Xadrez Verbal Podcast #163 – Caso Khashoggi, Extremo Oriente e EUA

Chegou no seu feed mais uma edição da sua revista semanal de política internacional em formato podcastal! Matias Pinto e Filipe Figueiredo vão até os Estados Unidos, falar das últimas notícias em relação ao país. Anúncio da saída de acordo nuclear com os russos, caravana de imigrantes, bombas no correio contra democratas, chineses ouvindo o celular de Trump, tudo isso!

Passamos pelo Extremo Oriente, onde, além de ouvir o celular de Trump, os chineses também inauguraram a maior ponte do mundo, mais que quatro vezes maior que a ponte Rio-Niterói. E vamos de novo ao Oriente Médio, falar das últimas notícias do caso Khashoggi e outras informações da região. Giramos pelo mundo, economia com a professora Vivian Almeida, a semana na História, peões da semana e dicas culturais fecham mais um podcast do Xadrez Verbal!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Site da Editora Contexto

Filme Sin Nombre

Minissérie The heavy water war

Música de encerramento Psycho Man, de Black Sabbath

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Minutagem dos blocos, cortesia dos financiadores do Xadrez Verbal

Giro de Noticias #1 – 00:10:30 Coluna Aberta – 00:20:10 – Espionagem do celular do Trump pela China
Efemerides – 00:39:00 Mach – 00:42:40 – Repercussões do Caso Khashoggi
Cheque – 01:15:05 – Relações EUA x Russia Gambito da Dama – 01:42:40 – Velhos problemas, velhas soluções
Giro de Noticias #2 – 01:52:42 Peões da Semana – 02:04:30 Setimo Selo – 02:07:10

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

Anúncios

40 Comentários

  • Olá Filipe, eu e minha esposa Hitatiana respondemos a podpesquisa assim que começou.
    Na questão para listar os podcast que mais escutava, ao digitar algumas letras a caixa de dialogo começava a completar o nome do podcast, mas ao digitar xadrez ou fronteiras não completou o nome do podcast, então achamos que você não estava participando da pesquisa.
    Não sei se outros também entenderam errado como nós.

  • Bom Crepúsculo amigos, e gostaria de agradecer pelos ótimos programas e dizer que realmente são meus companheiros de viagem escutando e aprendendo. seja no xadrez verbal ou no Fronteiras. Fantasticos!!
    Mas venho humildemente pedir uma ajuda, no programa que vocês comentam sobre a crise da Venezuela, uma Escoteira de Roraima chamada Fernanda Soares fez um comentário sobre o trabalho deles la. Eu procurei o Facebook dela e me apaixonei. Gostaria que vocês me dessem uma ajuda para encontrar-la pois ela ainda nao me aceitou como amigo para me comunicar.
    Se possível gostaria de deixar meu pedido a ela, pois certamente o escutará: Fernanda Soares, quer se casar comigo?

    grande abraço a todos!

    e muito obrigado novamente!

    Beto Caetano

  • Salve Filipe e Matias.

    Mais um grande trabalho, parabéns!

    Só uma perguntinha: o sr. Paul Biya não mereceria um peão promovido? Ele foi declarado vencedor do pleito em 22/10 e vai para seu sétimo mandato, está no poder desde 1982. Se ele está no poder há tanto tempo, sempre sendo reconduzido pelo povo por sufrágio universal, deve estar fazendo um bom trabalho (ok, ironic mode off).

    Grande abraços gelados desde a Sibéria, que vai esfriando aos poucos…

  • Vim aqui deixar o meu protesto formal… UM PODCAST DE APENAS 2 HRS? ai não…esperava mais de vcs!!!
    brincadeiras a parte… ótimo programa novamente!

    • ah, e sobre o guerra dos mundos, Orson Welles fez um disclaimer antes de começar a narração de que era ficção… mas quem ligou o rádio DEPOIS de começado…achou q era verdade…e a turma do chapéu de alumínio saiu correndo por ai achando q era verdade.

      • Rafael Sales Goncalves

        Até a parte do disclaimer foi planejada, pois seu programa começava enquanto o programa de maior audiência da época ainda estava no ar, ele sabia que muitos não iriam ouvir essa parte.

  • Olá, Filipe e Matias! Como sempre, um excelente programa! Vocês são meus companheiros toda manhã de sábado, quando eu saio pra andar com as minhas cachorras, Fryda, Nega e Vitamina. Vou andando com elas até ouvir todo o podcast, o que significa que há dias em que eu ando mais de três horas com elas. Preciso salientar que elas adoram isso. Um grande abraço de MG! Parabéns pelo ótimo trabalho!

  • João Gabriel Gonçalves Garcia

    Olá Filipe e Matias, recentemente minha professora de geografia pediu pra escolhermos um tema de geopolítica internacional para apresentarmos, com slides, pro resto da turma, eu escolhi falar sobre as tensões no Mar da China Meridional. Eu queria saber qual temas vocês escolheriam. E também manda um salve pro pessoal de Foz do Iguaçu !!

  • Juliano Gomes Gonzaga

    Olá Matias e Filipe. Meu nome é Juliano, sou estudante de geografia pela Universidade Federal do Rio Grande – FURG. Só queria parabenizar pelo excelente trabalho de vocês, sempre quando posso referencio vocês nos meus estagios de iniciação à docência (pibid). Escuto vocês a um pouco mais de 2 anos e confesso que minha desistência da engenharia para cursar a geografia tem muito haver com seu programa. Desejo tudo de melhor e que continuem com essa proposta incrível de vocês!!

  • Filipe, também temos eleição estadual na Alemanha domingo – depois da Baviera, o estado de Hessen deve completar como o último a eleger o partido AfD a nível estadual. O partido de extrema direita deve entrar facilmente no Landtag em Wiesbaden (na última pesquisa estava com 12% das intenções).

    Já os “Volksparteien” (os partidos ditos populares, CDU e SPD) também estão perdendo força, CDU abaixo de 30%, SPD agora empatando com os Verdes, perto de 20% cada.

    Dependendo do resultado, uma coalizão entre 3 partidos pode ser necessária (a infame “Jamaika-Koalition” com o atual governo CDU-Verdes se aproximando do FDP é plausível), assim o protagonismo da CDU vai se reduzindo no país.

  • Gurizada, vocês são extraordinariamente fod*s! Costumo escutar o programa assim que vocês postam na central de Poscasts do IOS, às vezes, atualizo e ainda não saiu, assim fico naquela maldita ansiedade. (Risos)
    Gostaria de deixar uma singela contribuição com uma pequena correção, bem boba por sinal, o nome oficial do México seria Estados Unidos Mexicanos. Admiro muito o banho de conhecimento que vocês proporcionam no Xadrez Verbal, sou fã do programa desde 2016. Gostaria de mandar um abraço pra galera do curso de Ciências Sociais da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) campus Chapecó/SC e um forte abraço a vocês! Obrigado por deixar minhas sextas feiras mais felizes.

  • Não era a Luciana Genro que daria asilo pro Snowden e Assange se fosse eleita?
    Lembro dessas tretas e altas confusões em 2014

    Há Braços

  • Harley Christian do Valle Silva

    “Consulado não é território de outro país. Mesmo porque a maior parte dos consulados é alugada. E mais: imagine que os EUA tenham quatro consulados no Brasil, cada um com 25 mil mestros quadrados e que o Brasil tenha sete consulados nos EUA, cada qual com 20 mil metros quadrados (estou chutando os números). Os EUA teriam “dado” 140 mil metros quadrados ao Brasil e o Brasil teria dado 100 mil metros quadrados aos EUA. Os EUA teriam perdido 40 mil metros quadrados de seu território! E de um terreno muito mais valioso.

    O que existe é a chamada inviolabilidade diplomática, que nada tem a ver com a propriedade do território. Inviolabilidade diplomática significa apenas que “eu não invado o seu escritório aqui no meu país se você não invadir o meu aí no seu país. Eu não espiono o seu se você não espionar o meu. Eu deixo você aplicar suas leis no seu consulado se você me deixar aplicar minhas leis no meu consulado em seu pais” e assim vai. Funciona baseado na reciprocidade entre os países. Inviolabilidade diplomática significa apenas que os representantes diplomáticos, os documentos diplomáticos e a propriedade ocupada pela representação diplomática (incluindo as consulares) não serão violados se o outro país estender tal cortesia aos diplomatas, documentos e propriedades ocupadas pelo país hospedeiro em seu próprio território. Não tem nada a ver com territorialidade. Novamente: consulado nao é território de outra país no país hospedeiro. Isso é mito.”
    Fonte: http://direito.folha.uol.com.br/blog/mito-da-territorialidade-do-consulado

  • Sobre a água pesada, ela é uma forma de água composta por 1 átomo de oxigênio e 2 átomos de hidrogênio pesado (também conhecido como deutério, que possui além de um próton, um nêutron em seu núcleo). Ela ocorre naturalmente e é encontrada na água que bebemos na proporção de 1 para 6400. Ela não é produzida de forma significativa em reatores nucleares, no caso da usina norueguesa era produzida por eletrólise, e atualmente por processos químicos.

    E sobre a importância da sabotagem da usina norueguesa no contexto da 2ª Guerra, a água pesada pode ser usada como moderador nuclear, facilitando a tranferência de energia no decaimento radioativo. Com pureza suficiente, seria possível construir reatores nucleares utilizando urânio natural, dos quais os nazistas poderiam retirarar plutônio-239 para fabricação de uma possível arma.

  • Filipe, alguns programas do fronteiras estão bugados e o link não tá dando acesso pro download do programa, começando a partir do programa sobre São Paulo e os mais antigos que esse.
    E eu gostaria que vocês revelassem pro Luiz ( professor de história do Rio grande do sul, que é tio da minha namorada Paula) que na verdade ele estava falando comigo sobre política e podcast esses dias, e não com a Paula
    Eu usei o WhatsApp dela porque eu estava com vergonha de falar com ele
    Obrigadooo!!

  • Rafael Sales Goncalves

    Bom dia Filipe e Matias, que tal uma edição especial dos resultados das eleições, estou muito ansioso para esperar até sexta.

    • Rafael Sales Goncalves

      Se puder manda uma abraço para meu avô Miguel que as vezes ouve o podcast comigo e para minha mãe (a qual eu chamo de peixe) que te agradece louças lavadas graças ao podcast

  • Filipe e Matias. Buenos!!
    Muito bom o trabalho de vcs, agradeço pelo serviço prestado não sou totalmente alienado por culpa de vcs. Ouço o Xadrez a pouco tempo e ouvi poucos ainda, mas tenho tentado acompanhá-los nos últimos meses, por ser um pouco grande o podcast (o que não é um problema, problema é minha “falta” de tempo) não consigo ouvir todos, nem estar a par de tudo, não sou especialista na área da política nem pretendo ser, ouço o programa para não ser atualizado por sites de notícias tendenciosos que começam “G”, rsrsrs…
    Tenho percebido no entanto, devido a vários comentários seus nos últimos programas que tem havido uma “acensão” dos países asiáticos em relação às potências, percebo isso devido aos comentários sobre a questão dos mísseis comentado nesse programa, entre China e EUA, pelo trabalho diplomático do líder coreano do norte nesses últimos tempos, pelo possível enfraquecimento do Dolar, devido a abstenção do uso desse no mercado de petróleo, comentado em algum programa passado.
    Isso é realmente algo que tem se configurado na política internacional? É uma preocupação das potências? que venturas e desventuras isso pode gerar no mundo? Seria esse também um dos motivos da preocupação do Trump em não “enfraquecer” as relações com o MBS por conta da tragédia com o jornalista?
    Apesar de saber que comentam sobre isso em vários programas, gostaria de ouvi-los comentar sobre esses pontos vinculando-os a esses fatos.

    Abraços, e que a força esteja convosco!!

  • Bom crepúsculo!
    Já que vocês tocaram no assunto de TAIWAN x CHINA, venho lhes dar mais uma informação.
    Estou morando em TAIWAN há 10 anos, e de vez em quando acontecem esses tipos de manifestação pró-independência.
    No mês que vem, dia 24 de novembro, haverão as eleições locais e, junto com elas, um referendo para decidir sobre qual nome TAIWAN deveria participar nas olimpíadas de 2020, se “CHINESE TAIPEI” ou “TAIWAN”.
    Obviamente, de nada adiantará se a mudança de nome ganhar, mas o COI e o JAPÃO não apoiarem. De qualquer forma, acho que será bom para mostrar um pouco como a maioria da população se identifica.

  • Ola! Dois pontos sobre o ultimo programa
    1) Agua pesada é aquele cujo Hidrogenio na molécula é um deutério. Deutério é o átomo de hidrogenio cujo núcleo é formado por um próton e um neutron. O átomo de hidrogenio “normal” (presente na água “normal”) nao tem neutrons em seu núcleo. O deutério tem, portanto, praticamente o dobro da massa de um hidrogenio normal. A funcao da agua pesada é aborver parte da energia dos neutrons liberados da fissao do Uranio, sem que esse neutron livre seja aborvido, permitindo a continuidade da reacao em cadeia.
    2) É lenda essa história que a embaixada/consulado é território de outro país. O que se tem é a inviolabilidade das dos locais das missoes diplomáticas, nos termos do art 22 da Convencao de Viena sobre Relacoes Diplomaticas. Ou seja, o estado acreditador (que recebe a representacao) se compromete e nao violar aquele espaco – fisica ou juridicamente – mas nao cede seu territorio. Tanto que a maior parte das representacoes sao alugadas: aplicacam-se as leis locais para tanto, e se considera proprietário aquele que tem o registro do imóvel.

  • Parabéns pelo ótimo programa!! E o Matias não está sozinho, também adorava os episódios de COLD CASE…

  • Não sei na Noruega, mas quando morava na Suécia meu grupo de amigos sempre ficava impressionado que em dias que estava fazendo -10ºC e todos estávamos congelando de frio sempre aparecia um sueco de camiseta e shorts correndo pela rua. E nunca era a mesma pessoa!
    Parabéns pelo podcast e principalmente por continuar apontando as contradições dos governos ocidentais em negociar com a Arábia Saudita apesar do discurso politico moralista.

    E fica a pergunta: ainda pretendem fazer o especial sobre o Fidel? Esse é um episódio que estou esperando desde que foi prometido nos idos 2016.

  • Não sou anestesista, que seria a especialidade mais indicada para responder, mas vamos falar sobre os opióides.
    Existem duas definições que podemos usar. A primeira, mais simples, seriam os derivados do ópio, extraído da papoula.
    Uma definição mais ampla, que é comumente usada dentro do meio médico, é que seriam drogas com efeitos análogos aos produtos diretos do ópio.
    Considerando que, a crise enfrentada hoje nos Estados Unidos se refere aos medicamentos e não às drogas ilícitas (ópio, heroína…), vou comentar rapidamente sobre as mais comuns.
    Morfina – derivado direto do ópio, é um medicamento muito usado em raquianestesia (causa uma analgesia pós-operatória muito boa), no tratamento paliativo de câncer e em urgência cardiológica (infarto, edema agudo de pulmão, etc). Particularmente no caso de analgesia de pacientes terminais não existe uma dose limite: enquanto por mecanismo de tolerância os pacientes se tornam mais resistentes a droga, doses maiores podem ser implementadas conforme necessário para combater a dor.
    Petidina – também conhecida como dolantina, é um potente analgésico com um poder de viciar gigantesco. Alguns pacientes referem sensação de “orgasmo abdominal”. Um dado triste: a classe profissional mais suscetível a vício de drogas no Brasil é a classe médica, principalmente os anestesistas, devido à facilidade com que tem acesso a essas drogas. E a mais comum nesse vício é a petidina. Conheço alguns colegas nessa triste situação.
    Fentanil – potente analgésico e com poder sedativo. É utilizado para realização de exames como endoscopia e colonoscopia, na indução de anestesia geral e na manutenção de sedação continua de pacientes intubados. Doses não muito elevadas causam depressão respiratória, o que levaria a óbito em pacientes sem suporte ventilatório (ventilação mecânica)
    Codeína – muito utilizado em associação com paracetamol para tratamento de dores fortes, pós-operatório, teve um boom na sua utilização no Brasil durante a epidemia de chikungunya (não podia utilizar aintiinflamatorios, nem corticoide). Sua vantagem é ser um medicamento oral, o que favorece sua utilização nessa situação. Nomes mais conhecidos são o tylex e o paco.
    Propofol – não é um opióide por definição, mas também está no meio dessa crise. É um agente hipnótico (não quer dizer que causa hipnose, mas induz sono) utilizado para anestesia geral. Sua classe portanto é de anestésico geral endovenoso de ação ultracurta. Não é associado a alucinações ou sensação específica de prazer; mas causa um despertarncom sensação de paz. Não pode ser usada fora de ambiente hospitalar/controlado, pois causa apnéia muito facilmente. Foi a droga que matou Michael Jackson.

    Espero ter ajudado.

  • Embora seja ouvinte fiel de vcs, fiquei decepcionado com o beijo no fêmur. Mais manjado, impossível. Por isso resolvi contribuir com uma listinha de nomes mais autênticos de estruturas anatômicas para beijos nos futuros programas.

    Vômer
    Processo uncinado do pâncreas
    Ápice petroso do osso temporal
    Lâmina crivosa do osso etmoide
    Escafóide
    Cubóide
    Hâmulo do hamato
    Veia de Galeno

    Brincadeiras à parte, mais um excelente podcast, e gostaria de mandar abraço pro meu irmão Pablo, recentemente convertido por mim e que vem fazendo maratonas de Fronteiras Invisíveis em suas viagens semanais entre Botucatu e Sp.

    Para minha esposa Renata, que escuta comigo o podcast enquanto lavo louça.

    E também gostaria que me ajudassem a converter meu primo pentelho George, que é aquele mala de primo mais novo que arruma briga de política com a família inteira no grupo do zap, está estudando pro ENEM e que me prometeu que vai começar a escutar vcs. Acredito que se vcs mandarem um salve pra ele, eu consigo convencer mais fácil.. rsrsrs

    Forte abraço

  • Olá FIlipe e Matias!! Comentei a última vez no podcast #144 (e apareci no #145) sobre ter conhecido um italiano na Sardenha que estava tentando entrar pro doutorado de direito internacional, e que por causa do podcast, pude conversar e me aproximar dele!!

    Queria agradecer vocês mais uma vez, pois agora estamos namorando (!) e continuamos a falar incessantemente sobre política internacional. Gostaria de pedir um salve para ele, e que vocês o parabenizassem por ter conseguido entrar no doutorado em Roma, na Sapienza. Quem sabe no futuro não temos um colega pra nossa querida Ana Luisa Demoraes Campos? Esperamos que sim!

    Um abração e obrigada novamente pelo ótimo trabalho.

  • Salve pessoal do Xadrez Verbal. Acabei de voltar do show do Roger Waters e me senti compelido a escrever esse recado. Em determinado momento o telão anunciou: “Resist Mohammed Bin Salman” ao que o público não esboçou reações diferente de outras mensagens como “Resist anti-semitism”; “Resist facism” mas não para mim. Graças ao podcast mais informativo de todos eu conhecia o MBS e pude compreender a mensagem. O assassinato de um jornalista é um crime inaceitável. Obrigado pelo excelente trabalho de vocês. Semanalmente eu me sinto como Odin ouvindo dois passarinhos me contando todas as coisas do mundo. Forte abraço! E um salve para Porto Alegre

  • O atual dublador do Han Solo é o Guilherme Briggs

  • Bom crepúsculo! Voltando um pouco no assunto WWE e Arábia Saudita vale o destaque sobre um dos lutadores da companhia que participará do evento é prefeito de uma cidade americana. Glenn Jacobs, mais conhecido como Kane, é prefeito de Knox County no Tennessee e irá participar do Crown of Jewel nessa sexta-feira. É mais um dos vários aspectos que toda a situação atual traz sobre o relacionamento entre Arábia Saudita e Estados Unidos.

  • João Eugênio Córdova Brasil

    Salve galera do Xadrez Verbal….Acompanhando vocês desde nem sei quando já consegui converter muitos conhecidos e amigos aqui de Porto Alegre…

    … inclusive minha filha (Pammela) que essa semana me deu a notícia que se inscreveu no vestibular da UFRGS para o curso de história, seguindo os meus passos!!! Ainda nãos ei se estou feliz ou triste… mas sei que vocês têm uma parcela de culpa nisso!!! hehehehe

    Quanto ao caso entre Arábia Saudita e Turquia, quanto tempo será que vai levar para tudo isso se transformar em uma franquia para os estúdios de cinema americanos??

    Abraços portoalegrenses!!!

  • Não li todos os comentários, e talvez alguém já tenha citado: o último Nerdcast sobre privacidade na internet fala sobre os opióides e cita q são mto utilizados por pessoas que, por não terem condições de pagar um plano de saúde ou por não poderem parar de trabalhar usam esses medicamentos para amenizar dores provindas de doenças/problemas de saúde q podem causar dor.
    Lá tb eles citam q há empresas q colhem esgotos de bairros para saberem das incidências do uso dos opióides e, c esses dados, manipularem os valores dos seguros de vida e dos planos de saúde. É isso.
    Mais uma vez, n canso de repetir, obrigado pelo ótimo conteúdo. É por isso “que eu financio essa porta!”. Abraços.

  • Moro aqui em Ottawa tem alguns anos e trabalho com comunicação política. Semana passada encontrei um egípcio de 18 anos em uma atividade política. Conversando rapidamente com ele sobre Oriente Médio o assunto Arábia Saudita e Khashoggi surgiu. Eis o que ele me falou sobre o Reino Da Arábia Saudita LTDA:

    1) Eu sou árabe mas isso não significa nada. Se você é saudita e tem conexões com a família real, você está ok. Se você é saudita e não tem conexões com a realeza, você é um cidadão de segunda classe. Se você não é saudita, independente de onde você nasceu, você não é cidadão e nem sequer humano.

    2) Os sauditas são donos literalmente do país. Uma vez estava na casa de um amigo que é primo do ministro de educação da Arábia Saudita. Meu amigo comentou brincando com o primo se seria possível ele ter férias na semana seguinte para poder viajar. No dia seguinte fomos informados que as aulas na escola estavam suspensas na semana seguinte pelo período de três dias.

    3) Um dos principes uma vez foi para os Estados Unidos com a esposa para fazer compras. Ele foi embora com quatro aviões particulares. Um levando a familia e outros três levando as compras.

    Um abraço para o Podcast que embala o único jogo de videogame que me restou após meu filho nascer: lava-louça simulator.

  • quanto tempo eu não ouço mais winning eleven, hoje é só pes,
    me lembrou que meu amigo me chamava pra jogar índio eleven, mas nao posso julgar ja que eu gostava de assistir fresh prince of pelé.
    O que serã do Battisti no ano que vem ? o presidente pode passar por cima de uma decisão do STF ?

  • Sempre muito bons os episódios! Acompanho vocês há aproximadamente seis meses, o que me faz entender quase todas as denominações das personalidades internacionais. Erdogollum, Xi Jinping Urso Puff, Sesc Pompeia. Mas o que nunca entendi até agora é: por que o Puigdemont é o Harry Potter da Catalunha?!?!?!?!!?
    Grande abraço!

  • Olá Filipe e Matias, moro em Shizuoka na terra do sol nascente e escuto o podcast sempre na ida ao serviço . Parabéns pelo trabalho de vocês! Abcs Brun

  • Como sempre, e quase desnecessário, mais um ótimo programa.
    Tentando esclarecer algumas dúvidas de forma breve:
    1- Opioides: Podemos classificar um composto químico de algumas formas: semelhança na estrutura química, semelhança de comportamento químico e semelhança de efeito fisiológico/farmacológico são algumas delas.
    A classificação de um composto opioide é uma classificação fisiológica/farmacológica e é dado para qualquer substância química que seja psicoativa e cause sintomas farmacológicos semelhantes ao ópio quando administrado.

    2- Água pesada: Como aprendemos na escola, a água é formada de dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio (H2O). Entretanto, o núcleo de hidrogênio existe de mais de uma forma, podendo ser constituído de somente um próton (hidrogênio prótio) ou de um próton mais um nêutron (hidrogênio deutério). O hidrogênio também pode existir de outras formas que não convêm se aprofundar no momento.
    A água que tomamos no dia a dia é constituída praticamente de hidrogênio do tipo prótio e é denominada de água leve. Já a água pesada é formada de hidrogênio do tipo deutério e tem seu uso limitado a aplicações tecnológicas, como no caso dos reatores nucleares onde é utilizado para diminuir a velocidade dos nêutrons ejetados no processo de fissão nuclear que lá ocorrem. As plantas nucleares que utilizam água pesada são predominantemente de tecnologia canadense, no resto do mundo são utilizados outros compostos como moderadores nucleares.
    Obs: Como o nome sugere, a água pesada é realmente mais pesada que a água leve.
    A cada 3200 moléculas de água que você toma, uma é de água pesada.
    A água pesada reage tão mais devagar do que a água leve que se ingerida as reações do seu corpo praticamente cessam e você morre!

    3- A voz do Matias é uma delícia: Não consigo prestar atenção em muita coisa quando ele fala.

    Parabéns pelo programa! Indico sempre que posso

  • Uma pequena correção: independência da Polônia é comemorada no dia 11 de novembro, não 3.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.