Xadrez Dominical – Ditadura Militar parte 2

Caros leitores, antes do post de hoje, uma breve propaganda. Se você fez a prova de hoje, do Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata, dois pontos e meio seriam respondidos pela leitura assídua do blog. Então, se você se interessa por esse tema, possui essa vontade, vale a pena acompanhar o blog. E recomendar aos amigos, claro.

Caros leitores,

Como a maioria de vocês deve saber, nessa semana que passou, nos dias 31 de Março e Primeiro de Abril, foi o aniversário de cinquenta anos do golpe de 1964 que iniciou a ditadura militar brasileira. Dada a importância da data, motivo de diversas coberturas na mídia e nas redes sociais, o Xadrez Dominical de hoje, e o do último domingo também, será sobre o período. A segunda parte, de hoje, dará algumas dicas de documentários e de livros. A primeira parte tratou de filmes e músicas. Então, vamos ao Xadrez Dominical de documentários e livros sobre a ditadura militar.

figueiredo

Mesmo esquema, cinco dicas e uma menção. Primeiro, documentários.

Hércules 56, de 2006, conta a história dos quinze presos libertados pela ditadura após o sequestro do embaixador Charles Burke Elbrick, no episódio que é retratado, de forma romanceada, no filme O que é isso companheiro?, indicado no post anterior. No pôster do filme, a famosa foto tirada antes do embarque. O preso com as algemas para cima, no lado esquerdo do leitor? José Dirceu.

Sinopse do AdoroCinema: Na semana da independência de 1969 o embaixador americano no Brasil, Charles Burke Elbrick, foi sequestrado. Em sua troca foi exigida a divulgação de um manifesto revolucionário e a libertação de 15 presos políticos, que representam diversas tendências políticas que se opunham à ditadura militar. Banidos do território nacional e com a nacionalidade cassada, eles são levados ao México no avião da FAB Hércules 56. Através de entrevistas com os sobreviventes os fatos desta época são relembrados.

Documentário na íntegra

 

Cidadão Boilesen, de 2009, é um documentário forte, que chegou ao meu conhecimento não tem muito tempo, coincidentemente. O filme conta a história do empresário Henning Albert Boilesen, radicado no Brasil, fundador, dentre outras coisas, do CIEE, e sua ligação com a ditadura e com a tortura. Sinceramente, um psicopata.

Sinopse do AdoroCinema: Através de diversos depoimentos, o documentário revela as ligações de Henning Albert Boilesen (1916-1971), presidente do famoso grupo Ultra, da Ultragaz, com a ditadura militar. Seu apoio, assim como de muitos outros empresários, financeiro ao movimento de repressão violenta e também a sua participação na criação da temível Oban – Operação Bandeirante, espécie de pedra fundamental do Doi-Codi.

Documentário na íntegra

 

A sensacional série Memórias do Chumbo – O futebol nos tempos do Condor, produzida por Lúcio de Castro, da ESPN Brasil, e premiada internacionalmente, conta a ligação entre o futebol e as ditaduras latino-americanas. Já recomendei a série aqui antes. E o episódio sobre o Brasil é imperdível, mas recomendo que assistam os outros três também (Uruguai, Argentina e Chile).

Episódio na íntegra

 

O Dia que Durou 21 Anos, de 2012, é um documentário premiadíssimo, que aborda especialmente a influência, e apoio, dos EUA ao golpe e à ditadura militar brasileira. Além disso, o documentário tem uma estética de filme policial, que mantém o espectador.

Sinopse do AdoroCinema: Este documentário mostra a influência do governo dos Estados Unidos no Golpe de Estado no Brasil em 1964. A ação militar que deu início a ditadura contou com a ativa participação de agências como CIA e a própria Casa Branca. Com documentos secretos e gravações originais da época, o filme mostra como os presidentes John F. Kennedy e Lyndon Johnson se organizaram para tirar o presidente João Goulart do poder e apoiar o governo do marechal Humberto Castelo Branco.

Documentário na íntegra

 

Dossiê Jango, de 2013, é, obviamente, centrado na pessoa de João Goulart. Mas não se trata de um documentário biográfico, necessariamente. Focado em seu breve governo, sua deposição e as interrogações que ainda pairam sobre seu destino, é um documentário político.

Sinopse do AdoroCinema: João Goulart havia sido eleito democraticamente presidente do Brasil, mas foi expulso do cargo após o golpe de Estado de 1 de abril de 1964. Depois disso, Jango viveu exilado na Argentina, onde morreu em 1976. As circunstâncias de sua morte no país vizinho não foram bem explicadas até hoje. Seu corpo foi enterrado imediatamente após a sua morte, aumentando as suspeitas de assassinato premeditado. Este documentário traz o assunto de volta à tona e tenta esclarecer publicamente alguns fatos obscuros da história do Brasil.

Documentário na íntegra

 

A menção vai para Muito Além do Cidadão Kane, de 1993, documentário britânico que possui uma “aura” de proibido no Brasil, já que a Globo sempre manteve certa pressão sobre a propriedade da obra. A Record teria comprado os direitos para atacar a Globo, mas nunca veiculou o documentário na íntegra. O documentário não tem nenhum material espetacular, mas é muito bem organizado e produzido. Mostra todo o poder das Organizações Globo e da pessoa do falecido Roberto Marinho; nessas demonstrações do poder da emissora, alguns exemplos são da época da ditadura. Mas o programa não é exclusivo sobre o período, por isso, é uma menção. Segue abaixo, na íntegra.

 

Agora, livros. Cinco dicas e uma menção.

Brasil: de Getúlio a Castello (1930-64), de 1967, de Thomas E. Skidmore, autor dos EUA, é essencial para compreender o período que antecedeu e originou o golpe. Toda vez que me perguntam uma referência sobre o período, essa é minha dica.

O que é isso, companheiro?, de Fernando Gabeira, de 1979, já foi citado aqui duas vezes, pelo filme que originou. O livro também é essencial para compreensão da luta armada e do exílio durante a ditadura.

Combate nas Trevas – A Esquerda Brasileira: das ilusões perdidas a luta armada é um livro escrito por Jacob Gorender, historiador e professor marxista, recém-falecido, ex-integrante do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e fundador do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). Conta, em detalhes violentos, a luta armada e seus objetivos durante a ditadura. Atualmente não é editado, mas pode ser facilmente encontrado.

livrosA série sobre a ditadura de Elio Gaspari, em quatro volumes já publicados (A Ditadura Envergonhada, A Ditadura Escancarada, A Ditadura Derrotada, A Ditadura Encurralada), além de um quinto volume que será publicado, é essencial. Admito que só li os dois primeiros (ainda). Atualmente são editados, revisados, pela Intrínseca.

Finalmente, A política externa do regime militar brasileiro, de Paulo Fagundes Visentini e publicado pela Editora da UFRGS é essencial tanto para os estudantes da área quanto para os interessados. Aborda as aparentes “contradições” e a ligação entre os diferentes governos e a política internacional de cada período.

A menção é ao cartum político brasileiro, especialmente os do Angeli e de Laerte.

angeli chumboInfelizmente, nenhum dos dois mestres possui uma obra editada e organizada com o tema da ditadura. Mas vale muito a pena buscar na internet. Deixo dois quadrinhos aqui abaixo, um de cada autor.

laerteÉ isso aí, espero que tenham gostado das duas partes.

Gostaram? Não gostaram? Mais dicas? Comente.

*****

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Facebook e no Twitter e receba notificações de novos textos e posts, além de outra plataforma de interação, ou assine o blog com seu email, na barra à direita da página inicial. E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

 

 

 

Anúncios

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s