Xadrez Verbal Podcast #93 – Eleição na França, Europa e Venezuela na OEA

A sua revista semana de política internacional em formato podcastal foi publicada excepcionalmente no sábado por conta da Greve Geral! Contamos mais uma vez com a presença da Professora Ana Luisa Demorares Campos, que analisou a saída da Venezuela da OEA. Demos um giro pela Europa, passando pelas prévias eleitorais no Reino Unido, a entrada de Montenegro na OTAN, protestos no parlamento macedônio e a prisão de um soldado alemão na fronteira com a França acusado de planejar um ataque false flag.

Do outro lado do Reno, analisamos diversos números sobre a eleição presidencial na França e traçamos um perfil dos candidatos que avançaram ao 2º Turno: Emmanuel Macron, do En Marche, e Marine Le Pen, do Front National. Seus aliados? Propostas? Trajetórias? Enfim, um panorama completo do escrutínio que pode definir o futuro da União Europeia!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Livro O rei do mundo: Muhammad Ali e a ascensão de um herói americano, de David Remnick

Filme Mercenaire

Música Drop Me Off In Harlem, por Ella Fitzgerald

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa.  (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3que está no Apoia-se


assinaturaFilipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

Anúncios

5 comentários

  • A Macedônia é um país curioso, por alguns motivos relacionados a minha área de trabalho (cinema e audiovisual), mais especificamente uma cidade: Bitola.

    A cidade de Bitola (segunda maior cidade do País) é considerada a “Cidade dos Consulados”, devido aos 12 consulados presentes na cidade, o que politicamente significa uma região de extrema estratégia para o governo macedônio.

    O país (a cidade, principalmente), tem uma relação bem interessante com o Cinema.

    O ato de produção fílmica dentro do território macedônio aconteceu logo após o lançamento do cinematógrafo pelos Irmãos Lumiere, e foi justamente em Bitola, quando os Irmãos Janaki e Milton Manaki realizaram o primeiro filmete na cidade, chamado The Weavers (1905), que simplesmente documentava sua tia centenária tecendo e bordando.

    Milton é também considerado o primeiro cinegrafista balcânico. Os Irmãos obtiveram fama e montaram um cinema e um estúdio na cidade, entrando na história da Macedônia como um dos percursores do documentarismo nos primórdios da era cinematográfica.

    A cultura do país desenvolveu-se à cobertura de grandes eventos com os aparatos fílmicos, como as Guerras Balcânicas (1912-1913) e a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), fortalecendo o estilo documental. Muitos cineastas viajavam à Macedônia com o objetivo de filmar a realidade das consequências das Guerras. As campanhas educativas desenvolveram a produção fílmica nas décadas seguintes, seguindo o modelo dos demais países soviéticos.

    Foi com Frosina (1952, Vojislav Nanovic) que a produção do país teve um aumento quantitativo, somado à fundação da FIFIMA (cujo objetivo era promover a produção e distribuição dos filmes macedônios) desenvolvendo assim uma escala de realização fílmica massiva, com mais de 500 filmes produzidos desde então, em sua grande escala documentários.

    O município possui locações diversificadas e condições de infraestrutura propícias para grandes produções, sejam filmes ou série de TV, que sempre procuram as belas paisagens balcânicas, como os lagos Ohrid e Prespa. Algumas produções europeias nacionais e internacionais gravadas na região foram Before the Rain (1994, Milcho Manchevski), The Peacemaker (1997, Mimi Leder), Goodbye, 20th Century! (1998, Darko Mitrevski, Aleksandar Popovski), Dust (2001, Milcho Manchevski) e The Great Water (2004, Ivo Trajkov), (ver próxima página) com exibições em festivais internacionais.

    Outro fato interessante é o Manaki Brothers Film Festival, que acontece anualmente em Setembro. Organizado pela MPFA (Macedonian Film Professionals’ Association, em Inglês), é o festival mais velho existente dedicado à criatividade dos cineastas ao redor do mundo. Estreou em 1979 como uma forma de homenagem ao trabalho dos Irmãos Manaki. Com a queda da União Soviética e a independência da Macedônia, tornou-se de fato um dos principais festivais internacionais do mundo, cobiçado por cineastas de todo o globo, sempre descobrindo novos talentos. O mundialmente reconhecido Golden, Silver and Bronze Camera 300 é a mostra competitiva de filmes. O brasileiro Walter Carvalho (Madame Satã, Entreatos, Febre do Rato), foi homenageado com o prêmio especial do Júri em 2008.

    Bitola obteve o selo de Cidade Criativa do Cinema, em 2015 junto com Santos (Charile Brown!), por sua relevância com o desenvolvimento cinematográfico nacional, no que diz respeito a sua história, que ajudaram a moldá-los. A relação da cidade com o gênero documental, com os Irmãos Manaki, e com filmes que levam seu nome (por exemplo: Bombing of Bitola, 1940, de Blagoja Drnkov) é presente.

    O selo de cidade criativa é uma iniciativa da UNESCO que concede o título como forma de reconhecimento aos movimentos criativos, artísticos e culturais presentes em cada município. Há 7 categorias, que englobam 47 cidades premiadas: Artesanato e Arte Folclórica, Design, Cinema, Gastronomia, Literatura, Música e Tecnologia.

    A categoria cinema atualmente conta com 8 cidades, a constar: Bitola (Macedônia), Bradford (Inglaterra), Busan (Coréia do Sul), Galway (Irlanda), Roma (Itália), Santos (Brasil), Sofia (Bulgária) e Sydney (Austrália).

    • O Cinema se assemelha ao futebol quando se trata de carregar aspectos políticos em sua essência.

      (Esqueci de retirar um “ver próxima página” no texto acima, explico: Estudei todas as Cidades Criativas do Cinema consideradas pela UNESCO, assim que Santos, onde resido atualmente e torcedor do time da cidade que tem a droga do Dorival Junior como técnico, obteve o selo, procurando entender o porquê de serem municípios tão relevantes no aspecto cinematográfico. Ao adaptar minhas anotações para cá, as três palavras infelizmente escaparam ao meu alcance de revisão. Peço desculpas).

  • Ótimo programa! Gostei muito de conhecer as principais propostas dos candidatos à presidência na França. É o tipo de informação difícil de acharmos na imprensa brasileira. Muito obrigado!

  • Como que é esquema da lei alemã a respeito da proibição de cobrir o rosto por funcionários públicos?

    Policias não poderão usar a famosa toca ninja/balaclava em operações por exemplo?

  • Aceita meu fake lá no grupo, camaradja.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s