Xadrez Verbal e Átila Iamarino – Especial Coronavírus #08

Oitavo programa sobre a pandemia do covid-19 com o biólogo e virologista Atila Iamarino para trazer uma perspectiva diferente ao noticiário internacional. Aqui você terá, gratuitamente, as principais notícias sobre a pandemia e um estudo de caso sobre o Vietnã, junto com as análises do que está funcionando, o que não está e quais as lições para o Brasil!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Matéria Após programa de testes em massa, Vietnã controla avanço do coronavírus, por Khanh Vu, Phuong Nguyen e James Pearson

Matéria Na terceira divisão: 75% dos testes de coronavírus importados pelo Brasil são pouco confiáveis e podem falhar, por Breno Costa

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

17 Comentários

  • Fala Pessoal!!!
    Aqui em Portugal saímos da quarentena essa segunda! Senti falta do comentário no episódio. Aqui o Norte de Portugal teve muito mais casos que o sul e tivemos quase o mesmo número de casos que a Suécia mas metade dos óbitos.
    Grande abraço!

  • MARCIO HENRIQUE BOMBACINI

    Bom dia. Em primeiro lugar, gostaria de parabenizar pelo trabalho de vocês.Está difícil achar notícias que não sejam do Corona vírus. Átila Iamarino da quarentena o paladino, uma gota de sensatez em um mar de histeria. Mas, gostaria de, em minha singela e profunda ignorância, questionar: porque os laboratórios de pesquisas biológicas não se estabelecem em lugares de pequena concentração populacional? A disseminação em caso de acidentes, não poderia ser menos “catastrófica”?
    Outro ponto, como se concluiu que a origem do vírus seja um mercado de pescado? É possível atestar a veracidade dessa informação sem uma abertura da China?
    Cheers.

    Marcio Bombacini

  • Pablo Ramon Prediger Garay

    Bom dia! Sou de Ijuí, RS, e a respeito do que o Átila comentou no final deste podcast sobre os testes rápidos e inclusive citou o Rio Grande do Sul, é isso mesmo. Um exemplo foram os dados apresentando pelo reitor da Ufpel (Universidade Federal de Pelotas) junto com o Governador Eduardo Leite, aonde, por exemplo, em Passo Fundo foram realizados 500 testes rápidos, todos negativos, porém, na época, Passo Fundo já tinha 9 mortos por covid-19.
    Mas o reitor explicou muito bem o porque disso, explicou da porcentagem de erro e que 500 testes numa população grande pode não representar o quadro geral, mas sim de uma região dessa cidade. Mesmo assim, percebeu o aumento de casos de doentes com o novo corona vírus. Link da live: https://www.facebook.com/GovernodoRS/videos/1526127627565397
    No mais muito obrigado de novo pelo programa!
    Abraços

  • Eu falo que país comunista é país sério!!! Vietnam é um exemplo de resistência anti-imperialista dando exemplo na resistencia anti-vírus (esse trocadilho não podia deixar passar, né? Hahahahaha)

    Ótimo programa!

    • Se puderem falar da Coreia do Norte frente à pandemia, e de Cuba, seria uma boa.

      Sobre Coreia do Norte, se precisarem de informações, o CEPS-BR (Centro de Estudos da Política Songun – Brasil) pode ajudar. Provavelmente, eles tem contato com consulados instalados lá no país.

      Abraços do Fabin1

  • Gostaria de sugerir que vcs colocassem sempre a minutagem do Estudo de Caso.

    Bom pra usar em discussões no zap de família… rs

    Obrigado

    Abs

  • ALAN SAMUEL SOARES DA SILVA

    Atila, você já falou várias vezes que a Ásia se saiu melhor na luta conta a COVID-19 porque eles já enfrentaram outros Coronavírus e tem melhor noção do perigo, você acha que o mundo inteiro vai sair dessa “escaldado” pras próximas ou o Novo Normal não vai ser tão novo assim no ocidente?

  • Ótimo trabalho! Escutei durante o meu trabalho. Meus pais tem uma micro empresa de móveis planejados e durante essa pandemia começaremos a fazer caixões para dar suporte a prefeitura. De certa forma é triste, mas é uma realidade que não podemos ignorar.

  • Olá pessoal, obrigada pelo trabalho! Gostaria de sugerir que falassem sobre o Chile no próximo programa. Abraços

  • Olá.
    Gostei muito do episódio, como todos que tenho acompanhado. Tenho apenas dois pontos para comentar.
    O primeiro é sobre o protesto dos médicos na Alemanha.
    Sou bióloga, moro e trabalho na Alemanha.
    Esses médicos que protestaram, são os chamados médicos da família, são os primeiros médicos a receberem pacientes com quaisquer sintomas de qualquer doença (a dinâmica aqui é diferente do Brasil). No período de isolamento, quando achassem pertinente, eles estavam autorizados a emitir atestados por telefone, inclusive para quarentena, para evitar exposição desnecessária e risco de contaminação para eles e para os pacientes que PRECISAM estar no consultório, muitos dos quais do grupo de risco. Temos que lembrar que ninguém deixou de ficar doente por outras razões e todos precisam continuar seus tratamentos. Com o afrouxamento do isolamento, eles não tem mais essa autorização, tendo que receber esses pacientes com sintomas de Covid-19 no consultório sendo que eles não tem os equipamentos necessários de proteção pessoal para atender tantos pacientes. Esse protesto não foi apenas por conta da falta de EPI. Foi por eles não terem condições de atender esses pacientes.
    O outro ponto é na verdade uma solicitação. Adorei que o Atila falou sobre os diferentes tipos de testes disponíveis, do genoma viral e o teste de anticorpos. Mas senti falta do teste que eu justamente estava ansiando mais para ouvir sobre, o teste de anticorpos IgG por ELISA. Esse é o teste que fiz e está sendo feito onde trabalho para todos os pacientes que desejam ser testados. Até hoje só tivemos resultados negativos. O único positivo foi de uma paciente que já sabíamos ser positivo, pois ela teve Covid e doou material para ser nosso controle positivo. O que prova que o teste foi realizado corretamente, mas ainda fico me perguntando se é mesmo possível ninguém ter tido contato com o vírus mesmo que assintomáticos e se tivemos, ninguém ter anticorpos para ele.
    O N foi pequeno até agora, mas ainda assim…
    Será que o Atila poderia falar um pouco sobre esse teste? Posso dar mais detalhes por email.
    Só para esclarecer, sou bióloga, mas trabalho em outra área então não tenho vivência de testes sorológicos.
    Obrigada.

  • poroutroladopodcast

    Parabéns pelo programa, esperamos com minha esposa Cris para ouvir juntos, como o XV ‘tradicional’.

    Duas sugestões para próximo estudo de caso: Chile e Turquia.

    Abraços !


    Julián Catino

  • Felipe Kautzmann

    Antes de nada parabéns! Sigo o programa de vocês desde faz dois anos e sempre ajuda nos bate papo com a galera.

    1 – Quero mandar 50€ para vocês, mas n~ao quero ficar pagando todos os meses. Tem jeito? Caso tiver, favor mandar um link no email. Esses 50 sao para adoçar um pouco a canelada.

    2 – Sou brasileiro e morei 20 anos na Galicia. Embora na América Latina as piadas s~ao feitas sobre os Galhegos (provávelmente com raz~ao), na Espanha elas s~ao feitas sobre os habitantes de um povoado da Andalucía chamado Lepe. Isso também aparece na wikipedia em Inglês: https://en.wikipedia.org/wiki/Lepe

    3 – Atualmente moro em Hamburgo, na Alemanha e sempre tinha pensado em além de mandar uma grana para vocês, também mandar umas camisetas do St. Pauli, mas precisaria saber o tamanho e o endereço 🙂

    4 – Por último: quero mandar um oi para o Marcelo, meu mestre de programaç~ao no meu trabalho e também dizer à minha namorada Sueca que eu amo ela. Por favor Filipe, poem essa voz sensual sua e diga no seu melhor sueco o seguinte: Jag älskar dig Sandra Hall 😀

    Um super abraço desde o rio Elba

  • Átila,

    Sei que você não é médico, mas eu acredito que vocês tenham que explicar um pouco aos ouvintes um pouco mais sobre Causa Mortis. Nesse programa você citou o vídeo de um parlamentar italiano falando que a maioria das pessoas morreu de outras doenças e que o COVID era uma farsa. Várias pessoas da minha família compartilharam esse vídeo e tenho visto várias fake news nesse sentido também. Se uma pessoa que tem câncer e COVID morrer, o atestado de óbito seria relacionado à qual doença? Ou um AVC? No fundo todo mundo morre de parada cardíaca, não?
    Uma amiga médica me respondeu muito bem sobre o assunto, mas eu jamais seria capaz de reproduzir aqui em detalhes, então gostaria que vocês explicassem um pouco isso. Pode apostar que quando tudo isso passar, muitas pessoas irão dizer que tudo foi uma conspiração!!

    Obrigado pelo ótimo trabalho!!

  • Victor Schote Nogueira

    Aproveitando a recomendação do Matias sobre A Arte de Charlie Chan Hock Chye, de Sonny Liew, no Especial Coronavírus #4, aproveito e indico a HQ em português do mesmo autor para os ouvintes lerem de graça.

    https://pipocaenanquim.com.br/produto/o-momento/

    Vale a pena!

  • Obrigado por seu trabalho! Gostaria de ouvir você falar sobre Montreal a próxima vez. Já nos tornamos um hot spot mundial, apesar de termos tomado medidas desde cedo e respeitado o distanciamento social muito bem (penso eu)…Obrigado mais uma vez!
     

  • Átila, Filipe e Matias, boa noite.

    Sou operador de trem na linha azul e tenho algumas dúvidas:
    1) a cabine do trem tem ar condicionado vindo de onde ficam os passageiros. É um risco, caso alguém esteja contaminado, de conseguir me contaminar pelo sistema de ar condicionado?

    2) eu posso limpar minha máscara n95 com lysoform spray?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.