Atentados no Mali: Guerra Civil e a presença francesa

DESCULPEM, a iluminação do vídeo ficou muito ruim. Para tentar consertar isso eu adiei a publicação do vídeo, que deveria ter ido ao ar ontem, e não adiantou muito. Desculpem pelo adiamento, foi avisado nas redes sociais do Xadrez Verbal. O vídeo trata dos últimos atentados no Mali e a relação disso com os atentados na França. A presença militar francesa na região é muito forte, intervindo no conflito civil com rebeldes ao norte do Mali, apoiados por extremistas. O assunto foi tema de polêmica em 2013, no Concurso de Admissão à Carreira Diplomática aqui no Brasil.

Não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever, ou clique no botão abaixo

BotaoXVYoutubeE também não se esqueçam de se cadastrar para receber as novidades e recompensas sobre os futuros cursos do Xadrez Verbal!

botãocursos

Anúncios

2 comentários

  • Mali, a terra da melhor musica touareg com guitarra elétrica. É a terra de alguns dos membros do Tinariwen e Bombino (Não propriamente “bandas”, tá mais pra conglomerados de musicos, você contrata a “banda” mas cada show tem formação diferente, depende de quem tem agenda livre ou está menos longe, ou num lugar com comunicação (No meio do nada não tem informação, por isso o Kadafi da Líbia conseguiu contratar uns touaregs antes de cair, eles não tinham a menor ideia de quem os contratava). O resto é dos desertos do Niger, Argélia e Mauritânia.

    Apesar de muçulmanos, e saberem do poder das suas letras, o que eles MENOS cantam é tema religioso, de cabeça lembro de 2 ou 3 musicas touareg com temática religiosa (E 90 ou 100 com outras temáticas).

    É uma guitarra elétrica que uns dizem que é do blues, e chamam de blues do deserto, mas pff… o blues do Mississípi não chega aos pés da vivacidade e alegria da guitarras touaregs, aqui um exemplo no Niger:

    (Infelizmente cortou a música inicial, que é uma das melhores)

    Não achei nada deles tocando no Mali porque eles dizem que o país fechou as portas pra eles faz tempo, não é do último conflito de 2012, dizem que só os músicos mandê (Do sudoeste, a parte “verde” do país, perto da capital) é que tem autorização pra shows e cia.

    Eu sinceramente apoio a separação do país, os povos não tem nada a ver, povos mandê são tão parecidos com touaregs ou bérberes quanto os argentinos são dos bolivianos. O problema dessa divisão é que os vizinhos também vão querer, Niger e Mauritânia também foram divididos de forma ruim pegando parte de povos berberes e parte de mandês (Divisão feita depois dos povos estarem estabelecidos, algo diferente da diversidade regional no brasil, que é posterior à existência do país, não dá pra comparar).

    Pra quem achar que os povos nômades são atrasados, é só olhar as guitarras desses músicos touaregs, eles estão muito longe da cultura pan-arabista do Egito, o boko haram tem cooptado uns tourag’s no Niger mas dá pra colocar isso mais na conta da desinformação na região do que no alinhamento entre touaregs com extremistas sunitas (Boko Haram como exemplo), as revoltas touareg são bem mais antigas que a primavera árabe ou o boko haram, se o boko haram conseguir juntar muitos bérberes pode ter certeza que a culpa disso é da falta de um país bérbere/touareg pegando os desertos do Mali, Libia, Mauritania, e Niger, porque os povos Mauçás e Mandês não tem nada a ver com deserto, eles são das áreas verdes, e os governos nesses países estão sempre longe do deserto, dão brecha pra malucos no interior porque mal conhecem o deserto.

    (Imagino a sensação de abandono. Aqui no interior do meio e norte do brasil temos uma sensação de abandono, milhões gastos pra canalizar rio numa capital porcamente construída enquanto no interior mal tem asfalto em 1% das rodovias do país, são milhões gastos com teatros, copas e olimpíadas nas capitais e no interior mal tem escola, que dirá faculdade. Num país mais pobre esse abismo será maior, e se você tem acesso a armas (E a Líbia contratou muita gente por lá, pessoal foi pelo dinheiro, e voltou com as armas já que a Líbia não pagou o combinado (O governo caiu, não pagou)) vai tentar requerer independência pra levar estruturas melhores pro interior)

  • Fazia tempo desde a última vez que foi publicado um texto tão mal escrito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s