Fronteiras Invisíveis do Futebol #55 – Sérvia

Depois de um panorama histórico sobre a Iugoslávia, vamos falar da História de sua herdeira esportiva, a Sérvia! Você sabia que mais de dez imperadores romanos nasceram na Sérvia? Calma, você vai entender. Passamos pelo reino medieval da Sérvia e a conquista turca da região, com especial atenção, é claro, à batalha do Kosovo, em 1389.
Percorremos o futebol sérvio, com um especial foco no período após 1992, além dos principais jogadores atuais que possivelmente enfrentarão o Brasil na vindoura Copa do Mundo. Finalmente, vemos a dissolução da Iugoslávia numa perspectiva sérvia e a construção do novo Estado nacional após a independência montenegrina. Viaje pelo tempo no seu podcast de História preferido!

Referências no programa

Documentário O Peso das Correntes

Documentário OTPOR ! Bringing down a dictator

Filme The crime that changed Serbia

Música Balada disidenta, do Beogradski sindikat

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa.

Assine um dos feeds do Fronteiras Invisíveis do Futebol e não perca nenhum programa: feed RSS, feed do iTunes e feed Player.FM, feed Deezer e feed Pocketcast

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, confira o restante da programação aqui.


assinatura

Filipe Figueiredo, é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

botãocursos

Anúncios

10 Comentários

  • Como a grandessíssima maioria dos podcasts da Casa, excelente! Participei de um comitê histórico sobre a Guerra da Bósnia durante o 11º MINIONU em 2010 e desde então, sigo interessado na geopolítica da península. Gostaria de sugerir aos queridos anfitriões que utilizem a denominação em Português ao grupo eslavo, muçulmano, de expressão servo-croata, diversas vezes citado na apresentação. O termo servo-croata “bošnjak” é traduzido há bastante tempo como “bosníaco” em português. Cito o célebre livro do diplomata José Augusto Lindgren Alves, “Os Novos Bálcãs”. (). Sejamos bairristas com a nossa ditosa língua portuguesa! (OBS: Sim, fui clubista!).

    DENOMINAÇÃO EM OUTROS IDIOMAS
    “Bosniak” em alemão, dinamarquês, inglês, neerlandês e sueco.
    “Bosníac” em catalão.
    “Bosníaco” em espanhol e português.
    “Bosniaque” em francês.
    “Bosgnacco” em italiano.
    “Bosnjak” em norueguês.

  • Acho muito “caído” esse negócio de Sérvia herdar as conquistas da Iugoslávia. Eu não sou fã dessas heranças, do mesmo jeito que não gosto da Rússia herdar as conquistas da URSS, cada um no seu quadrado. Já ouço o podcast faz tempo, o primeiro programa que ouvi foi sobre Pernambuco, por ser pernambucano chamou-me atenção, achando que ia ouvir um podcast sobre futebol (achei errado otário) fui surpreendido com a rica, literalmente, história do meu estado, que se fosse colonizado por espanhóis seria independente hoje. Assim que acabei de escutar lotei meu cartão de memória baixando todos os programas.Parabéns, adoro história e seus podcasts tonificam e fortalecem meu cérebro. Obrigado.

  • Pingback: Indicações na #PodcastFriday (11/05/2018) – Podosfera – Ouça Mais Podcasts

  • Olá pessoal. Apenas complementando a listinha de sérvios no futebol brasileiro: O Botafogo em 2001 teve o Vladimir Petkovic, ou simplesmente Vlad, como ficou conhecido.

    Jogou pouco e não deixou saudades, mas entrou no grupo de estrangeiros pitorescos que passaram por aqui.

  • David Onezio Moraes

    Programa ótimo, e essa musica que o Matias escolheu é boa hein, os instrumentos com a rima deixa a musica muito boa.

  • Tive uma professora que nasceu na Sérvia, porém tinha nacionalidade croata. Ela chegou a me dizer que os brasileiros não compreendem a complexidade das nacionalidades nos países eslavos. Segundo ela, o episódio mais interessante foi quando ao se matricular na faculdade aqui no Brasil ela colocou em nacionalidade a Croácia, porém a mulher que trabalhava no cadastro de pessoas a chamava de sérvia devido ao país de nacionalidade do passaporte. Imagina a confusão que deve ter sido, mas ela disse que teve compreensão no momento, justamente pelo desconhecimento da brasileira acerca dos fatos ocorridos na região dos dois países.

  • Ótimo programa e ótima música de encerramento, inclusive fui procurar ela no youtube e a versão do videoclipe é mais incrível ainda

  • Nunca mais vou escutar o termo “Estados Papais” sem pensar em um conjunto de países com seus “filhos”.

  • O Vasco cogitou contratar o irmão do Savicevic … o nome dele é Sósabeservice

  • Me fizeram lembrar de um sérvio radicalizado no Brasil foi Mitar Subotic (Suba), que foi produtor musical e arranjador que participou da produção de discos da Marina Lima, Bebel Gilberto entre outros, e tem um par de discos, um pelo selo que estava criando antes de morrer em São Paulo tragicamente, e outro pelo selo das Paulinas que tenho o privilégio de ter aqui.

    Belíssimo episódio, muito rico inclusive ! Obrigado por isso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s