Tiradentes e a “mentira” de alguns livros: a História como ciência

Feriado de Tiradentes, um monte de gente descansou e não fez nada. Nem lembrou que um cara foi enforcado, degolado e esquartejado, ou o que aconteceu. Mais que isso, dependendo do período, talvez digam o que aconteceu de uma forma diferente. Então alguém tá mentindo? Talvez. Pra isso que a gente abre um inquérito. Ou a História. É quase a mesma palavra. Verdade!

Não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever, ou clique no botão abaixo

BotaoXVYoutubeE também não se esqueçam de se cadastrar para receber as novidades e recompensas sobre os futuros cursos do Xadrez Verbal!

botãocursos

Anúncios

6 Comentários

  • O vídeo anexado foi o da Cúpula das Américas, achei que ia ser sobre Tiradentes =P

  • Bom dia,
    onde eu acho o livro Sobre Historia que mencionou, estou afim de ler.

    sou novo aqui no site, mas gostei do conteúdo apresentado sobre o Tiradentes.

  • Prezado, parabéns pelo trabalho e pela iniciativa. Isso é sempre digno de incentivo e elogio. Questiono tudo o que você disse sobre Tiradentes e Inconfidência Mineira… Veja: imagine 11 volumes de livros compondo a edição dos Autos de Devassa da Inconfidência Mineira (refiro-se à edição da década de 70 que inclui documentos extrajudiciais relacionados). Acaso você leu e compilou tudo o que existe lá? Procurou interpretar e comparar? Porque compor um argumento lógico para os dias de hoje – você sabe – não é fazer história. Porque ser dono de escravo é ser escravocrata? Martinho Lutero nasceu protestante? Você sabe dizer o que consta dos autos de devassa sobre este tema – a escravidão (na verdade, sobre o tema relação e disciplina para o trabalho)? Você sabe qual poeta escreveu o primeiro elogio à raça negra, pelo menos, que eu tenho notícia? Sobre Tiradentes ter sido o único enforcado: você sabe me dizer quem foram os segundo e terceiro réus em importância, depois de Tiradentes? Sabe me dizer porque o principal cabeça foi condenado a pena mais branda (degredo por dez anos)? Na Inconfidência Mineira não existiu papel (a exceção de um simples bilhete que nada provou). Você sabe recompor o caminho que os juízes fizeram para determinar as culpas através de inquirições, depoimentos, delações, diligências e acareações? Se minhas perguntas te fizeram sentir um ignorante sobre o assunto, então… serve para maior reflexão. Pessoalmente, acho que você não reúne condições para falar do assunto, mas quase ninguém tem.
    E, finalmente, sobre História ser Ciência. Isso é complicado… Cada um, claro, tem suas convicções. A minha é que apenas parte da História pode ser preenchida pela Ciência, porque as questões muito subjetivas (íntimas dos sujeitos) costumam ser inalcançáveis, embora sejam muitas vezes decisivas ou importantes… Mais uma vez, parabéns e sucesso.

  • Se tratando de história do Brasil, qual sua opinião sobre os livros de Laurentino Gomes, você indicaria?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s