Repertório | Xadrez Verbal Entrevista #2.16 – Celso Castro

Recebemos o antropólogo Celso Castro, do CPDOC-FGV, para um papo sobre forças armadas, História do Brasil, antropologia e pesquisa!

Dicas do Sétimo Selo e links

Livro Invisíveis: uma etnografia sobre brasileiros sem documento, de Fernanda da Escóssia

Livro O espírito militar: um antropólogo na caserna, de Celso Castro

Livro General Villas Bôas: conversa com o comandante, de Celso Castro

Música de encerramento Cais, com Milton Nascimento

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

6 Comentários

  • Concordo em alguns pontos, mas a crítica que faço é:
    Quanto a diferença de mundos entre civis e militares: a mesma é evidente, a própria Constituição diferencia e isso não é exclusividade do Brasil. É uma questão jurídica, os militares são sujeitos a inúmeras legislações a mais que os demais cidadãos e também a supressão de diversos direitos políticos e trabalhistas (como filiação a partidos, greves, sindicalização, hora extra, adicional noturno), em que pese, para contrabalancear receberem alguns poucos benefícios. Assim, podemos dizer que ambos vivem no mesmo “mundo” ou “ambiente jurídico”?
    O próprio entrevistado entra em contradição, pois critica a participação de militares da política. Se o “mundo” é o mesmo, qual o problema de um militar entrar para a política, como fazem professores, empresários, delegados, policiais federais e outros funcionários públicos. Se o próprio entrevistado afirma que militar não pode se imiscuir na política, ele afirma que são duas classes diferentes.
    Mas concordo com o autor de não haver cabimento de nessa divisão jurídica, os militares acharem que são melhores, mais valorosos ou mais patriotas que os civis… mas isso começou com o positivismo nas escolas militares, no início do século passado.

    • Caro Alexandre, o simples fato dos militares serem portadores de armas desequilibra o jogo no xadrez político. Já pensou um político militar tendo seu interesse contrariado? Será que não faria uso da força, vimos acontecer na Ditadura de 64.

  • Muito interessante a entrevista, realmente um assunto que nunca pensei em me aprofundar, mas através do Xadrez Verbal tive a oportunidade de pensar sobre. Quando tiver mais tempo vou procurar ler os livros, quero entender um pouco mais.

    Muito obrigado pelo ótimo conteúdo!!

  • Gostei muito dessa entrevista,não conhecia o professor tb. E realmente, militar ocupando o Governo Federal não é bom pra democracia.
    Ah e pena dele ser vascaíno, se fosse palmeiras já estaria mais feliz Dale 😄😄🐷🐷🐷🐷💚💚💚💚💚

  • Pingback: Xadrez Verbal Podcast #276 – Europa, bacia do Pacífico e Atila #46 | Xadrez Verbal

  • Eu conheço algumas das pesquisas relacionadas ao Exército, e à AMAN, mas o ‘mundo’ militar é bem mais amplo, e há setores bem menos endógenos que ali. Estudar os militares do ITA, da FAB, da Marinha deve dar uma razoável diferença nos resultados e no apoio a políticas de definição do papel das FFAA na sociedade. Recomendo.

Deixe uma resposta para Marcelo Lessa Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.