Xadrez Verbal e Atila Iamarino – Especial Coronavírus #30

Programa de número 30 sobre a pandemia da covid-19 com o biólogo e virologista Atila Iamarino para trazer uma perspectiva diferente ao noticiário internacional. Aqui você terá, gratuitamente, as principais notícias sobre a pandemia e um estudo de caso sobre vacinas e variantes, junto com as análises do que está funcionando, o que não está e quais as lições para o Brasil!

Você nem sempre tem tempo, mas precisa entender o que acontece no Mundo, ainda mais porque o planeta está uma zona. Toda semana, Matias Pinto e Filipe Figueiredo trazem pra você as principais notícias da política internacional, com análises, críticas, convidados e espaço para debate. Toda sexta-feira você se atualiza e se informa.

Dicas do Sétimo Selo e links

Em breve

Canal do Xadrez Verbal no Telegram

Minutagem dos blocos, cortesia dos financiadores do Xadrez Verbal

Em breve

Ouça o podcast aqui ou baixe o programa. (clique com o botão direito do mouse e use a opção “Salvar como” para baixar)

Você também pode assinar o podcast via RSS ou no iTunes, além, é claro, de acompanhar o blog.

A revista de política internacional do Xadrez Verbal é feita na Central 3, que está no Apoia-se

Filipe Figueiredo é tradutor, estudante, leciona e (ir)responsável pelo Xadrez Verbal. Graduado em História pela Universidade de São Paulo, sem a pretensão de se rotular como historiador. Interessado em política, atualidades, esportes, comida, música e Batman.
Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Twitter ou assine as atualizações por email do blog, na barra lateral direita (sem spam!)

E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Caros leitores, a participação de vocês é muito importante na nova empreitada: Xadrez Verbal Cursos, deem uma olhada na página.

15 Comentários

  • Como Conterrâneo do Telmo de Lima Freitas e conhecedor de sua história. Assim como ouvinte do xadrez verbal me surpreendeu ao perceber que a música e a lembrança dele no podcast, considerando sua música bem regional e o podcast algo mais Central(Paulista).
    Me deixa de certa forma feliz com a lembrança. Continuem o bom trabalho Grande abraço.

  • Olá pessoas! Meu nome é Gustavo Vidal e todo sábado de manhã ouço o programa junto com a minha filha Sophia, que fez 3 anos essa semana! Estou apresentando vocês, o Atila, o Pirula, a Nilce e o Leon para minha mãe Teresa, que são minhas inspirações para o meu insípido trabalho na internet! Ela está adorando vocês! Se puder mandar um beijo na mucosa do pulmão para minha pequena (Sophia) e para minha mãe (Teresa), eu agradeço! Ah, estou maratonando as Fronteiras Invisíveis do Futebol! Muito bom!

  • Perdão, quem é Projota??

  • Os testes “gastos” em atletas para manter os campeonatos é uma discussão tanto ética quando fincanceira, os atletas tem contratos que precisam ser seguidos e vários dependem do esporte para sua renda, mas o quanto é justo mante-los em atividade sendo que se gasta muitos testes e tem risco de contaminação alto? Alguns esportes que são mais individuais os riscos são menores, mas mesmo assim… Alguém sabe como estão os campeonatos? Os de categoria amador são mais fácil de cancelar pois não tem tanto dinheiro, mas eventos como as Olimpiadas… Existe já um plano?

  • Primeiramente queria dizer que eu ri da piada do médico de araque.

    Achei interessante comentar sobre os hotéis de quarentena, já que passei pelo processo quando me mudei da Tailândia para Taiwan.

    No modelo adotado aqui, você paga um pacote completo de 15 noites e o valor da diária inclui 3 refeições. Fora isso você pode pedir comida ou compras por aplicativo e tanto as refeições quanto qualquer compra são deixadas em frente à porta do quarto, o hóspede só abre a porta e pega a comida sem botar o pé pra fora, sob o risco de ser multado ( na conversão atual uns 2 bilhões de reais). Acredito que esse modelo é adotado por vários outros países. No meu caso o frigobar estava vazio já que o preço total é pago no checkin, e pela organização do quarto acredito que eles minimizem o contato direto de pessoas da limpeza com qualquer superfície, já que havia uma quantidade exagerada de cada produto descartável.

    Pra finalizar, gostaria de pedir ao Atila um estudo de caso sobre as pessoas que desenvolvem sequelas da COVID-19, mesmo aquelas com casos leve. Como biólogo marinho e mergulhador, já li que muitos médicos especialistas estão preocupados e questionam se pessoas com danos pulmonares pós-covid terão aptidão para mergulhar novamente.

    No mais, obrigado ao Filipe e Matias pela companhia podcastal durante os 21 dias de isolamento que passei ao chegar.

    P.s. Filipe, eu não tenho o nome na grafia errada, é só uma grafia em outro idioma.

  • Cheguei a conclusão que a covid-19 é (enxadristas entenderão) uma grande ruy lópez, quando você acha que entendeu uma linha, descobre uma nova variante, e existem várias, quando entendemos a variante berlim, descobrimos o ataque marshall, variante fechada, variante cozio… Desejo boa sorte a todos os medicos ao tentar entender essa grande macarronada de fios que é a covid-19 e a ruy lopez.

  • RODRIGO FITTIPALDI DANTAS

    Não aconteceu nesse episódio mas sempre que vocês precisam dizer o nome do instrumento usado para coletar a secreção do nariz e garganta vocês ficam na dúvida se usar o nome cotonete [tsc por não pagar o merchan] swab ou palito com algodão… Sugiro o uso do nome em português europeu, zaragatoa nasofaringea. Vale ressaltar ainda que a intervenção efetuada com esse objeto seria a zaragatoadela. Também poderia ser usado o termo suabe, mas zaragatoa é bem mais legal.
    Ah, a cavalaria do Átila poderia portar zaragatoas que muita gente morre de medo disso! Rsrs.

  • Jaime Fassin Junior, biologo de Londres

    Grandes Matias, Filipe e O Átila. Aqui é o Jaime Fassin, biologo de Londrês.

    Parabens pelo programa, como sempre a qualidade acima do esperado.

    Primeiro queria sugerir, que mesmo quando a pandemia acabar, o Átila continua fazendo parte permamente do programa, trazendo um toque de ciência ao córo. A dinâmica entre vocês ja melhorou bastante.

    Segundo, comentando sobre a reabertura aqui na Europa, mais especificamente na Inglaterra (porque o resto do UK vai ser diferente), funcionários das escolas, com graduação em ciências, vão testar as crianças pra COVID, usando aquele teste imunológicos de farmácia. O governo espera que testemos todas as crianças 3x em menos de uma semana. Venho testando os funcionários da minha escola desde Janeiro, e algumas vezes é dificil organizar 15 pessoas em 30 min, o que dirá centenas. Fingers crossed pra que tudo de certo. Grande abraço e como faço pra poder mandar guloseimas inglesas pra vocês?

  • Salve, Filipe, Matias e Átila! Sou Samantha, namorada de Saulo Dias, um ouvinte assíduo de todos podcast’s de vocês. O lindo ouve pra acordar, lavar a louça, alimentar as cadelas etc. É um amor só! Ele é tímido e tem vergonha de escrever pra vocês. Por isso, estou aqui para recomendar um filme que vimos recentemente que o fez pensar em alguns debates recentes do Xadrez Verbal. Ex: turismo de chineses na Europa, arrocho nas condições de imigrantes etc. Chama-se “Historias lamentables”, é um filme espanhol lançado em 2020 pela Amazon Prime que, infelizmente, ainda não saiu na versão BR. De todo modo, fica a indicação; caso queiram assistir, acham com certa facilidade por torrent. Só legenda em PT-BR que fica devendo. Ó o link do filme: https://www.imdb.com/title/tt11362866/
    Espero que gostem! Ah, se puderem, mandem um salve pro Saulo. Ele ouve tanto vocês que até fico com ciúmes hahahahahha
    Parabéns pelo trabalho de qualidade e pela tenacidade mesmo diante das ruínas!

    Abraços

  • Kal-El Basílio Brito

    Olá Matias Pinto e Filipe Figueiredo

    Eu sou Kal-El Brito, acompanho o Xadrez Verbal há alguns anos e gostaria de tecer o meu comentário elogioso.

    A forma como vocês abordam as noticias é bastante peculiar. Eu não consigo distinguir o noticiário da aula de política internacional. Ao término de cada programa, além de me sentir informado, eu tenho a impressão que sei mais sobre a história, a geografia e a cultura mundial. Lamento por aqueles que não têm a oportunidade de ver (ou descobrir) como o nosso planeta é multifacetado, como as relações internacionais são bem mais intricadas, complexas.
    Em síntese: como o nosso mundo é um grande Pega-varetas.
    Muito obrigado pelo excelente trabalho, continuarei ligado.

    PS.: Acredito que a tradução mais apropriada para “circuit breaker” seja disjuntor e não fusível. Disjuntor depois que é desarmado (desligando o circuito) pode ser rearmado (religando o circuito). O fusível quando é acionado queima e não funciona mais, devendo ser substituído.

    PPS.: Precisamos de um Fronteiras Invisíveis do Futebol da Paraíba. A Paraíba é o único estado do Brasil cujo maior clássico não está na capital: TREZE (Galo da Borborema, único campeão invicto do Paraibano) x Campinense (time sem estádio).

  • Muito bom o programa!!
    Muito obrigado pelo conteúdo!!

  • Núbia Gabriela Benício Chedid

    Átila, em algumas epidemias, como o a da febre espanhola de 1918 (https://www.cdc.gov/flu/pandemic-resources/1918-commemoration/three-waves.htm), em várias regiões, a segunda onda foi maior que a primeira. Claro que existem muitos fatores envolvidos, como comportamento social e fator sazonal, mas será que nestas epidemias, o aparecimento de variantes mais infectantes não poderia ser relevante? O que sabemos sobre isso?
    Muito obrigada! Parabéns sempre! Bjs a todos!

  • Salve, Filipe, Matias e Átila! Sou Samantha, companheira de Saulo Dias, um ouvinte assíduo de todos podcast’s de vocês. O lindo ouve pra acordar, lavar a louça, alimentar as cadelas etc. É um amor só! Ele é tímido e tem vergonha de escrever pra vocês. Por isso, estou aqui para recomendar um filme que vimos recentemente que o fez pensar em alguns debates recentes do Xadrez Verbal. Ex: turismo de chineses na Europa, arrocho nas condições de imigrantes etc. Chama-se “Historias lamentables”, é um filme espanhol lançado em 2020 pela Amazon Prime que, infelizmente, ainda não saiu na versão BR. De todo modo, fica a indicação; caso queiram assistir, acham com certa facilidade por torrent. Só legenda em PT-BR que fica devendo.
    Espero que gostem! Ah, se puderem, mandem um salve pro Saulo. Ele ouve tanto vocês que até fico com ciúmes hahahahahha
    Parabéns pelo trabalho de qualidade e pela tenacidade mesmo diante das ruínas!

    Abraços

  • É tão bom ver que o resto do mundo tá começando a diminuir os casos e aqui no Brasil tá o pior cenário…

    A culpa de tudo é do Átila, ele foi falar das 1 milhão de mortes e o governo se sentiu desafiado a bater essa meta (brinks)

    Um abraço pessoal, e dois pro comendador ❤

Deixe uma resposta para Samantha Moraes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.