Xadrez Dominical – O motim do Bounty

14 de Junho de 1789. Duzentos e vinte e cinco anos atrás. Um mês antes da Revolução Francesa. Um pequeno bote, com dezenove homens, chega ao Timor, após viajar mais de sete mil quilômetros pelo Oceano Pacífico, durante quarenta e oito dias. Os homens tinham sido praticamente condenados à morte, banidos pelos amotinados do navio comandando por um desses homens no bote, William Bligh. Estou falando do HMS Bounty, talvez o motim naval mais famoso da História e tema do Xadrez Dominical de hoje.

HMS BOUNTY IIO Bounty era um pequeno navio mercante, de menos de 28 metros de comprimento, em serviço da Marinha Real britânica. Sua missão inaugural, nunca completada, era de navegar até o Oceano Pacífico, encher o navio de mudas de fruta-pão (relativamente comum no nordeste brasileiro atual) e ir até a Jamaica, onde seriam plantadas para servirem de fonte barata de alimento para os escravos. O navio nunca terminou sua missão, interrompida pelo motim liderado pelo contramestre Fletcher Christian. O episódio é muito famoso na literatura e no cinema, e na cultura britânica em geral. Seguem as dicas.

A primeira dica é um filme, a primeira referência que tive no assunto, quando moleque. Rebelião em alto-mar (título original? The Bounty), de 1984, com Anthony Hopkins como Bligh e Mel Gibson como Fletcher, além de participação de Laurence Olivier. O filme é considerado o mais preciso historicamente, com cenas baseadas no diário do próprio Bligh.

 

Sinopse do AdoroCinema: Em 1789 um navio inglês, o HMS Bounty, empreendeu uma viagem até o Taiti para conseguir mudas de fruta-pão, que seriam largamente cultivadas para alimentar os escravos. O tenente William Bligh (Anthony Hopkins), comandante do Bounty, começa a agir de forma cada vez mais despótica, impondo castigos cada vez mais duros para a tripulação. Isto faz com que Fletcher Christian (Mel Gibson), o melhor amigo de Bligh, comande um motim, mesmo sabendo que este ato poderia ser punido com o enforcamento

A próxima dica também é um filme, O Grande Motim (título original, Mutiny on the Bounty. Não é à toa que o nome do navio não é muito conhecido por aqui), vencedor do Oscar de Melhor Filme em…1936.  Com dois grandes nomes do cinema, Charles Laughton como Bligh e Clark Gable como Fletcher, foi uma das primeiras superproduções épicas de Hollywood.

 

Sinopse do AdoroCinema: O tenente Fletcher Christian (Clark Gable) lidera uma investida contra o capitão do navio HMS Bounty, o autoritário William Bligh (Charles Laughton). Bligh costumava tiranizar seus subordinados, fazendo a tripulação passar por castigos físicos e morais. Após a revolta liderada por Christian, as coisas ficam tranquilas à bordo. Porém, Bligh retorna um ano depois, para vingar-se dos marinheiros que o derrubaram.

A próxima dica é caso queira uma leitura curta sobre o tema, um tal de Júlio Verne escreveu um conto, chamado em português de Os Revoltosos de Bounty (Les révoltés de la Bounty), em 1879. Você pode ler o conto na íntegra, em inglês, aqui

A próxima dica é caso você se interesse pelo tema, ou acabe gostando, e queria uma leitura maior, um livro. O Motim no Bounty – A história trágica de um confronto em alto-mar, de Caroline Alexander, é editado no Brasil pela Companhia das Letras. O livro é uma espécie de matéria jornalística de 568 páginas; não é nem uma obra historiográfica, nem um romance.

Agora, caso queira algo mais divertido, tenho um desenho na quinta e última dica. A história do Bounty é uma das histórias recriadas no décimo oitavo episódio da décima sétima temporada de Os Simpsons, As Histórias mais molhadas de sempre. Bart Simpson é Fletcher e o diretor Skinner é o comandante Bligh.

Bart's_StoryE qual seria a menção do post de hoje? O motim naval que provavelmente é o mais famoso episódio do gênero na história brasileira, a Revolta dos Marinheiros, ou a Revolta da Chibata, de 1910. Sob o comando do marinheiro João Cândido, cerca de 2400 marinheiros revoltaram-se contra a aplicação de castigos físicos, tomando controle do principal navio da marinha brasileira, o Encouraçado Minas Geraes, ameaçando bombardear o Rio de Janeiro. O episódio é estudado inclusive nas escolas e, em 24 de Julho de 2008, todos os envolvidos foram anistiados postumamente. Um filme sobre o episódio está em produção, mas você pode assistir um especial do GloboNews quando do centenário da revolta.

 

Cabe a menção de nessa semana, ocorreram dois aniversários importantes em relaçao ao Kosovo; no dia 15 de Junho de 1389 ocorreu a Batalha de Kosovo, importantíssima na história e na identidade sérvia. Também, no dia 9 de Junho de 1999, foi assinado o cessar-fogo da Guerra do Kosovo. Pensei em fazer o Xadrez Dominical com esse tema, mas já fiz um falando da Iugoslávia, que deve cobrir o tema.

Gostaram? Não gostaram? Mais dicas? Comente.

*****

Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

*****

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Facebook e no Twitter e receba notificações de novos textos e posts, além de outra plataforma de interação, ou assine o blog com seu email, na barra à direita da página inicial. E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

 

Anúncios

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s