Xadrez Verbal Podcast #250 – Itália, Equador e golpe em Mianmar

Enquanto você faz exercícios, Mianmar dá golpe! Se não entendeu a referência, vai entender tudo nesse programa. Passamos pelas eleições no Equador, que vão para o segundo turno, só não sabemos com quem. Fomos até a Itália, onde chamaram o Super Mario! Além disso, giramos pelo mundo, a quinzena na História, economia com a professora Vivian Almeida, peões da semana e dicas culturais fechando mais uma edição da sua revista de política internacional em formato podcastal!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Site da Editora Contexto

Fronteiras Invisíveis do Futebol #66 – Chile

Reportagem Trabalhadores, uni-vos, por Rafael Cariello

Matéria Risco de morrer de covid-19 no Brasil foi mais de 3 vezes maior que no resto do mundo em 2020, calcula economista, por Paulo Adamo Idoeta

Livro The Secret Army: Chiang Kai-shek and the Drug Warlords of the Golden Triangle, de Richard Michael Gibson e Wen H. Chen

Livro História da computação, de Raul Wazlawick

Livro Utopias Latino-Americanas: política, sociedade, cultura, de Maria Ligia Prado (Org.)

Live Kropotkin 100 anos: uma vida pela Revolução

Música de encerramento My Spanish heart, com Chick Corea

Playlist das músicas de encerramento do Xadrez Verbal no Spotify

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Minutagem dos blocos, cortesia dos financiadores do Xadrez Verbal

  • 00:05:10 – Giro de Notícias #01
  • 00:15:25 – Coluna Aberta: Velho Continente
  • 00:48:50 – Efemérides: A quinzena na história
  • 00:58:55 – Match: América Latina
  • 01:41:30 – Giro de notícias #02
  • 01:52:40 – Xeque: Mianmar
  • 02:51:40 – Gambito da Dama: teoria e análises econômicas
  • 03:07:15 – Giro de Notícias #03
  • 03:20:30 – Peões da Semana
  • 03:22:10 – Sétimo Selo
  • 03:33:20 – Música de Encerramento

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

 

27 Comentários

  • Olá Matias, Filipe e Átila, tudo bem com vocês? Queria brincar assim no Twitter mas a galera anda sem senso de humor lá, então pergunto aqui:
    Átila, você aprovaria o uso de lança chamas para dispersão de bloquinhos de carnaval clandestinos?
    O super aquecimento do ar pelo uso da ferramenta de dispersão protegeria o agente de saúde aplicador da metodologia de se contaminar com o COVID?

    Abraços e MUITO obrigado pela forma como levam o programa especial sobre o Corona vírus e antes que IMBECIS achem que é sério, é uma piada, apesar de ser uma idéia interessante!

  • Achei o episódio fantástico! Muito obrigada pelo trabalho incrível. Gostaria de saber qual é a melhor maneira de ouvir o podcast já que no momento eu estou ouvindo pelo Spotify mas sei que eles não pagam muito por visualização.
    Também se possível gostaria de pedir pra vocês darem um salve pro meu irmão Henrique Ciolfi que me recomendou o programa este ano já que eu comecei a faculdade de Política e Relações Internacionais. Um grande abraço,
    Mariana Ciolfi (ouvindo vocês do Reino Unido)

  • Excelente trabalho como sempre.

  • (Só avisando que tem um banner nessa página com o número “#245”)

  • School e skull tem pronuncias diferentes Filipe. Feliz por ouvir mais um programa num dia tão tenso como esse. Amsterdam nevada e com temperatura negativa, um cano explodiu aqui no jardim. Mas ouvi o programa enquanto resolvia as tretas aqui. Quero aumentar a contribuição mas deu ruim lá com o padrim, péssima plataforma pra quem contribui do exterior. Abraço de Amsterdam com lockdown, toco de recolher e congelada.

  • Parabéns pelo episódio! Fiquei com uma pergunta sobre a situação de Mianmar, podemos comparar o tráfico no país ao que ocorre no México? Minmar é um narcoestado?

    Filipe você usaria aquelas camisas com estampa de gravata? Acho que combina com o clima do Brasil e podia virar moda!

  • Ótimo episódio como sempre! Mas gostaria de fazer uma pergunta: há mais de um mês que o Fred no Spotify não foi atualizado, acabou a parceria com o aplicativo?

    • Não sei se seria apenas no seu caso, mas sempre ouço pelo spotify e pra mim sempre aparece o episódio normalmente no feed do Xadrez Verbal.

  • Sobre a questão do reconhecimento da jurisdição do TPI para apurar os eventuais crimes de guerra cometidos por Israel nos territórios ocupados, verifiquei que o Brasil, atuando como espécie de “amicus curiae”, se posicionou de forma contrária a esse reconhecimento.
    Para a surpresa de um total de zero pessoas.
    O link está em anexo, não sei se é permitido isso aqui: https://legal-tools.org/doc/u96u9u

    Mandei esse comentário no site da Central3, mas não foi publicado, achei injusto 🙂

  • Oi pessoal

    Já que vocês falaram em fazer um programa sobre criptomoedas, eu gostaria sugerir um sobre o openbanking. Eu sei que esse negócio tá pra rolar aqui também, mas eu me espantei com a velocidade que esse negócio vem se espalhando pelo mundo. E como só li textos oba-oba e empolgados com essa transformação, acho que – independente de suas vantagens – seria interessante uma reflexão mais fria.

    Que livro vcs sugerem sobre a independência da América espanhola?

    Obrigado desde já

  • Oi pessoal

    Já que vocês falaram em fazer um programa sobre criptomoedas, eu gostaria de sugerir um sobre o openbanking. Eu sei que esse negócio tá pra rolar aqui também, mas eu me espantei com a velocidade que esse negócio vem se espalhando pelo mundo. E como só li textos oba-oba e empolgados com essa transformação, acho que – independente de suas vantagens – seria interessante uma reflexão mais fria.

    Que livro vcs sugerem sobre a independência da América espanhola?

    Obrigado desde já

  • Olá amigos do Xadrez Verbal, Aprendo muito sempre. Meu caro Matias, o esporte nacional de Mianmar é o Chinlone. Esse esporte, numa analogia bem gaiata, é um futevôlei praticado com uma bolinha feita de fibra de bambu. É um esporte difícil e não sei como Mianmar não é uma potência no futebol pois a habilidade para jogar Chinlone é impressionante. Sou um fã do Fronteiras, fui forjado nas etapas que vcs tanto descrevem: desdenhei no início, mas maratono atualmente.
    Forte abraço.

  • Olá Filipe e Matias! Só passando pra comentar que a citação ao meu país Big Field durante o programa pelo Filipe deu a impressão de que ele já esteve por essas bandas (ri alto aqui). Continuem com o excelente trabalho, saudações da Zona Oeste do RJ!

  • Sobre os 20 anos do projeto genoma: A revista Nature fez um vídeo muito legal mostrando uma visualização de dados da produção científica após a conclusão do projeto, e dá para ver como esse projeto tão difícil e desafiador foi justificado pelas descobertas que fizemos desde então. Está no canal do Youtube deles e recomendo para quem quiser ter uma ideia do impacto! https://www.youtube.com/watch?v=mlDqludqJUw

  • Grande Matias e Filipe. Parabens por mais ym programa sensacional. A Politica internacional é algo incrivel. Eu estava ouvindo o podcast no Domingo (14.02) sobre o impeachment do Trump e, depois de meia hora, no Jornal da 6 da BBC esravam falando que ele foi absolvido. Esse é o risco das notícias se desatualizarem, assim que saem. Aqui na Inglaterra estamos vendo um aumento expressivo das contas e dos iténs de consumo, devido ao Brexit e ao COVID. Espero que o número de horas de programa só venha a crescer, a qualidade pode se manter, porque não vejo onde melhorar. Parabens mais uma vez. Gostaria de mandar uns quitutes ingleses pra vocês, como posso fazer? Grande abc

  • “Você não soube Myanmar!” KKKKKK. Rindo até agora. Ótimo programa novamente, parabéns!

  • Oi, Filipe e Matias!
    Parabéns pelo trabalho, já venho acompanhando desde o ano passado, um pouco antes da pandemia.
    Sobre as tensões na Ásia,
    é possível a China fazer algum movimento militar no mar do Caribe pra contrapor a pressão que os EUA estão fazendo no mar do Sul da China? Ou o “dragão chinês ” ainda não tem essa força?

    Falo de Curitiba/PR. Se puderem, também mandar um abraço pra minha noiva, Bruna, que sempre ouve o programa comigo – antes era ‘obrigada’ rsrs e hj já é fã tbm!

    Grande abraço!

  • Minha reação ao ver o senado dos eua inocentando o trump de novo:

  • Era possível os EUA ter comprado cuba, igual comprou a Flórida?
    Eles teriam evitado problema pra eles?

  • Venho aqui externar minha insatisfação com a postura do Filipe. Sou ouvinte do programa desde 2017 e desde então sou divulgador com muito entusiasmo de todos os programas ligados ao Xadrez Verbal, incentivando todos os amigos a ouvir também o repertório e principalmente o Fronteiras. Ainda achando pouco, ano passado, mesmo com toda a situação na qual o país se encontra e sendo somente um estudante bolsista, resolvi me tornar um dos ‘padrins’, por ser o programa um incentivador da cultura e da ciência, além de ser muito bem produzido.
    Dias atrás descobri através de um post do Matias que havia sido bloqueado pelo perfil do Xadrez Verbal no twitter, fui averiguar o porquê e foi pq fiz uma piada com a eliminação do Palmeiras, time do Filipe.

    Além da visível infantilidade e imaturidade do Filipe, fiquei incomodado porquê ao digitar isto aqui: “@XadrezVerbal nao tem mundial, @XadrezVerbal não tem mundial, Nao tem copinha, tem política internacional” eu não desrespeitei em momento nenhum ninguém, fiz uma brincadeira como diversas outras que o próprio Filipe fez no próprio Xadrez Verbal ou no Fronteiras (posso citar vários, como o da Bahia, do Pernambuco, no de São Paulo e etc). Além disso, estou privado de repercussões que o perfil traz através da conta do twitter, parte também do projeto.

    Sei que não fará a menor diferença para vocês eu deixar de acompanhar o programa, deixar de divulgar ou até mesmo deixar de apoiar, mas não me sinto a vontade mais de estar ligado a tudo isso.

    PS: não tem mundial mesmo e nunca terão

  • Ótimo programa como sempre, parabéns!!

    Achei muito interessante a explicação sobre Myanmar, não sabia nada sobre como esse pais se desenvolveu.

    Muito obrigado pelo conteúdo!!

  • Salve salve meus nobres Filipe e Matias, parceiros de tantas horas.
    O futebol ainda é um dos esportes mais vistos em Myanmar, mas o internacional, já que localmente não há muitos incentivos. Vale lembrar que como Birmânia, ou Burma em inglês, a delegação de futebol disputou as Olimpíadas de Munique em 1972, em um grupo com União Sovietica, México e Sudão.
    O torneio teve a Polônia como campeã, e Myanmar ficou melhor posicionada que o Brasil de Falcão e Roberto Dinamite (momento fronteiras invisíveis encerrado, que saudades).
    O que é muito vistoso por lá são as pequenas bolas de chinlone, feitas de vime, que são jogadas em uma mistura de esporte com dança. Me contaram que era uma arte milenar, onde o objetivo é não deixar a “peteca” cair (passei no crivo de piada ruim de vocês?). Dêem uma olhada nessa reportagem que mostra melhor o que é o chinlone em si.
    Acontece que quando eu estava em Hpa-an, vilarejo que mais me agradou no país, algumas crianças locais descobriram que eu era brasileiro, e alçaram uma bola dessas pra mim, esperando que o futebol arte fluísse na minhas veias.
    Envergonhei a nação tupiniquim, tenho que admitir, mas ganhei uma bandeira de Myanmar de um deles, que disse que eu precisava carregar a cor deles pelo mundo.
    Sorrisos é que não faltaram, nesse país tão marcado por problemas.

    Um abraço para vocês, que fazem com que meus dias sejam mais ricos e construtivos.

    http://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/2014/02/bola-em-mianmar-o-chinlone-e-o-primo-distante-do-nosso-futebol.html

  • WILLIAM DE OLIVEIRA MENEZ

    Olá pessoal. Novamente parabéns pelo programa. Apenas um comentário sobre o Equador. O Lenin Moreno deve ter defendido a manutenção da dolarização, pois no Equador a moeda oficial é o dólar dos EUA desde o ano 2000. Estive lá em 2012 e me lembro que as cédulas eram de dólar e circulavam apenas pratinhas do sucre, a antiga moeda. Na época se debatia muito sobre manter ou não o dólar dos EUA como moeda oficial do país. Talvez o Lenin Moreno tema que uma vitória da esquerda possa acabar com essa política de manter o dólar como moeda e restaurar o sucre.

    Grande abraço pra vocês.

  • Salve, Filipe e Matias! Sou Samantha, namorada de Saulo Dias, um ouvinte assíduo de todos podcast’s de vocês. O lindo ouve pra acordar, lavar a louça, alimentar as cadelas etc. É um amor só! Ele é tímido e tem vergonha de escrever pra vocês. Por isso, estou aqui para recomendar um filme que vimos recentemente que o fez pensar em alguns debates recentes do Xadrez Verbal. Ex: turismo de chineses na Europa, arrocho nas condições de imigrantes etc. Chama-se “Historias lamentables”, é um filme espanhol lançado em 2020 pela Amazon Prime que, infelizmente, ainda não saiu na versão BR. De todo modo, fica a indicação; caso queiram assistir, acham com certa facilidade por torrent. Só legenda em PT-BR que fica devendo. Ó o link do filme: https://www.imdb.com/title/tt11362866/
    Espero que gostem! Ah, se puderem, mandem um salve pro Saulo. Ele ouve tanto vocês que até fico com ciúmes hahahahahha
    Parabéns pelo trabalho de qualidade e pela tenacidade mesmo diante das ruínas!

    Abraços

  • Salve, Filipe, Matias e Átila! Sou Samantha, companheira de Saulo Dias, um ouvinte assíduo de todos podcast’s de vocês. O lindo ouve pra acordar, lavar a louça, alimentar as cadelas etc. É um amor só! Ele é tímido e tem vergonha de escrever pra vocês. Por isso, estou aqui para recomendar um filme que vimos recentemente que o fez pensar em alguns debates recentes do Xadrez Verbal. Ex: turismo de chineses na Europa, arrocho nas condições de imigrantes etc. Chama-se “Historias lamentables”, é um filme espanhol lançado em 2020 pela Amazon Prime que, infelizmente, ainda não saiu na versão BR. De todo modo, fica a indicação; caso queiram assistir, acham com certa facilidade por torrent. Só legenda em PT-BR que fica devendo.
    Espero que gostem! Ah, se puderem, mandem um salve pro Saulo. Ele ouve tanto vocês que até fico com ciúmes hahahahahha
    Parabéns pelo trabalho de qualidade e pela tenacidade mesmo diante das ruínas!

    Abraços

  • Pingback: Xadrez Verbal Podcast #250 – Itália, Equadro e Golpe em Mianmar -

Deixe uma resposta para João Félix Jr. Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.