Fronteiras Invisíveis do Futebol #26 – Chapecó

Fronteiras Invisíveis do Futebol é a nova iniciativa do Xadrez Verbal, um podcast sobre História, política atual, geopolítica, tudo isso com o fio condutor do futebol. Apresentado pelo meu amigo Matias Pinto, que também apresenta o podcast que vocês tanto apoiam, o programa será quinzenal, com um belo trabalho de edição. Em cada programa teremos A História, O Campo e O Mapa, contando sobre alguma região do planeta, sua identidade cultural e sua História. A série é motivada pela série de textos especiais Fronteiras Invisíveis da Europa, que discute nacionalismos, regionalismos e a União Europeia.

Ainda sensibilizados pela fatalidade da madrugada 29 de novembro, decidimos homenagear a Chapecoense e os habitantes da cidade, localizada no oeste de Santa Catarina. Os primeiros habitantes da região pertenciam ao tronco linguístico macro-jê, sendo denominados posteriormente de kaingangs (“moradores do mato”), dos quais muitos foram catequizados pelos jesuítas, enquanto outros foram escravizados pelos bandeirantes.

As margens do rio Chapecó, o principal afluente do Uruguai, sempre estiveram em disputa entre as populações nativas e os invasores espanhóis e portugueses. O impasse continuou no século XIX, com as independências de Argentina (1816) e Brasil (1822), além da Guerra do Paraguai (1864-70), conflito no qual alguns indígenas lutaram pelas tropas imperiais. Neste período, destaca-se a liderança de Vitorio Condá, cacique que garantiu a posse das terras que hoje formam a Aldeia que leva o seu nome – assim como o estádio – localizada a 15 quilômetros do centro da cidade, e a chegada dos primeiros imigrantes europeus.

Entre 1890 a 1895, as fronteiras entre as repúblicas argentina e brasileira foram delimitadas, destacando-se a atuação do barão do Rio Branco e arbitragem internacional do presidente estadunidense Grover Cleveland. Contudo, o munício era muito cobiçado, sendo incluído na disputa pela Guerra do Contestado (1912-16) entre Paraná e Santa Catarina.

Enquanto, sua área diminuiu ao longo das décadas, sua população seguiu crescendo graças à indústria frigorífica, base para o surgimento da Associação Chapecoense de Futebol, em 1973, fruto da fusão entre dois antigos clubes de Chapecó. Principal expoente futebolístico da região, a Chape conquistou cinco títulos estaduais (1977, 1996, 2007, 2011 e 2016) antes de entrar para a história como primeira equipe catarinense a chegar em uma final continental e ser aclamada campeã.

 

Referências no programa

Livro Navegantes, Bandeirantes, Diplomatas, de Synesio Sampaio Goes Filho

Livro As fronteiras do Brasil, em pdf, de Synesio Sampaio Goes Filho

Texto O dia em que o River conheceu o Índio

Podcast Dibradoras sobre a Chapecoense

Música Índio Condá, da banda Repolho

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. 

Assine um dos feeds do Fronteiras Invisíveis do Futebol e não perca nenhum programa: feed RSS, feed do iTunes e feed Player.FM, feed Deezer e feed Pocketcast

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, confira o restante da programação aqui.


assinaturaFilipe Figueiredo, 29 anos, é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

botãocursos

Anúncios

13 Comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s