Xadrez Dominical – 70 anos dos julgamentos de Nuremberg

Caros leitores, nessa semana tivemos o aniversário de setenta anos dos julgamentos de Nuremberg, a série de julgamentos deliberou sobre diversos criminosos nazistas, sendo o mais conhecido o procedimento que julgou os vinte e quatro principais líderes nazistas vivos naquele momento. Tivemos outros doze julgamentos em Nuremberg, além de julgamentos em países anteriormente ocupados, no Canadá e na União Soviética. Pela importância e marco histórico e jurídico que os julgamentos representam, vamos ao Xadrez Dominical dos julgamentos de Nuremberg.

A primeira dica é um dos maiores filmes de todos os tempos. Julgamento em Nuremberg, de 1961, é considerado quase um docudrama, de tão preciso em sua reconstituição dos eventos, com algumas falas tiradas integralmente dos registros. O filme conta com grande elenco, com nomes como Marlene Dietrich e Burt Lancaster, e rendeu um Oscar ao grande Max Schell, que já teve um Xadrez Dominical em sua homenagem.

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: Tinham se passado três anos desde que os mais importantes líderes nazistas tinham sido julgados em Nuremberg. Dan Haywwod (Spencer Tracy), um juiz aposentado americano, tem uma árdua tarefa, pois preside o julgamento de quatro juízes que usaram seus cargos para permitir e legalizar as atrocidades nazistas contra o povo judeu durante a 2ª Guerra Mundial. À medida em que surgem no tribunal as provas de esterilização e assassinato a pressão política é enorme, pois a Guerra Fria está chegando e ninguém quer mais julgamentos como os da Alemanha. Além disto os governos aliados querem esquecer o passado, mas a coisa certa que deve se fazer é a questão que este tribunal tentará responder.

A segunda dica é múltipla. Pela sua importância, os julgamentos de Nuremberg são muito estudados, divulgados e bem guardados. Diversos sites trazem os registros dos julgamentos ou possuem conteúdo dedicado sobre os procedimentos, com dados sobre os indiciados, acusações e sentenças. A Faculdade de Direito de Yale, a biblioteca de Harvard e o site do Memorial do Holocausto são alguns exemplos. Para o leitor que se interessar, não vai faltar conteúdo.

A terceira dica é um filme já citado por aqui. A Conspiração, de 2001, estrelando Kenneth Branagh e com Stanley Tucci e Colin Firth, é um filme da HBO que retrata a Conferência de Wannsee, em 1942, que decidiu pela “solução final”. O personagem de Colin Firth faz diversas referências às Leis de Nuremberg, de 1935; o fato da cidade ser considerada o berço do nazismo foi decisivo para, simbolicamente, ser também o local dos julgamentos.

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: Em setembro de 1939 Adolf Hitler invadiu a Polônia, dando início à 2ª Guerra Mundial. No inverno de 1942 as tropas dele estavam famintas e congelando nas nevascas da Rússia, onde seu melhor general morreu de enfarto, e os Estados Unidos tinham entrado na guerra. Pela 1ª vez o sonho de Hitler sobre o império alemão durar mil anos ficou incerto. Enquanto Hitler contratava e demitia generais e o inverno ficava mais frio, 15 homens de confiança do III Reich, liderados pelo general da SS Reinhard Heydrich (Kenneth Branagh), se encontraram para uma reunião secreta em Wannsee, subúrbio de Berlim. Em duas horas eles mudaram o mundo para sempre, pois ali foi decidido a “Solução Final”, que tinha por objetivo eliminar todos os judeus da Europa.

A quarta dica é uma minissérie. O Julgamento de Nuremberg, de 2000, estrelada por Alec Baldwin, Brian Cox e Christopher Plummer. São apenas dois episódios, pois a obra era inicialmente planejada como um filme. Como os executivos da TNT consideraram que ficou muito longo para um filme televisivo, decidiram dividir em duas partes. Foi indicada ao Emmy e ao Globo de Ouro de Melhor Minissérie.

Trailer

Sinopse do InterFilmes: Com o fim da II Guerra Mundial, os países aliados reúnem-se em Nuremberg, Alemanha, para decidir o destino de oficiais nazistas, julgados por seus bárbaros crimes nos campos de concentração. Entre eles, está o notório Hermann Goering. Com ombros pesados pela responsabilidade e todos os olhos do mundo voltados para aquela corte, o promotor Rober Jackson questiona os direitos dos acusados. E como fazer valer a justiça no mais importante julgamento da história. Com ricos detalhes sobre O Julgamento de Nuremberg, este filme – cuja produção executiva é coassinada por Alec Baldwin – manteve-se fiel até as transcrições das fitas gravadas na corte, aqui também reproduzidas fielmente. Todo o drama e dilema dos acusadores, forma minuciosamente recriados nesta produção inquestionavelmente perfeita.

A quinta e última dica é um documentário. Os Julgamentos de Nuremberg, no plural, foi um documentário feito pela União Soviética após os julgamentos, lançado em 1947. De uma hora, é uma versão em inglês do mesmo filme produzido em russo. O filme é tanto chocante quanto curioso; chocante, pois não se censura em exibir imagens do Holocausto e das execuções dos criminosos nazistas. Curioso por não fazer uma política de “boa vizinhança” e criticar alguns vereditos, como a falta de pena de morte para Rudolf Hess.

Documentário na íntegra

url

A menção do post de hoje vai para os trinta anos de Calvin e Haroldo, uma das tirinhas de maior sucesso de todos os tempos. Os volumes grandes das tirinhas são publicados no Brasil pela Editora Conrad.

Gostaram, não gostaram, mais dicas? Comentem a vontade!


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página. botãocursos

Anúncios

One comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s