Xadrez Dominical – Escravidão nos EUA

Caros leitores, nessa semana tivemos o aniversário dos cento e cinquenta anos da ratificação da Décima Terceira Emenda Constitucional dos EUA, que abole oficialmente a escravidão naquele país. Aproveitando a data, vamos ver alguns filmes sobre o tema no Xadrez Dominical sobre a escravidão negra nos Estados Unidos.

O primeiro filme foi mencionado no último podcast. Lincoln, de 2012, dirigido por Steven Spielberg. O filme não é uma cinebiografia, mas uma narrativa da aprovação justamente da 13ª Emenda e os meios para esse objetivo, alguns não muito honestos. O filmaço rendeu um Oscar de Melhor Ator para Daniel Day-Lewis no papel principal.

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: Baseado no livro “Team of Rivals: The Genius of Abraham Lincoln”, de Doris Kearns Goodwin, o filme se passa durante a Guerra Civil norte-americana, que acabou com a vitória do Norte. Ao mesmo tempo em que se preocupava com o conflito, o o 16º presidente norte-americano, Abraham Lincoln (Daniel Day-Lewis), travava uma batalha ainda mais difícil em Washington. Ao lado de seus colegas de partido, ele tentava passar uma emenda à Constituição dos Estados Unidos que acabava com a escravidão.

O segundo filme é um blockbuster. O filme Django, de Quentin Tarantino, despertou polêmica por seu retrato da escravidão nos EUA, seja pela terminologia quanto pela violência representada. A violência, entretanto, quando no contexto da escravidão, é feita por necessária. Independente da polêmica, um baita filme, vencedor de dois Oscar, incluindo Melhor Roteiro.

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: Django (Jamie Foxx) é um escravo liberto cujo passado brutal com seus antigos proprietários leva-o ao encontro do caçador de recompensas alemão Dr. King Schultz (Christoph Waltz). Schultz está em busca dos irmãos assassinos Brittle, e somente Django pode levá-lo a eles. O pouco ortodoxo Schultz compra Django com a promessa de libertá-lo quando tiver capturado os irmãos Brittle, vivos ou mortos.

Ao realizar seu plano, Schultz libera Django, embora os dois homens decidam continuar juntos. Desta vez, Schultz busca os criminosos mais perigosos do sul dos Estados Unidos com a ajuda de Django. Dotado de um notável talento de caçador, Django tem como objetivo principal encontrar e resgatar Broomhilda (Kerry Washington), sua esposa, que ele não vê desde que ela foi adquirida por outros proprietários, há muitos anos.

A busca de Django e Schultz leva-os a Calvin Candie (Leonardo DiCaprio), o dono de “Candyland”, uma plantação famosa pelo treinador Ace Woody, que treina os escravos locais para a luta. Ao explorarem o local com identidades falsas, Django e Schultz chamam a atenção de Stephen (Samuel L. Jackson), o escravo de confiança de Candie. Os movimentos dos dois começam a ser traçados, e logo uma perigosa organização fecha o cerco em torno de ambos. Para Django e Schultz conseguirem escapar com Broomhilda, eles terão que escolher entre independência e solidariedade, sacrifício e sobrevivência.

O terceiro filme é outro de Steven Spielberg. Amistad, de 1997, com Matthew McConaughey e Anthony Hopkins, além de revelar o grande talento de Djimon Hounsou. O filme é baseado em fatos reais e rendeu uma indicação ao Oscar para Hopkins.

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: Costa de Cuba, 1839. Dezenas de escravos negros se libertam das correntes e assumem o comando do navio negreiro La Amistad. Eles sonham retornar para a África, mas desconhecem navegação e se vêem obrigados a confiar em dois tripulantes sobreviventes, que os enganam e fazem com que, após dois meses, sejam capturados por um navio americano, quando desordenadamente navegaram até a costa de Connecticut. Os africanos são inicialmente julgados pelo assassinato da tripulação, mas o caso toma vulto e o presidente americano Martin Van Buren (Nigel Hawthorn), que sonha ser reeleito, tenta a condenação dos escravos, pois agradaria aos estados do sul e também fortaleceria os laços com a Espanha, pois a jovem Rainha Isabella II (Anna Paquin) alega que tanto os escravos quanto o navio são seus e devem ser devolvidos. Mas os abolicionistas vencem, e no entanto o governo apela e a causa chega a Suprema Corte Americana. Este quadro faz o ex-presidente John Quincy Adams (Anthony Hopkins), um abolicionista não-assumido, sair da sua aposentadoria voluntária, para defender os africanos.

O quarto filme é um clássico de guerra. Templo de Glória, de 1989, sobre a Guerra Civil dos EUA, evento ligado de forma visceral ao tema da abolição da escravidão nos EUA. Com Denzel Washington e Morgan Freeman, o filme retrata os soldados negros no conflito. Vencedor de três Oscar, incluindo um para Denzel Washington.

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: Durante a Guerra Civil americana, Robert Gould Shaw (Matthew Broderick), um jovem sem experiência, mas de uma influente família, recebe o comando do primeiro batalhão composto exclusivamente por soldados negros.

A quinta e última dica é um filme forte. 12 Anos de Escravidão, de 2013, vencedor do Oscar de Melhor Filme de 2014. O filme também revelou a atriz vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, Lupita Nyong’o.

Trailer

Sinopse do AdoroCinema: 1841. Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos ele passa por dois senhores, Ford (Benedict Cumberbatch) e Edwin Epps (Michael Fassbender), que, cada um à sua maneira, exploram seus serviços.

timor-leste-5

A menção do post vai para os quarenta anos da invasão do Timor-Leste pela Indonésia. O genocídio do povo timorense executado pela Indonésia e a luta pela liberdade, assunto frequentemente citado aqui, é o tema do documentário Timor Lorosae – O Massacre que o Mundo Não Viu.

Documentário na íntegra

Gostaram, não gostaram, mais dicas? Comentem a vontade!


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página. botãocursos

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s