Xadrez Verbal e Átila Iamarino – Especial Coronavírus #02

Por causa da pandemia do Covid-19, chamamos novamente o biólogo e virologista Atila Iamarino para trazer uma perspectiva diferente ao noticiário internacional. Aqui você terá, gratuitamente, as principais notícias sobre a pandemia junto com as análises do que está funcionando, o que não está e quais as lições para o Brasil!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Site da Editora Contexto

Matéria Coronavírus: Economia global vai sofrer anos até se recuperar do impacto da pandemia, afirma OCDE, por

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

26 Comentários

  • Boa noite.
    O comentário não tem a ver diretamente com o podcast, entretanto o assunto é o mesmo. Gostaria de ouvir o que o Atila, se pudesse, com seu conhecimento e bases, tem a dizer, com argumentos, a respeito do insano do pronunciamento de hj do sr presidente. Pois tem MUITAAAA gente que parecia lúcido, concordando, por terem deixado o desespero do cenário econômico entrarem em suas mentes e agora estar em plena negação referente a situação mundial desta pandemia.

  • Qual o vídeo que que o chinês dá o esporro na itália??

    • “i don’t know what you’re thinking”

    • Carlos Eduardo Azevedo

      Ótimo cast, como sempre.
      Mas a pergunta que não cala: e a Rússia? Parece que estão em outro mundo. Não se tem informações de lá. Ou o digníssimo Sr todo poderoso e onipotente Putin como sempre estava preparado, ou está suprimindo informações. Particularmente acredito na primeira hipótese.
      Abraços e continuem o excelente trabalho!

      • “Roubou” minha pergunta
        Exatamente a maior dúvida que se passa nesses últimas 4 semanas.
        Senão me engano foram um dos primeiros países a relatarem casos fora da China. E depois pouca informação.

  • Ninguém me tira da cabeça que Átila Iamarino e Ivan Mizanzuk são, na realidade, a mesma pessoa. Suas vozes são idênticas e nunca os escutei no mesmo podcast. #IvanIamarino

    • Olá Filipe e Átila.
      Venho aqui com um questionamento que, particularmente, não vejo muitas pessoas fazendo. Existe algum estudo sobre se a COVID 19 pode causar sequela permanente no sistema respiratório e impactar na expectativa de vida?

  • Diogo Maia de Carvalho

    Não mandei nenhuma mensagem no cast anterior por falta de tempo, mas estou acompanhando a nova série com atenção. Obrigado a todos os responsáveis por este serviço de utilidade pública.

    Abraços de longe de BH.

  • Gostaria de ouvir o Atila sobre o lockdown vertical, que está circulando como uma possível solução para a crise\epidemia.

  • O Filipe deu uma bola fora nesse episódio, aos 55:20 o Atila fala: “São escolhas, não é um destino surpresa que de repente chega e as pessoas se assustam.”

    O Filipe balbucia um pouco, procurando alguma metáfora sobre algo que acontece sem avisar, e comenta sobre castigo divino do dia para noite.

    Aí que a canelada foi dada. Poxa, o que ninguém espera? O que chega sem avisar?

    A INQUISIÇÃO ESPANHOLA FILIPE!
    NOBODY EXPECTS THE SPANISH INQUISITION!

    Já foste melhor.

    Brincadeiras a parte esses programas sobre o COVID19 estão ótimos, parabéns a ambos!
    Abraços de Blumenau!

  • Boa noite a todos.
    Moro na provincia do Québec no Canada e estou perplexo com as noticias vindas do Brasil. Muito bem bolado o podcast sobre o covid-19.
    Ja acompanho vcs no fronteiras e no xadrez verbal. o primeiro ministro do Québec François Legault (que é de um partido conservador progressista a CAQ) vem sendo muito elogiado pela gestao da crise, pq ele se antecipou mesmo ao Justin Trudeau e adotou medidas como fechar as escolas bem antes. Mesmo ele nao concordando muito com o Trudeau, principalmente pq ele ja foi no passado (1998) do partido separatista (partido québécois), ele evitou criticar diretamente o governo federal pela demora em tomar algumas decisoes como fechar a fronteira, e reconheceu que precisariam trabalhar juntos, o federal e todas as provincias. O Québec esta tomando as medidas no dia a dia combinando com a provincia de Ontario (sao as duas maiores provincias do Canada). Todo dia as 11h o Justin Trudeau vai a televisao e da uma entrevista coletiva e o François Legault (PM provincial do Québec) vai as 13h anunciar novas medidas, assegurar a populaçao, junto com o Diretor de Saude Publica e com a ministra provincial (que é como uma secretaria estadual) da saude. Ele age como um bom pai de familia que pretende proteger seu povo.
    Aqui ainda nao estamos em lockdown, mas as empresas de serviços nao essenciais estao fechadas até o dia 14 de abril e as escolas nao voltam antes do primeiro de maio.

  • Olá Filipe e Átila.
    Esses dias venho me fazendo um questionamento que, particularmente, não vejo outras pessoas por aí fazendo: Existe algum estudo sobre se a COVID 19 pode causar um dano permanente ao sistema respiratório das pessoas e o quanto isso pode impactar na expectativa de vida?

    Caso isso seja verdade, então, essa pandemia pode causar impactos por pelo menos meio século à frente?

  • Gostaria de saber a opinião e análise do Atila a respeito da comparação que andam fazendo nas redes sobre a pandemia de H1N1 e a do COVID-19, alegando que a de H1N1 foi muito pior e não teve esse “alarde” todo que esta tendo com o Corona.

  • RICARDO Valente DE REZENDE

    Gostaria de saber como está a subnotificação no Brasil. O que mais se ouve e se lê é que ainda não está testando quase ninguem, e isso vindo de grandes centros. As pequenas cidades do interior então é que não está tendo testes mesmo. Esse pacote de 10 milhões de testes comprados pelo Ministério da Saúde vai chegar a todos os lugares? E quando isso vai acontecer?

  • Gostaria de ter acesso a fonte dos fatos citados pelo átila, alguém tem!??

  • Olá Filipe, excelente esse especial sobre o coronavírus, parabéns pelo trabalho!
    Gostaria apenas de uma complemento, não sobre a pandemia, mas na sua introdução sobre o estudo de caso da Coréia do Sul, você traçou um perfil da orientação política dos sul-coreanos entre direita, esquerda, extrema-direita e “ficou faltando” a extrema-esquerda. Não é para inflamar nenhum discurso, apenas curiosidade!
    Grande abraço!
    Guilherme Cid – Catanduva/SP

  • Pingback: Coronavírus: Compilação de Programas – Rádio Comunitária Aconchego

  • Daniel Leto Neiva Costa

    Alguém consegue verificar pra mim esse estudo do Átila que prova que é mais custoso não ter quarentena do que ter?

  • Excelente programa como sempre! Acompanho o Xadrez Verbal há pouco mais de um ano, que conheci através do Nerdologia, e desde então lavar louça deixou de ser um tédio. 🙂
    Eu moro no Japão mas venho acompanhando atentamente as notícias do Brasil sobre o covid-19 pelo Átila, pois tenho muitos familiares e amigos aí e sei que as dificuldades que a sociedade brasileira vai enfrentar/está enfrentando com essa pandemia não tem comparação com as que o Japão está tendo e terá eventualmente.
    No entanto, o Japão também não é nenhum paraíso. Os números de infectados confirmados e mortes não são tão grandes assim se levarmos em consideração a proximidade com a China e o tempo desde os primeiros infectados relatados, porém nesses últimos 3 dias estamos tendo um aumento súbito no número de infectados, principalmente em Tóquio. Acredito eu que como a primeira onda e tensão ocorreu em fevereiro e desde então estamos nessa fase de mitigação, o povo começou a relaxar nessas últimas 2-3 semanas (e os números, no geral, continuavam aparentemente baixos) ignorando o pedido de distanciamento social.
    Com esse aumento, na quinta-feira, a governadora de Tóquio pediu as pessoas para ficar em casa a noite e nos finais de semana, até o começo de abril. Os governadores das províncias vizinhas adotaram as mesmas medidas. Nisso o povo saiu correndo pros mercados pra estocar comida e papel higiênico. Ontem e hoje, muita gente começou a sair de Tóquio e voltar pro interior, onde os pais vivem (como aconteceu na Itália e na China).
    O PM Abe Shinzo fez um pronunciamento muito vago hoje, repetiu o mais do mesmo, e ficou nisso… A única notícia boa que ele deu foi de que a ajuda do governo para os mais afetados economicamente será de que no lugar de cupons pra alguns produtos (inicialmente defendido pelo ministro das finanças e ex-PM Asso Taro, e que estava sendo muito criticado), o governo vai dar dinheiro mesmo. Só não mencionou os critérios, nem como, nem quanto, nem quando. Muita gente está preocupada se o procedimento para receber essa ajuda será tão burocrática quanto o do subsídio que eles montaram no mês passado para as empresas.

  • Pingback: Xadrez Verbal Podcast #227 – Tupá Guerra, Europa e Israel | Xadrez Verbal

  • Ótimo trabalho (pleonasmo vicioso qdo se trata do Xadrez Verbal).
    Como me identifiquei semana passada, sou Hematologista, 32 anos e estamos nos adaptando a nova rotina aqui em Maceió com tudo isso que está acontecendo.

    Mandando msg pela segunda semana consecutiva. Mas agora mais com tema de divulgação a seguir (pois achei um ótima iniciativa).

    (SE POSSÍVEL DIVULGUEM)
    Senai e grupo de multinacionais em parceria estão fazendo campanha para manutenção de ventiladores tanto de Hospitais públicos como privados de forma gratuita.

    Para participarem basta preenchimento (por algum responsável do Hospital) de formulário com as orientações bem claras (há um folder em PDF que enviam em anexo com todas essas orientações).

    Obviamente que vcs checariam antes os formulários para não fazerem Jabá de coisa errada. Enviaria por email para vcs.
    Com grande público de colegas da área de saúde ou profissionais de hospitais responsáveis por insumos hospitalares, provavelmente por aqui e/ou twitter de Filipe e Atila chegariam com grande capilaridade em diversas regiões do Brasil.

    Para terminar se possível voltem no final, mesmo que seja nesse especial de Corona algumas mensagens de agradecimentos dos seus ouvintes. Puxando agora para meu lado manda um “xeru” no cangote para minha esposa querida Ritinha Mello (não pode chamar de Rita, pq segundo ela é nome de gente muito idosa), brincadeiras a parte… que enfim começou a escutar o Xadrez por culpa do Átila na qual ela se tornou muito fã nesses últimos 3 meses (minha insistência por mais de um ano até então não tinha sido eficaz).

    E por último… Por Favor q seja TB por Skype… falta as boas ou engraçadas colocações de Matias Pinto. Chamem ele para participar. Faz muita falta.

    Grande trabalho. Parabéns por mais um ótimo programa. #fiqueEmcasa

    • Complementaando… Se possível música de encerramento para esse especial “COVID-19” em fim episódio …
      Depois desse dilema uma música que veio persistir junto com sua letra …
      “Quanto vale a Vida” – engº do Hawaii

      Humberto Gessinger por favor libere os direitos autorais

      Ps.: Sobre essa crise “economia e saúde” … concordo q essa crise tudo anda junto.

      Essa discussão no NE está mais acirrada. MTA gente abaixo da linha de pobreza!

  • Complementaando… Se possível música de encerramento para esse especial “COVID-19” em fim episódio …
    Depois desse dilema uma música que veio persistir junto com sua letra …
    “Quanto vale a Vida” – engº do Hawaii

    Humberto Gessinger por favor libere os direitos autorais

    Ps.: Sobre essa crise “economia e saúde” … concordo q essa crise tudo anda junto.

    Essa discussão no NE está mais acirrada. MTA gente abaixo da linha de pobreza!

  • Olá Filipe e Átila, ótimo episódio!

    Eu gostaria que o Átila explicasse melhor como funciona alguém que é assintomático e ainda consegue passar a doença adiante. Isso significa que a quantidade de vírus que se replicou no organismo não é suficiente para causar sintomas ou que a pessoa tem uma resposta imunológica mais rápida contra o vírus e consegue se curar mesmo sem desenvolver sintomas leves.

    E também como o Átila vê a possibilidade de implementação do tal isolamento vertical com uma estrutura logística de testes como a da Coreia do Sul para se ter controle das pessoas que estão infectadas.

    Abraço!

  • Olá Filipe e Átila,

    Excelente episódio!

    Gostaria de fazer uma pequena observação. Sou engenheiro eletricista e me chamou atenção um detalhe no episódio. Quando vocês estavam falando do Irã, citaram a dificuldade do país em importar alguns equipamentos médicos. O exemplo dado foi o Raio-X. Porém, ao contrário do que foi dito, o Raio-X não possui nenhum componente radioativo. Muitos acham que tem por conta do acidente com Césio-137 em Goiânia, porém, naquele caso, era um equipamento de radioterapia, que suponho não ser usado no tratamento do Covid19.

    Gostaria de fazer uma sugestão para o próximo episódio. Falem sobre a Suécia, que é o país onde moro. As medidas adotadas por aqui estão sendo consideradas bastante brandas, porém com muita seriedade. As medidas estão sendo tomadas paulatinamente. Entretanto, já tenho ouvido algumas pessoas usarem esse exemplo para descreditar a necessidade do isolamento social. Isso não é o que tem acontecido aqui, apesar de não haver muitas restrições, de uma forma geral, as pessoas estão se isolando.
    Seria muito interessante que vocês falassem sobre a Suécia para esclarecer essas medidas.

    Abraços!

    Pedro Freire

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.