Xadrez Verbal Podcast #146 – EUA, Colômbia e eleição na Turquia

Sua revista semanal de política internacional em formato podcastal ainda em clima de Copa do Mundo! Matias Pinto e Filipe Figueiredo recebem o historiador Andrew Traumann, autor do livro Os Colombianos, para comentar o resultado eleitoral no nosso vizinho. Quais incógnitas que ficam e o que a vitória de Duque representa?

Falando em eleições, vamos até a Turquia, onde teremos pleito neste final de semana. Quais os principais candidatos e o que muda no país, que agora será presidencialista? No bloco principal vamos até os EUA, com a saída do país do Conselho de Direitos Humanos da ONU e a repercussão da política migratória no que concerne crianças. Afinal, alguém tem razão ou é política partidária? Giramos pelo mundo, a semana na História, peões e dicas culturais fecham mais um podcast do Xadrez Verbal, onde política e esporte se misturam!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Livro Os Colombianos, de Andrew Traumann

Site oficial do Garfield

Filme Vozes Inocentes, de Luis Mandoki

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

Anúncios

19 Comentários

  • Sobre os ouvintes em pernambuco, eu sou de Nova Iguaçu – RJ mas estou morando a quase 4 anos em Carpina – PE cidade natal da minha esposa Hitatiana que também e ouvinte.

  • Agradeço a vocês pela dedicação em nos informar toda semana acerca de assuntos tão complexos. Mais um ouvinte do interior de Pernambuco, um salve pra todos de Caruaru-PE.

  • Matias fico feliz que vc tenha gostado do álbum LOL

  • Olá, Felipe e Mathias. O programa está cada vez melhor! Sou um ouvinte assíduo, de Belo Horizonte-MG, e com relação à menção ao Gran Torino e à etnia Hmong, há um contingente de pouco mais de 1500 deles aqui próximo, na Guiana Francesa. O grupo começou a chegar na região no final da década de 1970, vindos de Paris na condição de refugiados e seguindo a diáspora desde o Laos. Um grande abraço pra vocês!

  • Antonio Carlos Sipus

    Olá Cavaleiros do Podcast. Sou da cidade de Arcoverde Pernambuco, primeiro parabenizo pelo excelente programa desta semana, mas ressalto o seguinte a cidade mais ao centro do estado do Pernambuco é Serra Talhada, mas o grande time de futebol da região é o glorioso Flamengo de Arcoverde (Tigre do Nordeste), mais conhecido como Flamengo -PE disputou a série D mas não fomos muito bem este ano, Estudo Direito na Universidade de Pernambuco e o meu professor indicou o seu podcast para acompanharmos a politica internacional abraços

  • Excelente programa! Assim como todos os demais. Vocês fazem esse temas complexos ficarem totalmente compreensíveis. Obrigado por explicar a origem do Erdogollum, sou novato e nunca entendi. Abraço de Varginha-MG.

    P.S.: Não sou ET.

  • Em tempo…
    Sobre a questão das famílias que estão sendo separados nos EUA, como foi dito no programa, não é uma coisa nova, feita pelo Donald Trump, e curiosamente, em um capítulo de uma série antiga que estou assistindo só agora(Oz), chineses são pegos tentando entrar nos EUA ilegalmente através de um navio de cargas, e depois disso, os homens foram levados para a prisão em que se passa a série, não como prisioneiros, mas como o local que ficariam até a decisão sobre o que fazer com eles. O detalhe é que na série mostra uma cena em que no noticiário dão essa notícia enfatizando que as famílias foram separadas, as crianças de seus pais… Esse episódio é da quarta temporada que se passa no ano de 2000.

  • Sou estudante de História na UPE aqui em Garanhuns-PE e Recomendo à todos os colegas o podcast, apoiado o encontro em Caruaru proposto pelo MatHias, faço questão de organizar a caravana garanhuense. Gostaria de parabenizar a forma como vocês abordaram a questão sobre a nova política contra imigrantes realizada por Trump, expõe os interesses envolvidos em cada discurso e mostra como a forma partidária contamina os debates que queremos realizar ainda que bem intencionados. Grande abraço, que a audiência de vocês continue crescendo em todas as regiões desse Brazil.

  • Escutei o podcast mais tarde e estava com a notícia sobre a manifestação dos jogadores suíços aguardando em outra aba pra ser lida. Xadrez Verbal entro no inconsciente. Quase toda notícia que eu leio de política internacional cria um link imediato com o programa. Aguardando o próximo sobre a eleição do Erdogollum na Turquia…

  • Daniel Medeiros Almeida, MD

    Ola Filipe e Matias.

    Mais uma vez parabens pelo programa da semana passada, particularmente pela cobertura do drama migratorio dos Estados Unidos. Eu concordo com sua visao de como esta discussao esta intrinsecamente relaciona a politicas partidarias. No entanto, achei que essa discussao poderia ir um pouco alem do pragmatismo politico e servir de convite para persarmos nos aspectos humanitarios dessa situacao. Aqui, como havia postado, diversas entidades medicas, entre hospitais, pediatras, psiquiatras, especialistas em trauma, estao ativamente expressando suas preocupacoes (supra-partidarias) a respeito do dano psicologico que estas medidas tem causado. Essa pressao certamente contribuiu para que o Presidente revisse suas praticas. Na minha opiniao, explorar esse aspecto pode nos ajudar (como brasileiros) a formar opinioes mais solidas e humanas a respeito da nossa propria questao imigratoria (Venezuela, Haiti…).

    Tambem achei interessante seu ponto de vista de que migrar eh da natureza humana e nao eh crime. Eu tambem sou retirante nordestino… Portanto, chamar um imigrante de ilegal nao eh certo, sendo mais apropriado o uso da expressao “irregular”. No entanto, de acordo com o CBP: “If an individual enters the United States at a location other than an official port of entry and without inspection by a Customs and Border Protection officer, they have illegally entered the United States and will be processed accordingly,” Algum esclarecimento?

    A polemica da migracao da Melania Trump nao foi de que ela entrou ilegal nos Estados Unidos. Ela entrou legalmente, via port of entry, com visto B1/B2 (turista). A questao eh que enquanto ela esperava pela mudanca do seu visto para H1B (trabalho temporario) ela supostamente teria trabalhado e recebido dinheiro quando seu status ainda era B1/B2, o que seria uma violacao do visto. Ela nega que tenha trabalho enquanto portava o status B1/B2.

    Por ultimo, com relacao a remocao do transgender como mental illness. Existe um fator importantissimo para que o Organizacao Mundial de Saude tenho colocado “Gender incongruence” no capitulo de sexual health condition – para que possoas transgeneros possam receber tratamento medico (hormonios and cirurgico). Ou seja, para que elas possam fazer gender reassignment. Nesse caso, a Organizacao Mundial de Saude seguiu os passos da American Psychiatric Association, que na versao 5 do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM5), em 2013 retirou o diagnostico “Gender Identity Disorder” e redefiniu criterios para um novo diagnostico chamado “Gender Dysphoria”. O principio eh de que a nao-conformidade de genero eh uma variacao da normalidade (por isso nao mais gender identify disorder), mas a constatacao e a disparidade entre sua percepcao de genero (o genero que voce se identifica) e a anatomia que voce possui, produz sim frustracao e sofrimento. Nesse caso, voce pode buscar tratamentos hormonais e cirurgicos para aliviar esse sofrimento.

    Grande abraco.
    Daniel

  • Eu perdi o interrese na copa do mundo partir do momento não existe como a Seleção Alemã jogar contra a Seleção Russa em Volgogrado.

  • Não só penso que o esporte e a política têm tudo a ver, como também acho que o Felipe e o Mathias deveriam fazer uma ponta de comentaristas durante a copa!

  • Boa Tarde!
    Como sempre um excelente programa, cada semana o podcast fica melhor.
    Complementando a dica cultural do Garfield, indico esse site: http://garfieldminusgarfield.net/; são as tiras do Garfield sem o Garfield, ficam maravilhosas!!!

    Abraço!

  • Olá Matias, olá Filipe.

    Gosto de identificar bandeiras de países e conhecer suas curiosidades. Sou programador e por causa disso sempre que estou estudando uma nova tecnologia, faço um quiz de bandeiras ao invés de um pet-shop (programadores entenderão). Fiz um quiz de bandeiras (link abaixo) dedicado ao Xadrez Verbal onde por exemplo vocês poderão encontrar as bandeiras da Groelândia, Ossétia do Sul, Abcásia ou mesmo Nagorno-Karabakh (ou República de Arcaque).

    Algumas curiosidades sobre bandeiras:
    – A bandeira do Paraguai possui anverso e reverso distintos.
    – Algumas bandeiras como a da Nicarágua (ou mesmo a bandeira de Santa Catarina aqui no Brasil) possuem um desenho de um gorro vermelho (o gorro frígio) que remeteria à ideia de liberdade (por causa do uso desse tipo de gorro durante a Revolução Francesa), mas que na verdade teria origem mais antiga do período helenístico e mais tarde romano (sendo neste último utilizado pelo Mitraísmo). A ideia de liberdade talvez estivesse mais relacionado a um outro gorro: o gorro píleo.
    – A bandeira de Moçambique além de uma enxada e um livro, possui também uma AK-47 com uma baioneta.
    – A faixa branca da bandeira do Paquistão representa a minoria religiosa em contraste com a parte verde com a lua e a estrela símbolos do islã, predominante no país.
    – As bandeiras de Mônaco e da Indonésia são iguais.
    – A única bandeira não retangular é a do Nepal. As únicas duas bandeiras quadradas são a do Vaticano e a da Suíça. E a mais longa é a do Qatar.

    Enfim são muitas curiosidades sobre bandeiras e existe um ramo do conhecimento que se ocupa apenas disso: a vexilologia.

    O link para o quiz (que é melhor visualizado pelo browser do smartphone) é esse aqui:
    https://alexandrecastro.github.io/xv/

    Divirtam-se!

    Ah, por favor, mandem um beijo e um abraço por favor pra Vanessa, minha esposa, e pra Alícia, nossa filhinha de 3 meses, ambas também ouvintes do Xadrez Verbal =)

    Castro
    Barcelona (Espanha)

  • Parabéns pelo programa e por todo o panorama da situação nos Estados Unidos, sou ouvinte assíduo do Xadrez Verbal e do Fronteiras Invisíveis e sou de Recife PE, fico feliz em saber que a audiência no meu estado só aumenta. Mais uma vez parabéns pelo trabalho de vocês.

  • Queridas vozes que ecoam em minha mente a maior parte do dia, gostaria de saber se é viável informarem no post o tempo de início dos blocos. Adoro ouvir o programa e essa informação iria facilitar em muito a minha vida e me incentivaria a continuar a ouvir esse lindo programa.

  • Ivo Freitas Teixeira

    Olá,

    Se ainda der tempo eu gostaria de responder ao CHUPA do Marcos Petri dedicado a minha pessoa no último programa! Apenas gostaria de dizer que fiquei lisonjeado pela homenagem e CHUPA Marcos! Eu nunca perco um Xadrez Verbal! Mais uma vez parabéns pelo programa!
    Abraços,
    Ivo Teixeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.