Xadrez Verbal Podcast #145 – EUA, G7 e cúpula Trump-Kim

Sua revista semanal de política internacional em formato podcastal chegando em clima de Copa do Mundo! Matias Pinto e Filipe Figueiredo vão até Singapura, onde ocorreu o histórico encontro entre Kim e Trump. Quem disse o quê, o que foi assinado, quem ganhou, o que vai acontecer agora, quem é Dennis Rodman, o que a Coreia do Sul achou, quem comeu costela? Todas essas perguntas serão respondidas no programa de hoje.
Recebemos nosso amigo da Flórida, Gustavo Rebello, que comenta sobre os referendos e votos populares dentro dos EUA, especialmente a proposta de divisão da Califórnia em três estados diferentes. Também vamos até o G7, onde Trump e Trudeau trocaram farpas após o encontro, com a retirada dos EUA da declaração final. Aproveitamos e passeamos pelas notícias dos países integrantes. Giramos pelo mundo, a semana na História, economia com a professora Vivian, os peões da semana, dicas culturais e um Menino Neymar que não é rei fecham o programa. Dê play!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Em breve

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

Anúncios

21 Comentários

  • já começaram o programa esculachando o meu Botafogo ???!!!!!!
    meu time é muito maior tottenham e arsenal juntos
    o Brasil de 5 títulos mundiais teve três graças ao time da estrela solitária.

  • Olá, Matias e Filipe.Curto muito esse Podcast, sempre ansioso pelos programas semanais.Conheci o Podcast ano passado e não perco um único programa e desde que ouvi o primeiro não fico mais desinformado sobre as atualidades e tudo mais. Também curto o Fronteiras invisíveis do Futebol. Grande abraço pra vcs e continuem assim tão carismáticos e informativos como sempre. Ouvindo todos os programas aqui de Itambé-PE.

  • Não li nada sobre o encontro do Kim com o Trump para não pegar spoiler do Xadrez Verbal. Hehehehe

  • Mandem um abraço para a turma 106 da FMUSP!!! Passei com a ajuda do xadrez verbal e continuo firme assistindo os podcast’s. Obrigado.

  • Tales A M Fernandes

    Só corrigindo um pequeno detalhe do Mathias, a Golden Gate não liga São Francisco a Oakland, é sim a San Francisco Oakland Bay bridge, a Golden gate liga a parte norte da Califórnia, de qualquer forma isso não afeta seu argumento, Parabéns pelo programa.

  • Cara, adorei o programa, está cada dia melhor. Queria repetir meu post de outro programa e pedir recomendações sobre algum livro de história da Espanha que NÃO abarque somente o século XX…pode ser leitura em português ou espanhol, qualquer recomendação é muito bem vinda!
    Obrigado a todos pelo programa e pela atenção.

    • Cara, tenta procurar alguma coisa sobre história da Península Ibérica em si. É mais completo e de melhor entendimento. A partir já do Império Romano, é difícil compreender a história da Espanha sem passar pela de Portugal junto.

      Eu li alguma coisa na graduação de História, mas não achei os textos (a.k.a. xerox) pra te dar a referência certinha. Era justamente uma cadeira eletiva sobre História da Península Ibérica. Fico te devendo por um lado e fica a dica por outro.

  • Olá Felipe e Mathias.

    Eu marquei de sair com uma garota hoje à noite, no início das festas Juninas, mas ela me deu bolo. Fiquei 2h esperando e nem no Whatsapp ela apareceu.
    Então para curar as feridas de um coração partido só acompanhando política internacional no Xadrez Verbal.

    Já que não beijei o crush um beijo no ÚMERO de vocês.

  • Uma observação . O Nobel da paz de 96 foi dado a António Ramos Horta e Carlos Filipe Ximenes Belo, e nao a Xanana Gusmão como disse o Filipe

    Penso que mesmo que nada de concreto tenha sido assinado penso que os protagonistas dessas conversar merecem o Nobel, O Nobel do Juan Manuel Santos foi dado a ele mesmo sem nada de concreto ter sido assinado

  • Olá, Filipe e Matias. Vocês irão fazer algum episódio especial Pride do Fronteiras? Abraços.

  • Olá Felipe e Mathias! Esclarecendo sobre os finais de peões com promoção simultânea: elas são muito comuns e há inúmeros finais desse tipo na história e ainda mais composições cuja promoção é um tema tático (nem sempre em dama), em especial nos livros de Dvorestsky e normalmente quem coroa primeiro (ou coroa dando xeque) leva vantagem, mas muitas posições acabam tendendo à igualdade quando há pouco material no tabuleiro. Mas eu gostaria de compartilhar outra partida interessante com vocês que, apesar de envolver um final um pouco mais complexo, tem sutilezas que podem se relacionar muito bem ao “Xadrez Não-Verbal”: a primeira partida do último campeonato mundial realizada em 2016 em NY. Nessa partida o atual campeão mundial surpreendeu a todos já no segundo lance das brancas, quando com o lance Bg6 (lê-se bispo g6) entrou na variante “Trompowsky” (desenvolvida por um brasileiro que lhe dá o nome), que é raríssima e nunca foi jogada numa partida de alto nível com essa importância. O interessante disso tudo é que o Magnus à época já tecia comentários digamos “pouco amistosos” em relação à Hilary e um tanto elogiosos em relação ao “Trump”, além do fato de estar enfrentando um russo no torneio, tudo isso em meio a eleição do presidente dos EUA e as suas suspeitas de intervenção russa durante a campanha! A partida terminou empatada, mas ao final do torneio o Norueguês sagrou-se mais uma vez campeão mundial!

    Obs.: Infelizmente não estou conseguido indexar o link aqui, mas a partida pode ser encontrada facilmente na internet:

    Magnus Carlsen vs Sergey Karjakin
    Carlsen – Karjakin World Championship (2016), New York, NY USA, rd 1, Nov-11
    Trompowsky Attack: General (A45) · 1/2-1/2

    PS.: Troco aulas de xadrez por uma ajudinha pro CACD. 😀

    Abração!

  • Olá Matias, olá Filipe.

    Duas observações:
    1. Aqui na Espanha o termo utilizado para o chefe de governo é “Presidente” e não “Primeiro-Ministro”.
    2. PSOE, partido do atual presidente Pedro Sánchez, se pronuncia como uma palavra (“pê-ÇOe”) e não como uma sigla (P-S-O-E).

    Mandem um beijo e um abraço por favor pra Vanessa, minha esposa, e pra Alícia, nossa filhinha de 3 meses, ambas ouvintes do Xadrez Verbal =)

    Abraços!

  • Obrigado pelo podcast!
    So uma observacao, o Trudeau, somente manteu o que ja tinha dita sobre as tarifas do Trump duas semanas antes do G7.
    https://www.freep.com/story/money/cars/2018/05/31/justin-trudeau-says-donald-trumps-tariff-rationale-absurd/660461002/
    Abraco!

  • Essa coluna da Vivian foi um Tzão!

  • Uma curiosidade sobre abelhas africanizadas: elas são uma criação brasileira, resultado de experimentos de geneticistas da Universidade de São Paulo. Algumas conseguiram escapar para a natureza em 1957 e se expalharam pelas américas rápidamente após isso.

  • Olá Mathias e Filipe. Programa ótimo como sempre. Acompanho o Xadrez Verbal desde o seu início e, entre alguns hiatus por falta de tempo, escuto o programa sempre que possível e também o indico para conhecidos. Sou professor de História concursado em município do RS mas, como vocês devem saber, professor concursado em História dá a sua matéria e todas as outras. No meu caso, é Geografia, uma área em que não tinha muito apreço e fui aprendendo a gostar (principalmente de Geopolítica) graças ao programa de vocês.

    Além dos comentários elogiosos de praxe, duas observações, uma de curiosidade e outra problematizadora sobre o que foi falado no programa.

    1° a notícia envolvendo as abelhas africanizadas me impactou, tanto que tive pesadelos na mesma noite com um ataque massivo de abelhas. Sintam-se responsáveis!

    2° a aproximação entre Coreia do Norte e EUA vem sendo comemorada e há motivos de sobra para isso. Porém, em nenhum momento dessa aproximação, houve a exigência de que a Coreia do Norte repensasse seu modelo político ditatorial. Como vocês bem apontaram na questão sobre direitos humanos, a hipocrisia reina, e na real politik direitos humanos são assunto secundário. Porém este não seria um sinal para outros países ou movimentos internos nestes países de que os EUA estariam prontos para aturar novas ditaduras em seus aliados? Como sabemos, as ditaduras latino americanas da metade do século XX tiveram suporte e apoio dos EUA, no contexto da Guerra Fria. Atualmente não há mais esse pano de fundo, porém há questões que evocam os sentimentos nacionalistas e conservadores tão fortes quanto, e também há a China procurando expandir seus tentáculos e roer a base de poder estadunidense. Não a toa a direita tem ganho eleições em várias partes do mundo, e no Brasil este risco é real. Há motivos para temer um recrudescimento de regimes ditatoriais no(s) continentes(s) com o consentimento dos EUA?

    Abraços e até o próximo podcast!

  • Daniel Medeiros Almeida, MD

    Mais um adendo:

    Ontem, 16 organizações profissionais que trabalham com saúde mental enviaram para o Departmento de Justiça, Departmento de Saúde e Serviços Humanos e Departamento de Segurança Nacional a seguinte carta:

    http://www.aacap.org/App_Themes/AACAP/docs/Advocacy/Joint-Letter-Family-Separation.pdf

    Abs

  • David Onezio Moraes

    Que musica boa hein, Matias as vezes manda bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.