Xadrez Verbal Podcast #103 – G-20, América Latina e Iraque

Após a conclusão da cúpula do G-20 de 2017, fazemos um balanço dos principais encontros, temas e do documento final, que não contou com a assinatura de Michel Temer. Especial atenção ao encontro de mais de duas horas entre Putin e Trump, a primeira conversa olho no olho entre os dois líderes. Aproveitamos e repassamos também a passagem de Trump pela França, com o desfile do Dia da Queda da Bastilha, uma pequena gafe com a Primeira-dama francesa e um aperto de mão bastante demorado.

Giramos pela América Latina, do México até a Argentina, passando por Venezuela e a prisão domiciliar de Leopoldo López, Colômbia, Peru e Chile. Mais abrangente que isso, só as doações da Odebrecht! Com a libertação de Mossul pelo exército iraquiano, quais os desafios e o futuro do país, combalido por guerra, refugiados, terrorismo, divisões sectárias e falta de histórico democrático? A semana na História, os peões, dicas culturais e uma raquetada de Andy Murray fecham mais um podcast do Xadrez Verbal!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Livro Diplomacia, de Henry Kissinger

Documentário 1917, a Greve Geral

Texto aqui no Xadrez Verbal sobre os 25 anos da Guerra do Golfo

Site do curso Temas contemporâneos de segurança internacional: ferramentas de análise, do Grupo de Estudos de Defesa e Segurança Internacional (GEDES) do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas (UNESP-UNICAMP-PUC/SP)

Música Love Gun, do Kiss

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.

Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

Anúncios

14 Comentários

  • Thor Gabriel Martins

    Saudações da Espanha e de mim que mesmo de férias não deixo de ficar antenado do que acontece no mundo pelo xadrez verbal. Espero que algum dia façam um programa especial ou sei lá o que detalhando a história do Cemitério de Impérios( que é um nome muito legal) é o por que do Afeganistão ser chamado assim ou se esse pais se quer merece tal nome.Muito bom programa como sempre é espero que continue assim.

  • Olá Flilipe, só para informar que o Kung-Fu Panda é da DreamWorks, não da Pixar como comentado.

    Obrigado pelo programa semanal, sempre o melhor cast da sexta-feira!!!

  • Gosto muito do Xadrez Verbal e do clima de brincadeira com que vocês apresentam o programa, mas preciso dizer que pegou muito muito mal o comentário do Matias dizendo que “não é apologia à viadagem”.
    Soou como se viadagem fosse denegridor de caráter, uma característica feia ou errada.
    Qual é o problema em fazer apologia à viadagem? Viadagem deve ser repreendida? Deve ficar no armário?
    Será que o programa é realmente a favor de direitos iguais?
    Soou homofóbico, heteronormativo e machista.
    Seria melhor ter apenas dado a notícia.

    • Lucas, considerando o espaço que damos para temas LGBT, o último questionamento é até injusto.

      Além disso, o recado tinha endereço. Nas ultimas semanas recebemos três mensagens (email, comentários) de pessoas contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo que deixariam de nos ouvir por fazermos “apologia da viadagem”. Essa polêmica foi citada em programas anteriores

      Ao mesmo tempo que é compreensível que você não saiba do que acabei de descrever, mantenho que o tom dessa cobrança feita em público foi injusta

      • Oi Felipe. Ouço e admiro o programa há algum tempo(de fato perdi os últimos) e sei que vocês dão bastante espaço e tratam com carinho a pauta sim, por isso fiquei surpreso com o comentário.
        Sei que o objetivo de vocês não era de serem homofóbicos, talvez tenha me exaltado ao usar essas palavras e encaminhado a conversa para uma polarização.
        O que eu buscava dizer é que apesar de entender agora que havia um objetivo bom na ressalva, fora de contexto soou estranho.
        Comprar a briga sobre ser ou não “apologia à viadagem” de quem fez as críticas ao programa talvez não tenha sido o melhor caminho para dar uma resposta respeitosa.
        Para tentar ser construtivo, o que eu gostaria de sugerir é que talvez não seja um mérito que vale a pena se explicar se é “apologia à viadagem” ou não? Não acho que seja uma pauta produtiva. Porque o que se dá a entender ouvindo a ressalva no programa é que o errado seria fazer essa apologia.
        Além disso, embora tenha sido uma citação, o termo “viadagem” foi usado pelas primeiras pessoas que criticaram o programa de forma claramente pejorativa. Entendo que foi uma resposta à essas pessoas, mas mesmo assim me parece que não é uma palavra respeitosa de se usar.
        Por fim, continuo admirando o programa, seu bom humor e seu cuidado ao tratar com temas polêmicos, e vou continuar ouvindo e indicando para amigos.
        Abraços!

    • Entrando no clima de problematização foda,concordo com o seu comentário, mas denegrir também nao deveria ser visto como algo negativo. Qual o problema de enegrecer algo? Devemos enegrecer nossas mentes e destruir a falsa relação dicotomica onde bom é
      Branco e o mal é negro.

  • Olá! Obrigada pelo programa, sempre meu companheiro nas andanças por aí! Gostei muito da coluna sobre a história do Iraque e deixo pra vocês um conhecimento (quase) inútil sobre o reino do Iraque, o atual Alto Comissário da ONU de Direitos Humanos é um diplomata e príncipe jordaniano chamado Zeid bin Ra’ad al-Hussein, que é o aparente primeiro na linha de sucessão do trono do Iraque, o herdeiro na prática, pq o pai dele é bem velhinho.. fiquei pensando que se tivesse uma reviravolta e o Iraque voltasse a ser um reino, talvez fosse vantagem pra região ter um monarca com esse background 🙂
    grande beijo

    Talita

  • Lucas Duarte CSSp

    Parabéns pelo programa! Uma informação: quem gerencia os lugares santos católicos em Israel, por mandato da Santa Sé, é a Ordem dos Frades Menores – os franciscanos – os mesmos do Largo São Francisco, em São Paulo.

  • Alô Filipe Figueiredo…

    Kung Fu Panda é da Dreamworks… Certo que tem gente que os considera uma versão genérica da Pixar (um tipo de “Pixar made in China”, apesar desse estúdio ser estadunidense), porém esse estúdio tem sua identidade. E nos rendeu Shrek, que foi bom em suas duas primeiras animações, porém encheu a paciência e felizmente por enquanto acabou. Por enquanto!

    Bons dias!

    Bruno

  • Apenas uma sugestão de menino Neymar ( ainda não ouvi o programa desta semana então não sei se chegaram a comentar ): A líder da câmara dos comuns britânica, Andrea Leadson, disse que Jane Austen é “uma das maiores autoras vivas”

    Link da matéria: https://www.google.com.br/amp/veja.abril.com.br/entretenimento/gafe-parlamentar-britanica-diz-que-jane-austen-esta-viva/amp/#ampshare=http://veja.abril.com.br/entretenimento/gafe-parlamentar-britanica-diz-que-jane-austen-esta-viva/

  • Bom dia

    Acompanho periodicamente o cast e hoje é fonte de notícias relevantes.

    Um exemplo é a aula sobre Iraque e correlatos ao explicar cenários, os ouvintes têm a atenção necessária ao todo.

    Sobre a questão do ônibus contra agenda de gênero Neutro: ao afirmar que o certo é certo: nascemos com 1 sexo . Jamais estará caindo você e eu em logro.

    Pois o é assim. Escolhas sobre sua vida, depois , sendo um adulto.

    Não antes.

    É um desserviço afirmar que tal ônibus ” fere ” algo.

    Lendo comentários anteriores sobre a questão ” LGBT ” . há tantos outros veículos de comunicação que a fazem como sendo a causa centro primeira de suas vidas ( apesar de ser somente uma agenda externa ) que é desnecessário que vocês o façam.

    Peço gentilmente que diminua tais posições sobre LGBT e outras correlatas como agenda de gênero .

    Gosto demais do material produzido por vocês.

    Como disse, relevante para nossos dias.

    Sem mais, obrigado desde já pela atenção.

    Cristiano Costa , Rio de Janeiro

  • Melhoras, Sr. Filipe.

    Um pequeno comentário, o novo presidente Mongol é também presidente da federação de judô da Mongólia, mas foi campeão mundial em outra modalidade: o SAMBÔ, que, em linhas gerais, é um judô russo sem calça que vale dar porrada na cara.

    Ou seja, ainda poderá resolver qualquer questão com o Putin no Tatame, sem problema.

    Forte Abraço
    Carter do @essediafoilouco

  • Olá galera que faz o xadrez verbal, manda um alô pra mim e para minha esposa Luana. Vocês são meus companheiros de viagem todos as tardes de domingo (170Km), no caminho de Pentecoste-CE p/ Redenção-CE. Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s