Xadrez Verbal Podcast #19 – Assembleia Geral e 70 anos da ONU

Nos setenta anos da Organização das Nações Unidas, recebemos o professor Guilherme Casarões para conversar sobre a Assembleia Geral. As possibilidades de reforma da organização, as críticas ao Conselho de Segurança e o discurso de abertura de Dilma Rousseff.

Também falamos de outras pautas importantes, como os conflitos no Oriente Médio e as diferenças entre Estados Unidos e Rússia. Os tradicionais giros de notícia, com Colômbia, OMC, Talibã e Catalunha, além de dicas culturais, semana na História, peões e um Menino Neymar com toques de Arnaldo.

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira, em menos de uma hora, você se atualiza e se informa.

dilmaobamaDicas do Sétimo Selo

Filme A fera da guerra, trailer aqui

Música 400 years, de Bob Marley

Filme Uma garrafa no mar de Gaza, trailer aqui

Livro De repente, uma batida na porta

Textos e links

Todos os textos sobre a 70ª AGNU estão listados e linkados aqui, podendo o leitor escolher o texto de seu interesse – Índice de textos do especial da 70ª Assembleia Geral da ONU

Texto sobre o ensino de Latim

Painel sobre o Brasil e o Oriente Médio no IRI-USP

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. 

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

central3A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, confira o restante da programação aqui.


assinaturaFilipe Figueiredo, 29 anos, é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

botãocursos

Anúncios

14 comentários

  • Pingback: Índice de textos do especial da 70ª Assembleia Geral da ONU | Xadrez Verbal

  • Muito bom o podcast.
    Mas vocês poderiam fazer outro programa apenas com noticias da politica nacional.

  • Gostei bastante do programa, agradou-me bastante que uma demanda minha feita em um vídeo do canal Xadrez Verbal tenha sido ouvida: Um debate sobre as perspectivas de reforma do Conselho de Segurança da ONU.
    Agora mudando de assunto, essa anexação do Texas pelos EUA me lembrou bastante a anexação do Acre pelo Brasil. Fazendo apenas uma observação: ambos os territórios foram “colonizados” por estrangeiros de país fronteiriços (EUA e Brasil) e foram tomados de país mais fracos e em graves crises internas.

    ♪♫ Four hundred years ♪♫
    ♪♫ Four hundred years ♪♫

  • Olá Filipe. Como de costume ótimo podcast.

    Gostaria de dar três sugestões de vídeos futuros.
    A primeira vem no rastro do comentário feito pelo senador John McCain sobre o treinamento dado pelos americanos aos grupos rebeldes sírios, política semelhante àquela feita no Afeganistão nos anos 80, tendo como objetivo principal a queda de Bashar al-Assad. Nesse sentido, eu gostaria de um vídeo que explorasse o papel de organizações como a USAID, o NED-National Endowment for Democracy, a OSF-Open Society Foundations de George Soros, bem como outras ONGs e think-tanks nos conflitos modernos, descrevendo como operam e instigam “as primaveras” que antecedem os conflitos. Já que sabidamente patrocinam levantes, revoltas ou mesmo golpes contra governos, no intuito de substituí-los por outros mais alinhados aos interesses ocidentais, escorando-se em um discurso de promoção da paz e da democracia, desde que tal democracia seja invariavelmente submissa ao Ocidente.

    A segunda sugestão seria um vídeo discutindo a política externa dos EUA e sua presença militar em todo globo, com um enfoque nas centenas de bases militares americanas em mais de setenta países, como Alemanha, Turquia, Japão, Coréia do Sul e até Paraguai. Gostaria que o vídeo discutisse como isso faz parte da estratégia de “full spectrum dominance”do governo americano, pós-Guerra Fria.

    Por fim, a última sugestão seria um vídeo sobre como os conflitos no mundo se modificaram devido a empresas militares privadas tais como Blackwater, Global Risk International, Brown&Root (filial da Halliburton que foi dirigida por Dick Cheney, vice no governo Bush), etc.

    No mais, desculpe ter me alongado tanto… De qualquer forma, obrigado pela atenção e continue com o ótimo trabalho.

    PS: Fiz essa mesma sugestão no You Tube, já que não sabia ao certo se você tem tempo para ler e responder em todas as mídias do Xadrez Verbal, ou prioriza uma delas. Valeu!!

  • Excelente material.
    Dedico a vocês a minha atual vontade de seguir o caminho da pós-graduação em relações internacionais e ciências políticas.

    Parabéns pelas análises.
    JJ

  • O pleito do Brasil em querer um assento no CS sem ter um poder militar que permita a projeção de poder beira ao ridiculo.

    Tem que ter bala na agulha pra fazer parte disto ai

  • Excelente cast.
    Por um acaso saberiam me informar sobre outros autores que abordem o tema terrorismo e também sobre o Estado Islâmico?

  • Opa, vou aumentar o coro: aumentem o volume do áudio, porque também escuto no busão. No mais, tudo mais do que bom, continuem assim!

  • Não só o ditador do Chile colocou em pratica princípios liberais na economia, no livro A Anatomia do Fascismo, quando o autor comparar os países fascistas europeus, ele mostra que Mussolini queria estabilizar o país e incentivar o livre mercado.

    “O primeiro de seus ministros das finanças(1922-1925) foi professor de economia(e militante do partido) Alberto de Stefani, que reduziu a intervenção do Estado na economia, cortou os impostos, diminuiu as despesas públicas e equilibrou o orçamento. É bem verdade que De Stefani, comprometido não apenas com o livre comércio, mas também com o ideal fascista de estímulo à energia produtiva, enraiveceu alguns empresários ao cortar tarifas de importação, como, por exemplo a que protegia a onerosa produção local de açúcar de beterraba”.(PAXTON, Robert. A anatomia do fascismo, p.250)

    ps: depois faça um programa sobre os chiga boys, pois pra muita gente é teoria da conspiração.E parabéns pelo conteúdo que você produz.

  • Pingback: Xadrez Dominical – Um ano de podcast do Xadrez Verbal | Xadrez Verbal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s