamos das Copas do Mundo de 1994 até 2010, virando o século enquanto passamos por mais um aumento do número de participantes, estreantes, artilheiros e a consolidação do modelo de mega-evento. Daí vamos para o século XXI, que começava promissor e tudo mudou no dia 11 de Setembro de 2001. A Guerra ao Terror colocava o Choque de Civilizações na mentalidade internacional, assim como o medo do terrorismo e de pandemias. Ao menos foi o início do podcast! Dê play no seu podcast de História!

Referências no programa

Livro Pós Guerra, de Tony Judt

Livro Carlos Magno, de Jean Favier

Documentário We are young, we are strong

Documentário June 17th, 1994

Livro O Novo Século, de Eric Hobsbawm

Música Aquarela do Brasil, pelos Três Tenores

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa.

Assine um dos feeds do Fronteiras Invisíveis do Futebol e não perca nenhum programa: feed RSS, feed do iTunes e feed Player.FM, feed Deezer e feed Pocketcast

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, confira o restante da programação aqui.


assinatura

Filipe Figueiredo, é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

botãocursos

Anúncios

15 Comentários

  • O nome do, por vosmecês cunhado, “filme horroroso” é “Armadilha” –no original “Entrapment”. Venho discordar frontalmente de vossas senhorias, defendendo a honra deste filme maravilhoso que, além de apresentar um casal quebrador de paradigmas etários, tem uma cena linda de sensualidade e dança performática evitando lasers de segurança.

    No mais, muito obrigado por mais um excelente programa.

    Forte abraço.

  • Eu tive um conjuntinho verde florescente e meu irmão um laranja nos anos 90 que parecia que acabávamos de chegar de chernobyl. Canelada violenta, o Playstation não foi o primeiro console com CD, tiveram outros antes como o Neo-Geo, Sega Saturn, 3DO… É considerado o primeiro a usar CD o Turbografx-16 porem necessitava de um add-on para CD . Vocês esqueceram de citar a maior propaganda da guerra anti-terror que foi a série “24” chegando ao cumulo de ter Kiefer Sutherland dando uma palestra anti tortura para as forças armadas americanas devido a grande influencia da série nos cadetes e recrutas.

  • de uma certa forma o Brasil está recebendo também muitos professores universitários hoje da Venezuela… eu fico chateado pq não estamos usando essa mão de obra especializada pra fortalecer nossa indústria, escolas secundaristas e universidades (tipo paperclip) por causa também da nossa economia andando de lado nesses últimos anos…

  • Olá Matias e Filipe! Primeiro gostaria de elogiar o trabalho que vocês fazem e dizer que sempre divulgo o maravilho trabalho feito por vocês. Vocês ficaram em dúvida sobre a autoria da música “Fora da Ordem” e citaram Gilberto Gil, ele tem uma música chamada “O Fim da História” e dialoga com a tese de Fukuyama. Aprendi isso na aula “História das RI” no IRI e achei interessante compartilhar com vocês (: *Eu tentei comentar na aba do player, mas não creio que o comentário não foi enviado*

  • David Onezio Moraes

    Copa de 2006 foi a primeira que eu me lembro, logo o melhor meia que eu já vi jogar foi Zinedine Zidane, destruiu o Brasil na copa, deu chapéu no Ronaldo, para meu delírio, infelizmente perdeu a cabeça e deu uma cabeça no Materazzi. Inclusive esse lance e tão foda, que em 2009 a molecada tava me chamando de cabeçudo, reclamei com a professora e ela me mandou fazer que nem o Zidane, dar uma cabeça neles.

  • Parabéns pelo programa. Conheci ele pelo xadrez verbal, que conheci devido ao nerdologia. Agora estou viciado. Já ouvi vários outros. Tô até querendo largar a biologia e fazer história.

  • Dizem que Cassiopéia, filme brasileiro de 1994, foi a primeira animação 100% digital da história do cinema , antes de Toy Story .

  • Deixei para comentar depois de ter ouvido toda a série e não posso dizer outra coisa que não seja: Que lindeza, senhores!
    Não me canso de divulgar o podcast e elogiar a qualidade do que vocês produzem, inclusive corrigindo de forma aberta e honesta possíveis equívocos quando são apontados.
    A série, de forma específica, me ajudou a refletir sobre algumas frustrações de quando cursei a disciplina Contemporânea 2 na faculdade de História e também me ajudou a ter um monte de ideias para as minhas futuras aulas de História Geral nas turmas de 9º ano, rs. Beijos. Vocês são foda.

  • Há quem diga que o filme brasileiro ‘Cassiopeia’ teria sido o primeiro filme 100% digital, já que ‘Toy Story’ teria usado técnicas de rotoscopia. Mas quem consegue competir com a Pixar?
    Muito obrigado por essa série épica. Parabéns mesmo.

  • Olá Matis e Filipe, sem duvida essa série é um presente para os amantes da história contemporânea. Além disso eu espero muito um fronteiras invisíveis do futebol sobre a Alemanha, que precisaria de no minimo duas partes devido ao tamanho da história desse país. Parabéns pelo trabalho de toda a equipe, é um trabalho de quem sente amor pela história.

  • Adorei o especial e a breve menção ao Age Of Empires me fez querer baixar de novo o jogo hehe

    Adoraria um programa sobre a Croácia, ainda mais com essa participação histórica na copa. Já estiveram em mais semifinais que os espanhois! Um programa sobre o Senegal ou o Irã também seriam muito bem recebidos!

  • Croácia na URSS também foi “citada” na transmissão do SPORTV de Croácia x Inglaterra, se não estou enganada…

  • Pingback: FUTEBOL, HISTÓRIA E GEOPOLÍTICA – Ativando Neurônios

  • Adorei o Fronteia Invisíveis do futebol foi uma máquina do tempo e fazer maratona dos outros programas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.