A Rússia e uma nova demonstração de força

A Rússia anunciou o maior exercício militar de sua História como país independente. Cerca de trezentos mil militares russos serão mobilizados para a simulação Vostok-2018, na região oriental e siberiana do país, segundo a mídia estatal russa e a BBC. O enorme contingente, cerca de um terço de todas as forças armadas russas, será acompanhado de trinta e seis mil veículos blindados e mais de mil aviões, simulando os mais diversos procedimentos, desde forças aerotransportadas até vôos ininterruptos cruzando o enorme território russo. Componentes navais de três das frotas russas também participarão do exercício. Forças militares chinesas e mongóis também estarão presentes. Qual a mensagem que a Rússia quer transmitir com essa enorme, e dispendiosa, demonstração de força?

Para ler o restante do texto, veja a publicação original no site da Gazeta do Povo


assinaturaFilipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.


Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.


Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.


Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

Anúncios

3 Comentários

  • Não é possível ler o texto no site da Gazeta do Povo. Eles pedem senha.

  • Filipe, também não consigo ler o texto… Eu até me cadastrei no site da Gazeta do Povo, mas, mesmo fazendo login, entra em uma página onde o texto está incompleto.

  • Boa tarde Felipe. Dado os temas abordados no site e suas outras mídias, gostaria de saber se você tem algum conhecimento sobre eventuais candidatos do CACD como cotistas portadores de deficiência. Aqui mesmo há um texto sobre cotas para afrodescendentes, mas particularmente não encontrei muita informação na rede sobre cotas para PNE. Sei que há no edital a previsão, que respeita a legislação vigente, porém na prática não sei como isso se desenrola, se o Itamaraty de fato já trabalhou com esse tipo de demanda. Se você tiver alguma informação pra compartilhar eu agradeceria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.