Sem-teto, reintegração, confronto e moradia: Ocupar pra quê?

Agora o Xadrez Verbal terá conteúdo novo todo dia, leia mais no editorial sobre esse importante passo no blog e também podem ter o desprazer de acompanhar o blogueiro no meu perfil pessoal do Twitter, @FilipeNFig

Ontem, dia 16 de Setembro, na região central de São Paulo, ocorreu um confronto entre sem-teto e policiais militares. O confronto foi de grande repercussão, já que uma situação no centro da metrópole gera consequências em toda a cidade, além das denúncias de saques e de um ônibus queimado.

Os sem-teto estavam em um prédio abandonado há mais de dez anos, há seis meses ocupado pela Frente de Luta pela Moradia. Os sem-teto resistiram à reintegração de posse pois um acordo para a remoção dos ocupantes e de seus pertences não teria sido cumprido.

mmpt2

Independente da posição política, é necessário ir além do tradicional maniqueísmo que costuma ser resultado de eventos como o de ontem. O debate sobre moradia em uma cidade como São Paulo possui características distintas e é de suma importância, assim como o é em diversas outras capitais do Brasil.

O novo Plano Diretor da cidade começa alguns passos nessa discussão. Como se mora em São Paulo? O que é habitar São Paulo? Nas palavras do meu amigo e colaborador do Xadrez Verbal, Thomas Dreux, é necessário deixar os preconceitos de lado, tomar contato com a história dessas pessoas, compreender sua luta. Por qual motivo cito ele?

Pois Thomas é um dos realizadores do documentário Ocupar pra quê?. O documentário foi produzido ano passado, em um prédio ocupado pelo Movimento de Moradia Para Todos, MMPT. O prédio fica na Rua Marconi, 138, perto do cruzamento com a Rua Barão de Itapetininga.

Independente do leitor morar ou conhecer o centro de São Paulo, esse endereço fica apenas dois quarteirões de distância do confronto de ontem. É uma informação interessante pois contribui para colocar em perspectiva tanto os eventos do dia anterior, quanto os depoimentos das pessoas no documentário. Poderia ter sido com elas. É necessário estudar uma solução e evitar que possa vir a ser com elas.

*****

fejaoThomas Dreux M Fernandes é graduado em Jornalismo e em História, exerce um pouco dos dois. Mestrando em Humanidades. Escreve para colocar as ideias em ordem. Acredita que o otimismo é o caminho para mudar. Email: thomas.dreux.fernandes@gmail.com. Textos de autoria de Thomas Dreux.

*****

Como sempre, comentários são bem vindos. Leitor, não esqueça de visitar o canal do XadrezVerbal no Youtube e se inscrever.

*****

Caso tenha gostado, que tal compartilhar o link ou seguir o blog?

Acompanhe o blog no Facebook e no Twitter e receba notificações de novos textos e posts, além de outra plataforma de interação, ou assine o blog com seu email, na barra à direita da página inicial. E veja esse importante aviso sobre as redes sociais.

Anúncios

2 Comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s